Procure no JP

sábado, 12 de janeiro de 2013

"JP Especial" na rota da Copinha pelo interior (parte 2 de 6)

Salve amigos!! 

Seguindo a cobertura JP da 44ª edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior em São José do Rio Preto acompanhei, no Estádio Benedito Teixeira, a decisão da vaga do grupo E, da primeira fase da competição. O time da casa, América FC jogava por um empate diante do gigante CR Flamengo

Mas proporcional a essa grandeza foi a arrogância dos atletas, pois os mesmos se recusaram a posar. Mais uma vez agradeço a Federação Paulista de Futebol, na pessoa do senhor Manoel Luís, delegado na partida, que permitiu e contribuiu com o sucesso de nosso trabalho. 


América FC (sub-20) - São José do Rio Preto/SP. Foto: Estevan Mazzuia. 


Equipes perfiladas durante a execução do hino nacional. Foto: Estevan Mazzuia. 


Arbitragem, composta por Guilherme Ceretta de Lima, Bruno Salgado Rizo, Maiza Teles Paiva e Leandro Rodrigo Finotello, acompanhados dos capitães das equipes. Foto: Estevan Mazzuia. 

Após as fotos, fiz uma breve incursão pelos vestiários, para agradecer jogadores e dirigentes de Santos e Rondonópolis, e voltei a campo com o placar favorável ao Rubro, gol de Luan aos sete minutos. Já de volta, logo percebi um clima extremamente tenso, com ânimos acirrados, o que era esperado numa decisão desse quilate. 


Torcida marcou boa presença em Benedito Teixeira. Foto: Estevan Mazzuia. 

Mas a partida não reservava maiores emoções. Foi quando a barulhenta torcida rubro negra empurrou a equipe ao empate. Começou a cantar, do nada, e viu Renan fazer uma bela jogada entre três zagueiros e bater cruzado no canto direito de Toni. 


Kairon, também conhecido como Biro-Biro, ou Lagoa Azul, infernizou o lado esquerdo da defesa rubro-negra até os 44 do segundo tempo, quando foi substituído. Foto: Estevan Mazzuia. 


Caio observa mais um ataque americano. Foto: Estevan Mazzuia. 

No minuto seguinte veio a resposta do Mecão. Luana apareceu diante de caio, obrigando o arqueiro flamenguista a uma bela defesa. Antes do intervalo o Diabo chegou ao segundo gol, incendiando sua torcida. A jogada foi iniciada em um contra ataque muito rápido, que a defesa do Flamengo acompanhou com dificuldade. E quando esperavam um passe para a esquerda, o jogador americano viu Kairon chegando pela direita, no maior estilo Carlos Alberto Torres no México. América 2x1! 


Lance da primeira etapa. Foto: Estevan Mazzuia. 

A segunda etapa começou com um bom nível técnico, vez que o nervosismo inicial ficara nos vestiários. Logo aos 9 minutos os anfitriões estiveram muito perto de ampliar, em uma cobrança de falta da direita, que obrigou o goleiro Caio a operar uma difícil defesa e mandar pra escanteio. 


Visão panorâmica da partida, atrás do gol defendido por Toni. Foto: Estevan Mazzuia. 

O empate flamenguista veio aos 30 minutos, com Romário (que entrara no decorrer da partida) de cabeça, enquanto seu companheiro Adam se estrebuchava de dores atrás do gol defendido por Caio, sentindo um estiramento na perna esquerda. 


Adam sentindo fortes dores/Toni observa aproximação adversária. Foto: Estevan Mazzuia. 

O jogo seguiu muito movimentado, com ambas equipes chegando perto do terceiro gol. Faltando mais de 10 minutos para o final da partida, a torcida americana, inexplicavelmente, começou a provocar os adversários, sob os gritos de “ELIMINADO”. Confesso que fiquei preocupado, parecia assistir a uma reprise de um filme muito antigo... 


Falta para o América. Foto: Estevan Mazzuia. 

E sustos não faltaram aos locais: aos 42 minutos Toni apareceu pra defender parcialmente um cruzamento da esquerda e, na seqüência, agarrar uma bomba desferida por Romário. Logo após, a estrela de Toni brilhou novamente em chute de Rafinha. 


Caio observa a partida. Foto: Estevan Mazzuia. 


Ataque americano na segunda etapa. Foto: Estevan Mazzuia. 

Rafinha levou perigo novamente aos 44 minutos, cabeceando por cima do gol após receber um cruzamento da direita. O último lance de perigo da partida foi novamente carioca: Rafinha cruzou da direita pra cabeçada de Pablo, com muito perigo, mas já havia sido assinalado impedimento. 


Escanteio para o Flamengo. Foto: Estevan Mazzuia. 

America 2x2 Flamengo. Com o apito final a torcida foi a loucura, pois além de seguir na competição, o clube de Rio Preto promoveu a única eliminação de um gigante nessa primeira fase do torneio. Definitivamente, o empate com o Rondonópolis na primeira rodada custou caro ao Time da Massa. 


No centro do gramado, a comemoração da equipe classificada. Foto: Estevan Mazzuia. 

Foi isso! Voltei a pé ao meu Hotel, pra curtir um pouco da agradável noite, e não pude deixar de registrar uma placa curiosa às margens de uma agradável e bela represa, ponto de agito noturno da cidade. 


Noite rio-pretense exige muita atenção. Foto: Estevan Mazzuia. 

Uma boa noite de descanso era mais do que necessária para cumprir a epopeia prevista para o dia seguinte, assunto para nosso próximo post! 

Abraços 

Estevan

Nenhum comentário:

Postar um comentário