Procure no JP

sábado, 12 de janeiro de 2013

Palmeiras termina a fase inicial da Copinha como líder do Grupo Q

Opa, 

Depois da vitória e da classificação do Sertãozinho para a segunda fase da 44ª Copa São Paulo de Futebol Júnior, A Arena Barueri, palco dos jogos do Grupo Q, viu o nervoso duelo do Grêmio Barueri com o Palmeiras. O time do Parque Antarctica precisava vencer, caso contrário seria eliminado já na fase inicial, algo que aconteceu pela última vez em 2007. 


Grêmio R Barueri (sub-20) - Barueri/SP. Foto: Fernando Martinez. 


SE Palmeiras (sub-20) - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez. 


Capitães dos times e quarteto de arbitragem. Foto: Fernando Martinez. 

Vindo de goleada contra o Confiança e um incômodo empate sem gols contra o Touro dos Canaviais, o Palmeiras entrou pressionado em campo, e isso fez com que o time errasse bastante durante os 45 minutos iniciais. O time teve mais posse de bola, mais domínio territorial, mas as conclusões eram horríveis. 


Lucas Cavalcanti, camisa 9 do time local, sobe mais alto e ganha a dividida com o camisa 2 palmeirense Bruno Oliveira. Foto: Fernando Martinez. 

O Grêmio Barueri, arriscado a fazer sua pior campanha em todos os tempos na Copinha, mesmo com um time bem fraco segurou bem a pressão palmeirense e levou o jogo para o intervalo sem a abertura do placar. Os secadores de plantão comemoraram bastante o resultado parcial que até então eliminava o alviverde. 


Ataque do Grêmio pela direita sob o olhar atento de um bom número de torcedores. Foto: Fernando Martinez. 


Chance paulistana pelo alto. Foto: Fernando Martinez. 

Para o segundo tempo novamente saí do campo e fui para as cabines de imprensa. E assim como aconteceu na preliminar, o futebol de verdade apareceu "milagrosamente", para confirmar minha tarde digna de um verdadeiro pé-frio. A equipe paulistana deixou sua torcida mais tranquila com o gol de Luiz Gustavo logo aos 3 minutos. 


Jogadores correndo atrás da pelota no gramado da Arena Barueri. Foto: Fernando Martinez. 


Dividida forte na lateral esquerda do ataque do Barueri. Foto: Fernando Martinez. 

Sem sofrer pressão do onze local, o Palmeiras jogou bem e mostrou um futebol razoável. As melhores jogadas eram originadas pelos atletas que já fizeram parte do elenco profissional do time, como Vinícius, Diego Souza e Bruno Dybal. E foi justamente esse último o autor do segundo gol aos 18 minutos em cobrança de falta. 


Imagem do segundo gol palmeirense, marcado em cobrança de falta de Bruno Dybal. Foto: Fernando Martinez. 


Ataque do Grêmio pela direita. Foto: Fernando Martinez. 

Com o 2x0 a favor, o Palmeiras passou a jogar só na boa, administrando o placar. O Barueri então criou algumas esparsas chances de gol, diminuindo o marcador aos 40 minutos, quando Matheus Lima recebeu passe em profundidade pela esquerda e tociu na saída do arqueiro Walter. Sem querer maiores sustos, dois minutos depois Juninho fez brilhante jogada dentro da área barueriense e fez o terceiro após driblar dois defensores, selando a classificação alviverde. 


Visão geral da Arena Barueri em tarde fria de janeiro. Notem que já foi instalada a base para a cobertura de um dos lados das arquibancadas. Foto: Fernando Martinez. 

Com o resultado final de Grêmio Barueri 1-3 Palmeiras, o time da capital bandeirante terminou a fase inicial na primeira posição do Grupo Q, com o Sertãozinho garantindo a vaga em segundo. Isso significa que o alviverde continua na luta por um título ainda inédito na sua sala de troféus. Já o Barueri fechou sua 12ª participação no certame com 0% de aproveitamento, o pior de todos os tempos. 

Até a próxima! 

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário