Procure no JP

sábado, 1 de janeiro de 2022

Guia JP da Copa São Paulo 2022 (Parte 2 de 4)

Texto e pesquisa: Fernando Martinez


Seguindo com a edição 2022 do terceiro Guia JP da Copa São Paulo, agora falamos dos Grupos 9 ao 16. O Grêmio, atual vice-campeão, e o Corinthians, maior campeão com dez taças, estão no pacote.


Grupo 9 | Iacanga

Número de vezes que foi sede: 0

História dos confrontos entre os times do Grupo 9:
Nunca se enfrentaram

Santa Cruz

Número de participações: 24
Primeira/Última participação: 1981/2020
Melhor colocação: 6º lugar em 1992

Posição na tábua de classificação 1969/2020: 50º lugar com 82 pontos

Jogos (vitórias-empates-derrotas): 83 (22-16-45)
Gols pró-Gols contra (saldo): 109-140 (-31)

Total de cidades em que jogou: 22
Estádio em que mais jogou: Antônio Soares de Oliveira (Guarulhos), 7 jogos

Maior vitória: 8x1 Botafogo/PB (13/01/00, Martins Pereira)
Maior derrota: 0x6 Goiás (04/01/06, Quintino de Lima)

Maior sequência de vitórias: 3 (três vezes: entre 15/01/91 e 13/01/92, entre 06/01/13 e 12/01/13 e entre 03/01/20 e 12/01/20)
Maior série invicta: 5 jogos (entre 15/01/91 e 17/01/92)
Maior sequência de derrotas: 9 (entre 03/01/04 e 10/01/06)
Maior série sem vencer: 15 jogos (entre 15/01/92 e 08/01/97)

Decisões por pênaltis (vitórias-derrotas): 3 (2-1)

Retrospecto contra times de São Paulo (V-E-D/GP-GC): 11-10-28/55-76
Retrospecto contra times do Mato Grosso do Sul (V-E-D/GP-GC): Nunca jogou

Grêmio Novorizontino

Número de participações: 6
Primeira/Última participação: 2013/2020
Melhor colocação: 28º lugar em 2017

Posição na tábua de classificação 1969/2020: 88º lugar com 32 pontos

Jogos (vitórias-empates-derrotas): 22 (9-5-8)
Gols pró-Gols contra (saldo): 45-31 (14)

Total de cidades em que jogou: 3

Estádio em que mais jogou: Jorge Ismael de Biasi (Novo Horizonte), 15 jogos

Maior vitória: 8x3 Visão Celeste/RN (09/01/20, Alfredo de Castilho)
Maior derrota: 0x2 Coritiba (11/01/14, Jorge Ismael de Biasi) e 0x2 Atlético/GO (11/01/20, Alfredo de Castilho)

Maior sequência de vitórias: 2 (duas vezes: entre 03/01/17 e 05/01/17 e entre 02/01/18 e 05/01/18)
Maior série invicta: 7 jogos (entre 03/01/17 e 05/01/18)
Maior sequência de derrotas: 2 (três vezes: entre 09/01/13 e 12/01/13, entre 08/01/18 e 11/01/18 e entre 06/01/19 e 09/01/19)
Maior série sem vencer: 3 jogos (entre 07/01/17 e 12/01/17)

Decisões por pênaltis (vitórias-derrotas): 2 (1-1)

Retrospecto contra times de São Paulo (V-E-D/GP-GC): 2-0-2/9-8
Retrospecto contra times de Pernambuco (V-E-D/GP-GC): Nunca jogou
Retrospecto contra times do Mato Grosso do Sul (V-E-D/GP-GC): 1-0-0/5-0

União ABC/MS

Número de participações: 2
Primeira/Última participação: 2016/2020
Melhor colocação: 54º lugar em 2020

Posição na tábua de classificação 1969/2020: 177º lugar com nove pontos

Jogos (vitórias-empates-derrotas): 7 (3-0-4)
Gols pró-Gols contra (saldo): 10-19 (-9)

Total de cidades em que jogou: 3
Estádio em que mais jogou: Anísio Haddad (São José do Rio Preto) e Francisco Marques Figueira (Suzano), 3 jogos

Maior vitória: 4x2 São Raimundo/RR (09/01/20, Francisco Marques Figueira)
Maior derrota: 0x6 Sport (06/01/16, Anísio Haddad)

Maior sequência de vitórias: 2 (entre 06/01/20 e 09/01/20)
Maior série invicta: 2 jogos (entre 06/01/20 e 09/01/20)
Maior sequência de derrotas: 3 (entre 04/01/16 e 03/01/20)
Maior série sem vencer: 3 jogos (entre 04/01/16 e 03/01/20)

Decisões por pênaltis (vitórias-derrotas): 0 (0-0)

Retrospecto contra times de São Paulo (V-E-D/GP-GC): 2-0-0/5-2
Retrospecto contra times de Pernambuco (V-E-D/GP-GC): 0-0-1/0-6

União Iacanga

Posição na tábua de classificação 1969/2020: Estreante


Grupo 10 | Jaú

Número de vezes que foi sede: 1 (2020)
Número de jogos que recebeu: 9
Número de estádios utilizados: 1 (Zezinho Magalhães, 9 jogos)

História dos confrontos entre os times do Grupo 10:
06/01/85 Grêmio 3x0 XV Jaú (Parque São Jorge)
10/01/91 Mixto 1x2 Grêmio (Hermínio Ometto)

Grêmio

Número de participações: 45
Primeira/Última participação: 1971/2020
Melhor colocação: Vice-campeão em 1991 e 2020

Posição na tábua de classificação 1969/2020: 9º lugar com 330 pontos

Jogos (vitórias-empates-derrotas): 197 (94-48-55)
Gols pró-Gols contra (saldo): 367-242 (125)

Total de cidades em que jogou: 33
Estádio em que mais jogou: Pacaembu (São Paulo) e Rua Javari (São Paulo), 12 jogos

Maior vitória: 12x1 Ypiranga/PE (06/01/08, Baetão)
Maior derrota: 0x5 Mirassol (14/01/99, José Maria de Campos Maia)

Maior sequência de vitórias: 6 (duas vezes: entre 12/01/80 e 12/12/82 e entre 10/01/07 e 16/01/08)
Maior série invicta: 9 jogos (entre 02/01/20 e 25/01/20)
Maior sequência de derrotas: 3 (quatro vezes: entre 12/01/75 e 11/01/77, entre 15/01/93 e 19/01/93, entre 20/01/94 e 11/01/95 e entre 07/01/96 e 13/01/96)
Maior série sem vencer: 7 jogos (entre 20/01/94 e 13/01/96)

Decisões por pênaltis (vitórias-derrotas): 15 (10-5)

Retrospecto contra times de São Paulo (V-E-D/GP-GC): 54-22-31/191-132
Retrospecto contra times de Pará (V-E-D/GP-GC): Nunca jogou
Retrospecto contra times do Mato Grosso (V-E-D/GP-GC): 3-1-0/10-6

XV de Jaú

Número de participações: 8
Primeira/Última participação: 1983/2020
Melhor colocação: 12º lugar em 1983

Posição na tábua de classificação 1969/2020: 89º lugar com 32 pontos

Jogos (vitórias-empates-derrotas): 27 (9-5-13)
Gols pró-Gols contra (saldo): 23-32 (-9)

Total de cidades em que jogou: 7
Estádio em que mais jogou: Alonso Carvalho Braga (Tupã), Baetão (São Bernardo do Campo), Francisco Marques Figueira (Suzano), Pacaembu (São Paulo), Parque São Jorge (São Paulo) e Zezinho Magalhães (Jaú), 3 jogos

Maior vitória: 3x0 Cruzeiro (08/01/85, Parque São Jorge)
Maior derrota: 0x3 Grêmio (06/01/85, Parque São Jorge) e 0x3 Fluminense (07/01/07, Francisco Marques Figueira)

Maior sequência de vitórias: 2 (duas vezes: entre 09/01/91 e 11/01/91 e entre 10/01/07 e 14/01/07)
Maior série invicta: 5 jogos (entre 03/01/18 e 03/01/20)
Maior sequência de derrotas: 3 (entre 04/01/10 e 10/01/10)
Maior série sem vencer: 4 jogos (duas vezes: entre 03/12/82 e 06/01/85 e entre 04/01/10 e 03/01/18)

Decisões por pênaltis (vitórias-derrotas): 1 (0-1)

Retrospecto contra times de Pará (V-E-D/GP-GC): Nunca jogou
Retrospecto contra times do Rio Grande do Sul (V-E-D/GP-GC): 0-1-1/1-4
Retrospecto contra times do Mato Grosso (V-E-D/GP-GC): Nunca jogou

Mixto/MT

Número de participações: 4
Primeira/Última participação: 1991-2006
Melhor colocação: 25º lugar em 1991

Posição na tábua de classificação 1969/2020: 202º lugar com sete pontos

Jogos (vitórias-empates-derrotas): 13 (2-1-10)
Gols pró-Gols contra (saldo): 20-41 (-21)

Total de cidades em que jogou: 4
Estádio em que mais jogou: Hermínio Ometto (Araras), 4 jogos

Maior vitória: 3x1 Londrina (08/01/91, Hermínio Ometto)
Maior derrota: 0x8 Portuguesa (06/01/02, Antônio Fernandes)

Maior sequência de vitórias: 1 (nunca venceu dois jogos seguidos)
Maior série invicta: 1 (nunca ficou dois jogos seguidos sem perder)
Maior sequência de derrotas: 5 (entre 06/01/02 e 08/01/06)
Maior série sem vencer: 6 jogos (entre 06/01/02 e 11/01/06)

Decisões por pênaltis (vitórias-derrotas): 0 (0-0)

Retrospecto contra times de São Paulo (V-E-D/GP-GC): 0-0-6/7-25
Retrospecto contra times de Pará (V-E-D/GP-GC): Nunca jogou
Retrospecto contra times do Rio Grande do Sul (V-E-D/GP-GC): 0-0-1/1-2

Castanhal/PA

Número de participações: 1
Primeira/Última participação: 2009
Melhor colocação: 69º lugar em 2009

Posição na tábua de classificação 1969/2020: 308º lugar com dois pontos

Jogos (vitórias-empates-derrotas): 3 (0-2-1)
Gols pró-Gols contra (saldo): 5-6 (-1)

Total de cidades em que jogou: 1
Estádio em que mais jogou: Cândido de Barros (Araraquara), 3 jogos

Maior vitória: Nunca venceu
Maior derrota: 2x3 Palmeiras (06/01/09, Cândido de Barros)

Maior sequência de vitórias: Nunca venceu
Maior série invicta: 1 (nunca ficou dois jogos seguidos sem perder)
Maior sequência de derrotas: 1 (nunca perdeu dois jogos seguidos)
Maior série sem vencer: 3 jogos (entre 03/01/09 e 11/01/09)

Decisões por pênaltis (vitórias-derrotas): 0 (0-0)

Retrospecto contra times de São Paulo (V-E-D/GP-GC): 0-1-1/4-5
Retrospecto contra times do Rio Grande do Sul (V-E-D/GP-GC): Nunca jogou
Retrospecto contra times do Mato Grosso (V-E-D/GP-GC): 0-1-0/1-1


Grupo 11 | São Carlos

Número de vezes que foi sede: 16 (2002, 2004, 2006-2019)
Número de jogos que recebeu: 138
Número de estádios utilizados: 1 (Luís Augusto de Oliveira, 138 jogos)

História dos confrontos entre os times do Grupo 11:
08/01/19 São Carlos 1x3 América/MG (Luís Augusto de Oliveira)

América/MG

Número de participações: 29
Primeira/Última participação: 1973/2020
Melhor colocação: Campeão em 1996

Posição na tábua de classificação 1969/2020: 18º lugar com 216 pontos

Jogos (vitórias-empates-derrotas): 125 (63-27-35)
Gols pró-Gols contra (saldo): 217-151 (66)

Total de cidades em que jogou: 25
Estádio em que mais jogou: Nicolau Alayon (São Paulo), 13 jogos

Maior vitória: 8x1 Ypiranga/PE (11/01/09, Nicolau Alayon)
Maior derrota: 1x5 Vila Nova (12/01/03, Ítalo Mário Limongi) e 1x5 Audax (11/01/12, José Silveira Nunes)

Maior sequência de vitórias: 6 (entre 10/01/96 e 25/01/96)
Maior série invicta: 9 jogos (entre 25/01/99 e 16/01/01)
Maior sequência de derrotas: 4 (entre 16/01/97 e 11/01/98)
Maior série sem vencer: 6 jogos (entre 18/02/75 e 07/01/96)

Decisões por pênaltis (vitórias-derrotas): 8 (5-3)

Retrospecto contra times de São Paulo (V-E-D/GP-GC): 32-14-20/114-87
Retrospecto contra times de Sergipe (V-E-D/GP-GC): Nunca jogou

São Carlos

Número de participações: 14
Primeira/Última participação: 2006/2019
Melhor colocação: 7º lugar em 2008

Posição na tábua de classificação 1969/2020: 45º lugar com 90 pontos

Jogos (vitórias-empates-derrotas): 55 (27-9-19)
Gols pró-Gols contra (saldo): 100-74 (26)

Total de cidades em que jogou: 7
Estádio em que mais jogou: Luís Augusto de Oliveira (São Carlos), 49 jogos

Maior vitória: 5x0 São Cristóvão (10/01/07, Luís Augusto de Oliveira)
Maior derrota: 0x4 Red Bull Brasil (14/01/12, Luís Augusto de Oliveira)

Maior sequência de vitórias: 3 (entre 04/01/18 e 10/01/18)
Maior série invicta: 4 jogos (entre 04/01/14 e 15/01/14)
Maior sequência de derrotas: 2 (duas vezes: entre 07/01/13 e 11/01/13 e entre 07/01/15 e 10/01/15)
Maior série sem vencer:3 jogos (duas vezes: entre 07/01/06 e 06/01/07 e entre 10/01/14 e 17/01/14)

Decisões por pênaltis (vitórias-derrotas): 3 (2-1)

Retrospecto contra times de São Paulo (V-E-D/GP-GC): 2-4-11/21-37
Retrospecto contra times de Minas Gerais (V-E-D/GP-GC): 1-1-1/2-3
Retrospecto contra times de Sergipe (V-E-D/GP-GC): 3-0-0/8-3

São-Carlense

Posição na tábua de classificação 1969/2020: Estreante

Falcon/SE

Posição na tábua de classificação 1969/2020: Estreante


Grupo 12 | Araras

Número de vezes que foi sede: 8 (1991, 2005, 2007-2011, 2013)
Número de jogos que recebeu: 70
Número de estádios utilizados: 1 (Hermínio Ometto, 70 jogos)

História dos confrontos entre os times do Grupo 12:
07/01/06 União São João 3x2 Athletico/PR (Décio Vitta)

Athletico/PR

Número de participações: 26
Primeira/Última participação: 1973/2020
Melhor colocação: Vice-campeão em 2009

Posição na tábua de classificação 1969/2020: 24º lugar com 186 pontos

Jogos (vitórias-empates-derrotas): 108 (53-27-28)
Gols pró-Gols contra (saldo): 226-135 (91)

Total de cidades em que jogou: 33
Estádio em que mais jogou: Jaime Cintra (Jundiaí), 8 jogos

Maior vitória: 10x0 Jacareí (11/01/09, Stavros Papadopoulos)
Maior derrota: 0x6 Corinthians (21/01/12, Alfredo Chiavegatto)

Maior sequência de vitórias: 5 (entre 09/01/10 e 15/01/11)
Maior série invicta: 12 jogos (entre 09/01/10 e 19/01/12)
Maior sequência de derrotas: 5 (entre 14/11/72 e 14/01/86)
Maior série sem vencer: 6 jogos (entre 11/11/72 e 14/01/86)

Decisões por pênaltis (vitórias-derrotas): 11 (7-4)

Retrospecto contra times de São Paulo (V-E-D/GP-GC): 27-12-22/121-90
Retrospecto contra times de Tocantins (V-E-D/GP-GC): 0-1-0/0-0

União São João

Número de participações: 13
Primeira/Última participação: 1990/2013
Melhor colocação: 5º lugar em 1991, 2002 e 2005

Posição na tábua de classificação 1969/2020: 49º lugar com 83 pontos

Jogos (vitórias-empates-derrotas): 52 (25-8-19)
Gols pró-Gols contra (saldo): 84-71 (13)

Total de cidades em que jogou: 9
Estádio em que mais jogou: Hermínio Ometto (Araras), 32 jogos

Maior vitória: 6x1 Londrina/AP (06/01/91, Hermínio Ometto)
Maior derrota: 0x7 Cruzeiro (10/01/11, Hermínio Ometto)

Maior sequência de vitórias: 5 (duas vezes: entre 06/01/91 e 18/01/91 e entre 05/01/05 e 18/01/05)
Maior série invicta: 10 jogos (entre 06/01/02 e 18/01/05)
Maior sequência de derrotas: 4 (entre 11/01/09 e 08/01/20)
Maior série sem vencer: 6 jogos (entre 20/01/91 e 06/01/02)

Decisões por pênaltis (vitórias-derrotas): 1 (0-1)

Retrospecto contra times de São Paulo (V-E-D/GP-GC): 9-2-11/25-31
Retrospecto contra times de Tocantins (V-E-D/GP-GC): Nunca jogou
Retrospecto contra times do Paraná (V-E-D/GP-GC): 1-0-1/4-4

Velo Clube

Número de participações: 5
Primeira/Última participação: 1998/2020
Melhor colocação: 13º lugar em 2013

Posição na tábua de classificação 1969/2020: 96º lugar com 29 pontos

Jogos (vitórias-empates-derrotas): 18 (8-5-5)
Gols pró-Gols contra (saldo): 33-28 (5)

Total de cidades em que jogou: 4
Estádio em que mais jogou: Benito Agnelo Castellano (Rio Claro), 14 jogos

Maior vitória: 5x0 Itaúna (06/01/13, Benito Agnelo Castellano)
Maior derrota: 0x5 Capivariano (06/01/18, Carlos Colnaghi)

Maior sequência de vitórias: 2 (duas vezes: entre 06/01/13 e 09/01/13 e entre 09/01/18 e 03/01/19)
Maior série invicta: 6 jogos (entre 09/01/18 e 03/01/20)
Maior sequência de derrotas: 3 (entre 17/01/13 e 06/01/18)
Maior série sem vencer: 3 jogos (entre 17/01/13 e 06/01/18)

Decisões por pênaltis (vitórias-derrotas): 1 (0-1)

Retrospecto contra times de São Paulo (V-E-D/GP-GC): 1-2-3/7-13
Retrospecto contra times de Tocantins (V-E-D/GP-GC): Nunca jogou
Retrospecto contra times do Paraná (V-E-D/GP-GC): Nunca jogou

Taquarussú/TO

Posição na tábua de classificação 1969/2020: Estreante


Grupo 13 | Guaratinguetá

Número de vezes que foi sede: 8 (1995, 1998, 2000-2001, 2017-2020)
Número de jogos que recebeu: 52
Número de estádios utilizados: 1 (Dario Rodrigues Leite, 52 jogos)

História dos confrontos entre os times do Grupo 13:
11/01/04 XV de Piracicaba 2x1 Vitória (Bruno Lazzarini)

Vitória/BA

Número de participações: 30
Primeira/Última participação: 1983/2020
Melhor colocação: 3º lugar em 1993

Posição na tábua de classificação 1969/2020: 20º lugar com 208 pontos

Jogos (vitórias-empates-derrotas): 124 (63-19-42)
Gols pró-Gols contra (saldo): 226-159 (67)

Total de cidades em que jogou: 32
Estádio em que mais jogou: Ítalo Mário Limongi (Indaiatuba), 8 jogos

Maior vitória: 12x0 Imagine/TO (08/01/14, Antônio Soares de Oliveira)
Maior derrota: 0x5 Atlético/MG (09/12/82, Parque São Jorge) e 0x5 Ponte Preta (08/01/84, Moisés Lucarelli)

Maior sequência de vitórias: 5 (entre 25/01/93 e 14/01/94)
Maior série invicta: 7 jogos (entre 05/01/11 e 08/01/12)
Maior sequência de derrotas: 5 (entre 27/11/82 e 08/01/84)
Maior série sem vencer: 6 jogos (entre 16/01/94 e 14/01/95)

Decisões por pênaltis (vitórias-derrotas): 6 (3-3)

Retrospecto contra times de São Paulo (V-E-D/GP-GC): 36-7-27/106-88
Retrospecto contra times do Rio Grande do Sul (V-E-D/GP-GC): 4-0-1/15-9

XV de Piracicaba

Número de participações: 21
Primeira/Última participação: 1973/2020
Melhor colocação: 11º lugar em 1989

Posição na tábua de classificação 1969/2020: 57º lugar com 73 pontos

Jogos (vitórias-empates-derrotas): 65 (20-13-32)
Gols pró-Gols contra (saldo): 75-106 (-31)

Total de cidades em que jogou: 13
Estádio em que mais jogou: Barão de Serra Negra (Piracicaba), 16 jogos

Maior vitória: 4x2 Capivariano (03/01/19, Carlos Colnaghi)
Maior derrota: 1x6 Vasco da Gama (13/01/96, Barão de Serra Negra)

Maior sequência de vitórias: 3 (entre 07/01/91 e 11/01/91)
Maior série invicta: 6 jogos (entre 12/01/89 e 14/01/90)
Maior sequência de derrotas: 4 (duas vezes: entre 18/11/72 e 21/10/73 e entre 08/01/11 e 08/01/12)
Maior série sem vencer: 11 jogos (entre 03/01/10 e 09/01/13)

Decisões por pênaltis (vitórias-derrotas): 1 (0-1)

Retrospecto contra times de São Paulo (V-E-D/GP-GC): 6-5-15/31-39
Retrospecto contra times da Bahia (V-E-D/GP-GC): 1-1-1/4-4
Retrospecto contra times do Rio Grande do Sul (V-E-D/GP-GC): 2-1-3/6-9

São José/RS

Número de participações: 8
Primeira/Última participação: 2007/2020
Melhor colocação: 26º lugar em 2009

Posição na tábua de classificação 1969/2020: 103º lugar com 27 pontos

Jogos (vitórias-empates-derrotas): 27 (8-3-16)
Gols pró-Gols contra (saldo): 33-51 (-18)

Total de cidades em que jogou: 9
Estádio em que mais jogou: Arena Barueri (Barueri) e Tenente Carriço (Penápolis), 4 jogos

Maior vitória: 8x3 Londrina (11/01/09, Arena Barueri)
Maior derrota: 0x5 Cruzeiro (02/01/10, Vereador José Feres)

Maior sequência de vitórias: 2 (duas vezes: entre 07/01/09 e 11/01/09 e entre 03/01/19 e 06/01/19)
Maior série invicta: 3 jogos (entre 10/01/18 e 06/01/19)
Maior sequência de derrotas: 4 (entre 07/01/07 e 06/01/08)
Maior série sem vencer: 4 jogos (duas vezes: entre 07/01/07 e 06/01/08 e 09/01/19 e 03/01/20)

Decisões por pênaltis (vitórias-derrotas): 1 (1-0)

Retrospecto contra times de São Paulo (V-E-D/GP-GC): 5-3-9/19-27
Retrospecto contra times da Bahia (V-E-D/GP-GC): Nunca jogou

Manthiqueira

Número de participações: 4
Primeira/Última participação: 2017/2020
Melhor colocação: 27º lugar em 2019

Posição na tábua de classificação 1969/2020: 139º lugar com 16 pontos

Jogos (vitórias-empates-derrotas): 15 (3-7-5)
Gols pró-Gols contra (saldo): 18-33 (-15)

Total de cidades em que jogou: 2
Estádio em que mais jogou: Dario Rodrigues Leite (Guaratinguetá), 14 jogos

Maior vitória: 3x2 Bragantino (03/01/19, Dario Rodrigues Leite)
Maior derrota: 0x4 São Bernardo FC (03/01/20, Dario Rodrigues Leite) e 0x4 ABC (09/01/20, Dario Rodrigues Leite)

Maior sequência de vitórias: 2 (entre 03/01/19 e 06/01/19)
Maior série invicta: 4 jogos (entre 03/01/19 e 12/01/19)
Maior sequência de derrotas: 2 (entre 14/01/19 e 03/01/20)
Maior série sem vencer: 7 jogos (entre 04/01/17 e 09/01/18)

Decisões por pênaltis (vitórias-derrotas): 1 (1-0)

Retrospecto contra times de São Paulo (V-E-D/GP-GC): 1-1-2/5-12
Retrospecto contra times da Bahia (V-E-D/GP-GC): 0-0-1/0-2
Retrospecto contra times do Rio Grande do Sul (V-E-D/GP-GC): 0-1-0/1-1


Grupo 14 | Taubaté

Número de vezes que foi sede: 20 (2001-2020)
Número de jogos que recebeu: 150
Número de estádios utilizados: 1 (Joaquim de Moraes Filho, 150 jogos)

História dos confrontos entre os times do Grupo 14:
11/01/13 Taubaté 1x1 Botafogo/RJ (Joaquim de Moraes Filho)

Botafogo/RJ

Número de participações: 33
Primeira/Última participação: 1971/2020
Melhor colocação: Vice-campeão em 1971

Posição na tábua de classificação 1969/2020: 19º lugar com 216 pontos

Jogos (vitórias-empates-derrotas): 120 (61-33-26)
Gols pró-Gols contra (saldo): 220-143 (77)

Total de cidades em que jogou: 27
Estádio em que mais jogou: José Liberatti (Osasco) e Nicolau Alayon (São Paulo), 9 jogos

Maior vitória: 7x0 Ríver (06/01/18, Carlos Colnaghi)
Maior derrota: 2x6 Comercial-RP (14/01/06, José Liberatti)

Maior sequência de vitórias: 5 (duas vezes: entre 12/12/70 e 27/02/71 e entre 09/01/05 e 10/01/06)
Maior série invicta: 10 jogos (duas vezes: entre 05/01/11 e 11/01/13 e entre 03/01/17 e 09/01/18)
Maior sequência de derrotas: 3 (entre 14/01/01 e 09/01/02)
Maior série sem vencer: 4 jogos (três vezes: entre 16/01/75 e 09/01/80, entre 16/01/94 e 11/01/98 e entre 10/01/10 e 05/01/11)

Decisões por pênaltis (vitórias-derrotas): 11 (2-9)

Retrospecto contra times de São Paulo (V-E-D/GP-GC): 30-18-17/101-82
Retrospecto contra times de Pernambuco (V-E-D/GP-GC): 0-0-1/0-1
Retrospecto contra times de Goiás (V-E-D/GP-GC): 1-1-0/3-1

Taubaté

Número de participações: 21
Primeira/Última participação: 1986/2020
Melhor colocação: 11º lugar em 2003

Posição na tábua de classificação 1969/2020: 38º lugar com 101 pontos

Jogos (vitórias-empates-derrotas): 72 (29-14-29)
Gols pró-Gols contra (saldo): 98-113 (-15)

Total de cidades em que jogou: 4
Estádio em que mais jogou: Joaquim de Moraes Filho (Taubaté), 67 jogos

Maior vitória: 4x0 Campinense (07/01/07, Joaquim de Moraes Filho)
Maior derrota: 0x8 Paulista (03/01/10, Joaquim de Moraes Filho)

Maior sequência de vitórias: 3 (duas vezes: 04/01/06 e 10/01/06 e entre 03/01/16 e 07/01/16)
Maior série invicta: 5 jogos (entre 13/01/02 e 15/01/03)
Maior sequência de derrotas: 4 (entre 09/01/10 e 11/01/11)
Maior série sem vencer: 8 jogos (entre 08/01/09 e 11/01/11)

Decisões por pênaltis (vitórias-derrotas): 3 (0-3)

Retrospecto contra times de Pernambuco (V-E-D/GP-GC): 0-0-1/0-3
Retrospecto contra times do Rio de Janeiro (V-E-D/GP-GC): 3-2-6/11-26
Retrospecto contra times de Goiás (V-E-D/GP-GC): Nunca jogou

Petrolina/PE

Número de participações: 1
Primeira/Última participação: 2020
Melhor colocação: 117º lugar em 2020

Posição na tábua de classificação 1969/2020: 388º lugar com zero ponto

Jogos (vitórias-empates-derrotas): 3 (0-0-3)
Gols pró-Gols contra (saldo): 0-7 (-7)

Total de cidades em que jogou: 1
Estádio em que mais jogou: Arena da Fonte (Araraquara)

Maior vitória: Nunca venceu
Maior derrota: 0x3 Ferroviária (02/01/20, Arena da Fonte)

Maior sequência de vitórias: Nunca venceu
Maior série invicta: 0
Maior sequência de derrotas: 3 (entre 02/01/20 e 08/01/20)
Maior série sem vencer: 3 jogos (entre 02/01/20 e 08/01/20)

Decisões por pênaltis (vitórias-derrotas): 0 (0-0)

Retrospecto contra times de São Paulo (V-E-D/GP-GC): 0-0-2/0-5
Retrospecto contra times do Rio de Janeiro (V-E-D/GP-GC): Nunca jogou
Retrospecto contra times de Goiás (V-E-D/GP-GC): Nunca jogou

Aparecidense/GO

Posição na tábua de classificação 1969/2020: Estreante


Grupo 15 | São José dos Campos

Número de vezes que foi sede: 14 (2000-2004, 2007, 2009-2013, 2015-2017)
Número de jogos que recebeu: 112
Número de estádios utilizados: 1 (Martins Pereira, 112 jogos)

História dos confrontos entre os times do Grupo 15:
13/01/00 São José 0x2 Corinthians (Martins Pereira)

Corinthians

Número de participações: 51
Primeira/Última participação: 1969/2020
Melhor colocação: Campeão em 1969, 1970, 1995, 1999, 2004, 2005, 2009, 2012, 2015 e 2017

Posição na tábua de classificação 1969/2020: 1º lugar com 580 pontos

Jogos (vitórias-empates-derrotas): 267 (175-55-37)
Gols pró-Gols contra (saldo): 602-219 (383)

Total de cidades em que jogou: 18
Estádio em que mais jogou: Pacaembu (São Paulo), 45 jogos

Maior vitória: 9x0 Santos/PB (04/01/12, Alfredo Chiavegatto)
Maior derrota: 1x7 Flamengo/RJ (25/01/90, Pacaembu)

Maior sequência de vitórias: 16 (entre 04/01/15 e 22/01/16)
Maior série invicta: 31 jogos (entre 04/01/15 e 14/01/18)
Maior sequência de derrotas: 3 (entre 23/01/92 e 07/01/93)
Maior série sem vencer: 6 jogos (entre 12/12/81 e 07/01/84)

Decisões por pênaltis (vitórias-derrotas): 25 (11-14)

Retrospecto contra times de São Paulo (V-E-D/GP-GC): 72-27-16/233-108
Retrospecto contra times de Piauí (V-E-D/GP-GC): 1-0-0/3-1
Retrospecto contra times do Rio de Janeiro (V-E-D/GP-GC): 18-5-4/53-26

São José/SP

Número de participações: 7
Primeira/Última participação: 2000/2013
Melhor colocação: 7º lugar em 2007

Posição na tábua de classificação 1969/2020: 87º lugar com 32 pontos

Jogos (vitórias-empates-derrotas): 24 (10-2-12)
Gols pró-Gols contra (saldo): 38-48 (-10)

Total de cidades em que jogou: 1
Estádio em que mais jogou: Martins Pereira (São José dos Campos), 24 jogos

Maior vitória: 4x0 Botafogo/PB (09/01/00, Martins Pereira)
Maior derrota: 2x6 Cruzeiro (20/01/07, Martins Pereira)

Maior sequência de vitórias: 3 (entre 06/01/07 e 14/01/07)
Maior série invicta: 5 jogos (entre 06/01/07 e 18/01/07)
Maior sequência de derrotas: 4 (entre 10/01/12 e 10/01/13)
Maior série sem vencer: 5 jogos (entre 07/01/12 e 10/01/13)

Decisões por pênaltis (vitórias-derrotas): 1 (1-0)

Retrospecto contra times de São Paulo (V-E-D/GP-GC): 1-1-3/6-10
Retrospecto contra times de Piauí (V-E-D/GP-GC): Nunca jogou
Retrospecto contra times do Rio de Janeiro (V-E-D/GP-GC): 1-0-2/4-7

Ríver/PI

Número de participações: 5
Primeira/Última participação: 2016/2020
Melhor colocação: 47º lugar em 2020

Posição na tábua de classificação 1969/2020: 155º lugar com 13 pontos

Jogos (vitórias-empates-derrotas): 16 (4-1-11)
Gols pró-Gols contra (saldo): 17-38 (-21)

Total de cidades em que jogou: 6
Estádio em que mais jogou: Marcelo Stéfani (Bragança Paulista), Francisco Ribeiro Nogueira (Mogi das Cruzes), Carlos Colnaghi (Capivari), Alfredo Chiavegatto (Jaguariúna) e Joaquim de Moares Filho (Taubaté), 3 jogos

Maior vitória: 6x1 Capital/TO (09/01/20, Joaquim de Moraes Filho)
Maior derrota: 0x7 Botafogo/RJ (06/01/18, Carlos Colnaghi)

Maior sequência de vitórias: 1 (nunca venceu dois jogos seguidos)
Maior série invicta: 1 (nunca ficou dois jogos seguidos sem perder)
Maior sequência de derrotas: 5 (entre 05/01/16 e 08/01/17)
Maior série sem vencer: 6 jogos (entre 03/01/16 e 08/01/17)

Decisões por pênaltis (vitórias-derrotas): 0 (0-0)

Retrospecto contra times de São Paulo (V-E-D/GP-GC): 2-0-5/7-14
Retrospecto contra times do Rio de Janeiro (V-E-D/GP-GC): 0-0-2/0-11

Resende

Número de participações: 1
Primeira/Última participação: 2020
Melhor colocação: 80º lugar em 2020

Posição na tábua de classificação 1969/2020: 259º lugar com três pontos

Jogos (vitórias-empates-derrotas): 3 (1-0-2)
Gols pró-Gols contra (saldo): 5-5 (0)

Total de cidades em que jogou: 1
Estádio em que mais jogou: Dario Rodrigues Leite (Guaratinguetá), 3 jogos

Maior vitória: 2x0 ABC (03/01/20, Dario Rodrigues Leite)
Maior derrota: 1x2 (06/01/20, Dario Rodrigues Leite)

Maior sequência de vitórias: 1 (nunca venceu dois jogos seguidos)
Maior série invicta: 1 (nunca ficou dois jogos seguidos sem perder)
Maior sequência de derrotas: 2 (entre 06/01/20 e 09/01/20)
Maior série sem vencer: 2 jogos (entre 06/01/20 e 09/01/20)

Decisões por pênaltis (vitórias-derrotas): 0 (0-0)

Retrospecto contra times de São Paulo (V-E-D/GP-GC): 0-0-2/3-5
Retrospecto contra times de Piauí (V-E-D/GP-GC): Nunca jogou


Grupo 16 | Suzano

Número de vezes que foi sede: 15 (1985-1986, 1990-1991, 1999-2007, 2014, 2020)
Número de jogos que recebeu: 119
Número de estádios utilizados: 3 (Francisco Marques Figueira, 117 jogos; ADC Hoescht, 1 jogo; ADC Ibar, 1 jogo)

História dos confrontos entre os times do Grupo 16:
Nunca se enfrentaram

Fortaleza

Número de participações: 17
Primeira/Última participação: 1998/2020
Melhor colocação: 8º lugar em 2008

Posição na tábua de classificação 1969/2020: 56º lugar com 75 pontos

Jogos (vitórias-empates-derrotas): 61 (20-15-26)
Gols pró-Gols contra (saldo): 99-112 (-13)

Total de cidades em que jogou: 21
Estádio em que mais jogou: Ítalo Mário Limongi (Indaiatuba), 6 jogos

Maior vitória: 5x0 Monte Azul (08/01/11, Otacília Patrícia Arroyo)
Maior derrota: 0x6 CRB (05/01/14, Ítalo Mário Limongi)

Maior sequência de vitórias: 4 (entre 04/01/09 e 14/01/09)
Maior série invicta: 6 jogos (duas vezes: entre 04/01/09 e 04/01/09 e entre 04/01/18 e 09/01/19)
Maior sequência de derrotas: 5 (entre 05/01/16 e 07/01/17)
Maior série sem vencer: 7 jogos (entre 18/01/13 e 10/01/15)

Decisões por pênaltis (vitórias-derrotas): 3 (2-1)

Retrospecto contra times de São Paulo (V-E-D/GP-GC): 10-7-20/52-67
Retrospecto contra times de Santa Catarina (V-E-D/GP-GC): 0-1-0/0-0

Ituano

Número de participações: 12
Primeira/Última participação: 1996/2020
Melhor colocação: 7º lugar em 2016

Posição na tábua de classificação 1969/2020: 51º lugar com 81 pontos

Jogos (vitórias-empates-derrotas): 49 (24-9-16)
Gols pró-Gols contra (saldo): 82-78 (4)

Total de cidades em que jogou: 8
Estádio em que mais jogou: Novelli Júnior (Itu), 32 jogos

Maior vitória: 4x0 Santa Cruz/AL (03/01/18, Novelli Júnior)
Maior derrota: 1x6 Corinthians (19/01/16, Major José Levi Sobrinho)

Maior sequência de vitórias: 5 (entre 11/01/14 e 14/01/15)
Maior série invicta: 6 jogos (entre 02/01/19 e 05/01/20)
Maior sequência de derrotas: 4 (entre 12/01/97 e 12/01/00)
Maior série sem vencer: 4 jogos (duas vezes: entre 07/01/96 e 05/01/97 e entre 12/01/97 e 12/01/00)

Decisões por pênaltis (vitórias-derrotas): 3 (1-2)

Retrospecto contra times de São Paulo (V-E-D/GP-GC): 6-5-5/25-27
Retrospecto contra times do Ceará (V-E-D/GP-GC): Nunca jogou
Retrospecto contra times de Santa Catarina (V-E-D/GP-GC): 2-1-1/5-2

União Suzano

Número de participações: 2
Primeira/Última participação: 2014/2020
Melhor colocação: 98º lugar em 2014

Posição na tábua de classificação 1969/2020: 414º lugar com zero ponto

Jogos (vitórias-empates-derrotas): 6 (0-0-6)
Gols pró-Gols contra (saldo): 2-16 (-14)

Total de cidades em que jogou: 1
Estádio em que mais jogou: Francisco Marques Figueira (Suzano), 6 jogos

Maior vitória: Nunca venceu
Maior derrota: 1x5 Chapecoense (09/01/20, Francisco Marques Figueira)

Maior sequência de vitórias: Nunca venceu
Maior série invicta: 0
Maior sequência de derrotas: 6 (entre 03/01/14 e 09/01/20)
Maior série sem vencer: 6 jogos (entre 03/01/14 e 09/01/20)

Decisões por pênaltis (vitórias-derrotas): 0 (0-0)

Retrospecto contra times de São Paulo (V-E-D/GP-GC): 0-0-2/0-4
Retrospecto contra times do Ceará (V-E-D/GP-GC): Nunca jogou
Retrospecto contra times de Santa Catarina (V-E-D/GP-GC): Nunca jogou

Concórdia/SC

Posição na tábua de classificação 1969/2020: Estreante

Nenhum comentário:

Postar um comentário