Procure no JP

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Portuguesa vence o ASA e fica mais perto da Série A

Opa,

Depois de algum tempo fora das sessões noturnas do Campeonato Brasileiro da Série B no Estádio do Canindé, nessa semana marcamos novamente presença na casa da sensação da competição, a Portuguesa. E a volta não poderia ser numa peleja mais interessante, já que o adversário foi o genial ASA de Arapiraca, pela 28ª rodada da competição.

Como já tinha perdido esse confronto no ano passado, não tinha a menor chance de perder esse. A única vez que tinha visto a equipe alagoana ao vivo foi naquela história classificação contra o Palmeiras pela Copa do Brasil de 2002. Junto comigo, um ressurgido das cinzas seu Natal, o Mílton e os apresentadores do FATV Matheus e Sérgio.

Além do fato que esse jogo é relativamente raro, é muito bom poder fazer parte da fantástica campanha rubro-verde na segunda divisão nacional nesse ano. Somando apenas três derrotas em 27 jogos, o time vem aniquilando seus adversários e o acesso com certeza é apenas questão de tempo. O público apenas razoável que esteve no Canindé pode ver mais uma boa partida da equipe local.


Jogadores dentro da área em escanteio da equipe local no primeiro tempo. Foto: Fernando Martinez.

Mas o nome do primeiro tempo não foi nenhum atleta lusitano e sim o goleiro Gílson, do ASA. Ele fez três verdadeiros milagres em investidas da equipe paulistana. Os dois primeiros em cabeçadas do baixinho Ananias e o outro em chute da pequena área de Luís Ricardo. A Portuguesa merecia o gol, mas o intervalo chegou sem a abertura do placar.


Boa saída do goleiro Gílson, o nome do primeiro tempo. Foto: Fernando Martinez.


Mais uma chance lusitana após tiro de canto. Foto: Fernando Martinez.

Logo na volta para a segunda etapa, a Lusa conseguiu superar a barreira do goleiro arapiraquense. Henrique recebeu bom passe dentro da área e chutou por cima do arqueiro visitante. Só que mesmo na frente do placar, os locais não diminuíram o ritmo, e mais oportunidades foram criadas. O ASA tentou melhor sorte nos contra-ataques, mas a defesa rubro-verde trabalhava sem sustos.


Chute de longe para o onze paulistano, ainda no primeiro tempo. Foto: Fernando Martinez.

Aos 27 minutos a Portuguesa matou de vez o jogo com o gol do zagueiro Rogério. A zaga alagoana pediu impedimento, que não aconteceu. Dali até o final, a Lusa continuou melhor, mas perdeu gols que poderiam ter feito o placar ficar mais elástico.


O ASA tentou, mas jogar contra a líder da Série B não é nada fácil. Foto: Fernando Martinez.

Final de jogo: Portuguesa 2-0 ASA. Para comprovar o alto astral que ronda o Canindé, os adversários mais próximos perderam seus jogos nessa rodada, e agora o time soma 57 pontos, 8 acima do segundo colocado e 12 de diferença do quinto colocado. O time já subiu, e agora sonha com o título do certame. Já o ASA precisa abrir o olho, já que está apenas a quatro pontos da zona de rebaixamento.

Até a próxima!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário