Procure no JP

segunda-feira, 17 de abril de 2006

Paulista Série A2: Rio Preto 4-2 Araçatuba

Olá,

Em mais um fim-de-semana repleto de jogos emocionantes pelo nosso interiorzão, acabei escolhendo dois de suma importância para efeito de classificação à segunda fase e fuga do rebaixamento, jogos esses do Campeonato Paulista Série A2. Três das quatro equipes estavam envolvidas diretamente na luta por um ou outro objetivo.

Comecei a jornada, indo no último sábado, à bela cidade de São José do Rio Preto, no Estádio Anísio Haddad e acompanhei ao jogo Rio Preto 4 - 2 Araçatuba que valeu pela décima sexta rodada da primeira fase. A partida era de vida ou morte para o Jacaré, pois a vitória poderia recolocá-lo na zona de classificação. A sua torcida, ficou com os olhos fixos no jogo e os ouvidos colados no radinho, torcendo pela derrota do Oeste de Itápolis que jogava em Araras o que de fato ocorreu. Festa completa.

Apesar do Araçatuba já estar matematicamente rebaixado para a Série A3, havia uma preocupação por parte do pessoal da casa, pois era voz corrente no estádio, que a AEA entraria em campo turbinada por uma gratificação de R$ 3.000,00 que seriam divididos com o elenco em caso de vitória ou empate.


Detalhe do primeiro gol do Rio Preto contra o Araçatuba. Foto: Orlando Lacanna.


Terceiro gol da equipe da casa, rumo à classificação! Foto: Orlando Lacanna.

À medida em que o jogo se desenvolvia, a torcida alviverde foi ficando mais aliviada, pois o domínio do Rio Preto era absoluto, tanto que logo aos 5 minutos, o jogador Branquinho abriu o placar e, em seguida aos 11, Ewerton aumentou para 2 a 0 em cobrança perfeita de falta pelo lado esquerdo. Era jogo de um time só e, aos 31 minutos, o centro-avante Bolívia aumentou ainda mais o placar para o time anfitrião.


Susto em Rio Preto: O Araçatuba marca o primeiro gol contra o time da casa. Foto: Orlando Lacanna.

Quando todos esperavam um segundo tempo tranqüilo para o Rio Preto, eis que o time teve um "apagão" e esqueceu o seu futebol no vestiário. Logo aos 3 minutos, sofreu o primeiro gol, marcado por Vidal de cabeça, numa bobeada geral do sistema defensivo riopretense. Daí em diante, o jogo ficou complicado e, a torcida local começou a ficar impaciente. Se o Araçatuba tivesse um time um pouco melhor, poderia ter comprometido a vida do Jacaré.

Para alívio geral, aos 21 minutos, Ewerton em outra cobrança perfeita de falta, marcou o quarto gol do time alviverde. Quando parecia que a vitória já estava garantida, os visitantes marcaram seu segundo gol, aos 23 minutos, através de Deivid, mas o Canário não conseguiu manter o ritmo e, como conseqüência, o Rio Preto voltou a dominar, porém insistia em desperdiçar as oportunidades criadas. Os gols perdidos poderão fazer falta, uma vez que o saldo de gols deverá ser importante na definição da classificação, pelo fato do grupo estar equilibrado na disputa das vagas.


Cobrança de falta perigosa para o Rio Preto...


... e a bola acaba no fundo das redes. Vitória garantida! Foto: Orlando Lacanna.

O jogo teve seu final com o placar de 4 a 2 e, demonstrou que o Rio Preto continua firme na briga para uma vaga na segunda fase e que, o Araçatuba terá que se reestruturar visando a Série A3 em 2007. Vale destacar a atuação individual de Ewerton do Rio Preto, que além de marcar dois belos gols de falta, foi o articulador das jogadas criadas no meio de campo. Aproveito para mandar um abraço ao Vinícius de Paula do Diário da Região e ao Valmir Arena da Rádio Metrópole.

Bem, agora é começar os preparativos para o jogo de domingo pela manhã.

Abraços,

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário