Procure no JP

segunda-feira, 17 de abril de 2006

Paulista Segunda Divisão: Osasco FC 1-0 Jabaquara

Buenas!

Neste último sábado eu fui acompanhar mais um jogo do Campeonato Paulista da Segunda Divisão. Junto com o amigo Cláudio - que é gremista roxo, mas foi dar uma força ao Jabuca - até o Estádio José Liberatti, em Osasco, para acompanhar a partida entre o Osasco FC e o Jabaquara. Lá chegando, encontrei perdidos por lá o Jurandyr, o David e o Seu Natal. Grande presença da turma do JP.

Bom, fui pra lá na esperança de que o Jabaquara pudesse se recuperar no campeonato, pois a derrota em casa na estréia estava engasgada na garganta. Mas desde o comecinho da partida, o time do Osasco partiu para cima da frágil equipe praiana e começou a pressionar em busca do gol.


Lateral do Jabaquara tenta sair para o jogo. Foto: Emerson Ortunho.

O Jabaquara não conseguia passar do meio de campo e o Osasco só não encontrava o gol pela falta de pontaria de seus atacantes. Vale destacar ao menos que a defesa do Jabuca melhorou um pouco com a entrada do zagueiro Richard pela esquerda. Por esse setor não passou ninguém... Contudo, mesmo com as chances criadas pelo Osasco, o primeiro tempo foi bem fraco tecnicamente e o resultado foi um inevitável 0 a 0.


Disputa de bola no meio-campo. Foto: Emerson Ortunho.

Na segunda etapa o jogo continuou igual, até quando o jogador Willian, do Jabaquara, fui expulso. Depois da expulsão, por uns dez minutos seguidos, o Jabuca, mesmo com uma menos, até que jogou bem, podendo até ter saído na frente do marcador. Mas esse domínio da partida não passou mesmo de um lampejo de inspiração, logo o Osasco voltou a dominar a partida e a levar perigo à meta do fraco goleiro jabaquarense.


Lance do segundo tempo da partida. Foto: Emerson Ortunho.

O Osasco, mesmo estando longe de ser uma máquina, se mostrava muito melhor organizado em campo e não demorou muito para chegar ao seu merecido gol. Com o 1 a 0 no placar, não foi difícil para o time da casa segurar o resultado, já que o Jabaquara não mostrou em nenhum momento, qualquer poder de reação.


Um dos raros ataques do Jabaquara no segundo tempo. Foto: Emerson Ortunho.

Final de jogo: Osasco 1 x 0 Jabaquara, e o Jabuca com esse time e esse técnico, que é fraquíssimo, dificilmente brigará por uma vaga à próxima fase. É muito mais certo que seja o saco de pancadas do grupo, como eu disse na estréia, pois desde 1999 (tirando o grande time de 2002), o Jabaquara não monta um time tão ruim assim. Mas continuo torcendo, tá no sangue.

Abraços!

Emerson

Nenhum comentário:

Postar um comentário