Procure no JP

terça-feira, 11 de outubro de 2011

PAEC vence a Inter de Bebedouro na estreia da 2ªfase da Copa Paulista

Olá,

Por uma série de fatores alheios à minha vontade, no sábado acompanhei apenas um jogo de futebol, mas que acabou sendo um jogaço. Na abertura da segunda fase da Copa Paulista, o Pão de Açúcar recebeu a Internacional de Bebedouro no Estádio Nicolau Alayon, em partida válida pelo Grupo 5.

Para não passar o sufoco que rolou na semana anterior, quando me atrasei graças à morosidade do transporte de trens, saí cedo de casa, já sofrendo com o forte calor. E como os trens da CPTM estavam funcionando normalmente, cheguei na região do estádio nacionalino faltando muito tempo para o apito inicial. Logo encontrei o amigo Matheus Trunk perdido nas redondezas e assustado com alguns lances bizarros ocorridos por ali.

Antes que as equipes entrassem em campo para a peleja, conversei muito com os vários amigos presentes no Nacional. E na hora que as agremiações adentraram o histórico gramado do Nicolau Alayon, eu pude fazer as fotos oficiais e exclusivas do JP:


Pão de Açúcar EC - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez.


AA Internacional - Bebedouro/SP. Foto: Fernando Martinez.


Quarteto de arbitragem da partida composto pelo árbitro Ilbert Estevam da Silva, assistentes Daniel Paulo Ziolli e Rodrigo Soares Aragão, quarto árbitro Válter Luís Correia e os capitães dos times. Foto: Fernando Martinez.

Por ter feito a segunda melhor campanha da primeira fase e tendo perdido apenas um jogo no certame, a Inter de Bebedouro poderia ser considerada favorita para esse confronto. Mas o Pão de Açúcar, invicto há 9 jogos e tendo engatado boas apresentações ao final da fase, prometia fazer jogo bastante competitivo.


Bola alçada na área da Inter de Bebedouro no primeiro tempo. Foto: Fernando Martinez.

Já na parte coberta do estádio, e agora também contando com a companhia do Sérgio, da FATV, vimos uma partida em que a equipe paulistana foi superior ao adversário. Se algum torcedor mais desavisado aparecesse por ali, acreditaria que o PAEC era o time dono de uma das melhores campanhas da competição. A Inter não conseguiu mostrar um bom futebol e foi dominada pela equipe local.


Agora falta para o time visitante. Foto: Fernando Martinez.

Mas a maior posse de bola e esse domínio todo só foi mostrar um resultado efetivo aos 33 minutos, quando Martins abriu o marcador do Nicolau Alayon. Atrás no placar, a Veterana até equilibrou as ações, mas o PAEC se segurou na defesa e levou a peleja para o intervalo com a vantagem mínima.

No intervalo começamos a notar o aumento das nuvens no céu da capital bandeirante, mas nem esperava chuva, já que a previsão do tempo indicava uma chance de chuva de menos de 5%. O "bom" trabalho dos meteorologistas não demorou muito para ser contrariado.


Ataque do PAEC pela direita no começo da segunda etapa. Foto: Fernando Martinez.

Desde os primeiros movimentos do tempo final, vimos que o Pão de Açúcar melhorou ainda mais, e encurralou totalmente o escrete bebedourense no seu campo de defesa. A equipe da capital do estado criou muitas chances de fazer o segundo gol, que acabou acontecendo aos 20 minutos. O jogador Denílson chutou de longe, e colocou a bola no canto do goleiro Fabrício.


Chute que originou o segundo gol do time paulistano na partida, marcado por Denílson. Foto: Fernando Martinez.

Junto com o gol, chegou a inesperada chuva no Nicolau Alayon. Mas não foi "somente" uma chuva qualquer, e sim um verdadeiro dilúvio. Transformadores explodindo por causa de raios, telhas da parte coberta voando e letras do placar do estádio caindo por causa do vento. O público presente se espremeu nas sociais, mas isso não adiantou, já que era uma das famosas "chuvas de vento", o que fez todos ficarem bem molhados por lá.


O time azul concentrava suas ações ofensivas pela direita, como visto nessa foto. Foto: Fernando Martinez.

Aos 33 minutos o árbitro resolveu parar o jogo de forma acertada, pois seria perigoso para os atletas e ao trio de arbitragem ficarem em campo debaixo do temporal. A partida ficou parada por 9 minutos, recomeçando quando a chuva diminuiu seu ímpeto. O campo já estava com várias poças, mas numa situação bem melhor ao que vimos em anos anteriores.


Detalhe do escudo do Nacional na parte coberta do estádio com o jogo rolando no campo encharcado ao fundo. Foto: Fernando Martinez.

Nesse recomeço, o Pão de Açúcar continuou melhor, e aos 37 teve um pênalti a seu favor. Mas a cobrança de Denílson parou nas mãos do goleiro Fabrício, que fez belíssima defesa. O jogo seguia para seu final quando, aos 45 minutos, a Internacional conseguiu fazer seu gol de honra. Depois de falta pela esquerda, Joacy apareceu no meio da zaga e cabeceou para marcar o gol do onze visitante. Mas não havia tempo para mais nada.


Pênalti defendido pelo goleiro Fabrício, impedindo o terceiro gol do Pão de Açúcar. Foto: Fernando Martinez.


Lance do gol de honra da Inter de Bebedouro. Foto: Fernando Martinez.

Final de jogo: Pão de Açúcar 2-1 Inter de Bebedouro. A vitória foi bastante comemorada pelo time paulistano, que termina a primeira rodada do Grupo 5 como líder da chave, contando o empate entre XV de Piracicaba e Comercial. Foi apenas a segunda derrota do time vermelho no certame, a primeira fora de casa. Mas o Lobo tem todas as chances de conquistar a vaga nos cinco jogos restantes.

A ideia era seguir para a cidade de Osasco para acompanhar o genial jogo do sub-20 às 9 da noite. Mas eu estava ensopado, e com o ânimo reduzido a zero, fui fazer uma boquinha na companhia do Matheus no centro da cidade antes de voltar para casa. Mas ainda tinha um jogo no domingo cedo para acompanhar na Rua Javari.

Até lá!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário