Procure no JP

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Cruzeiro e São Caetano ficam no zero na estreia de ambos na Copinha

Opa, 

O segundo jogo realizado no Estádio Martins Pereira válido pela primeira rodada do Grupo U da 44ª Copa São Paulo de Futebol Júnior reuniu duas equipes com históricos completamente diferentes na história do certame: Cruzeiro x São Caetano

Enquanto o time azul celeste já realizou ótimas campanhas, com destaque para o título de 2007 e os vices de 1996 e 2002, o Azulão tem um histórico fraquíssimo com onze (!) eliminações na primeira fase e duas na segunda (2009 e 2012). Também vale registrar que os dois só tinham se enfrentado uma vez em todos os tempos numa vitória cruzeirense por 1x0 em 6 de janeiro de 2002 na cidade de Mococa. 

Voltando ao presente, aproveitei que a chuva deu um tempo para fazer as imagens oficiais: 


Cruzeiro EC (sub-20) - Belo Horizonte/MG. Foto: Fernando Martinez. 


AD São Caetano (sub-20) - São Caetano do Sul/SP. Foto: Fernando Martinez. 


Quarteto de arbitragem e capitães dos times. Foto: Fernando Martinez. 

Para aumentar o abismo entre o retrospecto dos dois times, o Cruzeiro foi campeão brasileiro invicto da categoria no mês passado, enquanto o Azulão foi eliminado no paulista sub-20 ainda na fase inicial fazendo uma campanha pífia. Se tivesse que apostar, com certeza teria colocado grana na vitória dos mineiros. 


Ataque cruzeirense pela esquerda no começo do jogo. Foto: Fernando Martinez. 

Só que com a bola rolando a história foi outra. Apesar de ter feito um primeiro tempo até razoável, o Cruzeiro ficou longe de mostrar o futebol que levou a equipe a conquistar o brasileiro em dezembro. O time não conseguiu jogar suficientemente bem para abrir o marcador e viu seus atacantes atuarem muito abaixo da crítica. 


Outra boa chegada do time mineiro. Foto: Fernando Martinez. 


Belo entardecer em São José dos Campos durante Cruzeiro x São Caetano. Foto: Fernando Martinez. 

O Azulão, assim como quem não quer nada, segurou tranquilamente os insossos ataques do time mineiro e levou a peleja para o intervalo sem a abertura do marcador. O pessoal no estádio imaginava que a famosa "conversa do vestiário" daria resultado e o Cruzeiro seria outro no tempo final. 


Uma das ótimas oportunidades de gol do São Caetano no ótimo segundo tempo da equipe. Foto: Fernando Martinez. 


Visão geral de ataque do Cruzeiro pela esquerda. Foto: Fernando Martinez. 

E todos acertaram a previsão pela metade, pois o Cruzeiro realmente foi outro, só que para o lado negativo. A equipe mineira não viu a cor da bola durante todo o segundo tempo, sendo dominada pelo valente time do São Caetano. O time do ABC jogou muito melhor e teve boas oportunidades para tirar o zero do placar. Mas no final, a peleja ficou mesmo em Cruzeiro 0-0 São Caetano, o meu primeiro "ocho" de 2013. 


Agora, investida ofensiva do Azulão pela direita. Foto: Fernando Martinez. 

Essa ótima (e para mim inesperada) atuação do Azulão não levou o time à vitória, mas fez com que todos que torceram pela equipe se animassem a respeito do futuro do onze paulista no certame. Para o Cruzeiro, fica a certeza que para chegar ao título a equipe precisa voltar logo a jogar o futebol apresentado em terras gaúchas em dezembro. 

Como o Emerson já tinha se mandado de São José dos Campos ao final do primeiro jogo, tive que arranjar um jeito de voltar sozinho da cidade. Graças a uma providencial carona, consegui chegar em São Paulo antes do horário imaginado, já pensando na rodada do sábado da Copinha... Com certeza uma das mais complicadas de se acompanhar em todos os tempos por causa do calor. 

Até lá! 

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário