Procure no JP

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Azulão vence o Vila Nova, mas não sai da zona de rebaixamento da Série B

Fala, pessoal!

Na última sexta-feira estive acompanhando mais uma rodada noturna do Campeonato Brasileiro da Série B. Numa partida importantíssima que mexia na parte de baixo da tábua de classificação, o São Caetano recebeu o Vila Nova no Estádio Anacleto Campanella, no ABC paulista.

Mas por muito pouco não fiquei em casa vendo o jogo da Portuguesa na TV a cabo. Somente de última hora resolvi levantar do sofá, tirar o pijama e me encontrar com o Mílton, também escalado para a peleja. Não demoramos muito e já estávamos na porta da casa do Azulão. Como sempre, o público foi diminuto.

Como mencionei antes, o jogo reuniu dois times que faziam parte da zona de rebaixamento antes da 29ª rodada da competição. Mas por jogar em casa, a vitória era obrigatória para o Azulão, que vinha de cinco jogos invicto. Detalhe que esse foi o segundo confronto entre os dois times que acompanhei in loco. O primeiro foi no século passado, válido pela Série B de 1999.


Escanteio para o Vila durante o modorrento primeiro tempo. Foto: Fernando Martinez.

Só que desde os primeiros minutos não houve nenhum motivo de comemoração, nem da minha parte e nem para os poucos torcedores presentes no Anacleto, já que o jogo foi muito fraco. No etapa inicial só tivemos duas chances boas de gol, uma para cada equipe. O São Caetano não conseguia entrar dentro da área goiana e o marasmo foi total. O 0x0 foi o placar e a nota da partida quando o intervalo chegou.


Zaga do Azulão afastando o perigo. Foto: Fernando Martinez.

Conversa vai, conversa vem, e todos esperavam que o panorama melhorasse pelo menos um pouquinho para o tempo final. Mas nada feito... As duas equipes continuavam mostrando um futebol tenebroso e sem criatividade alguma. A torcida local se irritava a cada lance perdido pelo Azulão. O empate murcho em 0x0 parecia inevitável.


Detalhe de ataque local no segundo tempo. Foto: Fernando Martinez.

Mas o São Caetano resolveu acordar e aniquilou o Vila Nova com três gols em sequência, num intervalo apenas de quatro minutos. O placar foi aberto com um gol de Nunes após boa jogada do ataque local aos 30 minutos. No minuto seguinte, Geovani chutou forte pela direita para ampliar. E aos 34, Nunes recebeu bom passe na esquerda e tocou na saída do goleiro para marcar 3x0.

Se fosse uma luta de boxe, seria como se tivéssemos visto um lutador acertar três golpes no fígado sem tempo do oponente perceber o que estava acontecendo. O Vila Nova, zonzo com os gols sofridos, até tentou diminuir, mas o jogo já estava decidido. Até o apito final, o Azulão ainda poderia ter feito mais gols, principalmente num lance aonde a bola bateu na trave.

Placar final: São Caetano 3-0 Vila Nova/GO. A vitória deixou o Azulão com 36 pontos, mas sem que a equipe fugisse da zona de rebaixamento. Mas do 13º ao 17º a diferença é só de um ponto, e o time paulista está tentando a todo custo não cair para a Série C em 2012. Já o Vila Nova permanece com 29 e com grande chance de rebaixamento.

No sábado teve mais, com o início da segunda fase da Copa Paulista.

Até lá!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário