Procure no JP

segunda-feira, 24 de abril de 2006

Paulista Segunda Divisão: Barcelona 3-1 Jabaquara

Buenas!

Irremediavelmente, dei seqüência a minha sina de seguir o Jabaquara Atlético Clube, e dessa vez fui até Ibiúna, no Estádio Municipal Marcos Eduardo C. Truvilho, para assistir o Jabuca contra o Barcelona paulistano, que está mandando os jogos naquela cidade.

Bom, antes de falar do jogo, preciso comentar sobre uma imbecilidade que vem acontecendo no futebol: jogos com portões fechados, e, sem ninguém esperar, foi isso que aconteceu em Ibiúna. Isso mesmo, a imbecilidade implandada pelo Sveiter no brasileiro, virou mania também na FPF.

Para resumir: descobri no sábado à noite, olhando a tabela no site da FPF, que o jogo seria com portões fechados. Sendo que até quarta-feira o jogo estava normal na tabela. Porém, o que é pior de tudo isso, é que não houve nenhum julgamento do TJD interditando o estádio, nem nada. Eles simplesmente escrevem portões fechados ao lado da tabela e pronto. Nem o pessoal de Ibiúna sabia exatamente o motivo da interdição. E pra variar, dane-se o torcedor que não tem INTERNET, ou que não pode ficar entrando diariamente no site da FPF. O torcedor vai até o estádio e dá com a cara na porta.

Parece brincadeira... isso não pode acontecer. Nesses casos a partida tem que ser adiada ou transferida para outro estádio, tudo para dar condições do torcedor assistir a partida. Mas para a federação o que menos importa é o torcedor, para eles agora é só fechar o estádio e pronto, dane-se quem gosta de ver seu time jogar. Na minha opinião é inconcebível um jogo sem público.

Como sou do JP, consegui entrar no estádio e então trago aqui o que verdadeiramente nos interessa, o futebol. Vamos com as fotos oficiais da partida:


Barcelona E.C.L. - São Paulo / SP (mandando os jogos em Ibiúna / SP). Foto: Emerson Ortunho.


Jabaquara A.C. - Santos / SP (com um belo uniforme). Foto: Emerson Ortunho.


Quarteto de arbitragem e os capitães das equipes. Foto: Emerson Ortunho.

A partida começou com o Jabaquara mostrando muita vontade em campo, parecia até que a equipe iria engrenar. Entretanto, aos poucos, o Barcelona foi ocupando melhor os espaços no campo e passou a jogar com mais facilidade. Assim, a equipe mandante abriu o placar em uma cobrança de falta, onde o goleiro do Jabuca simplesmente errou na arrumação da barreira, coisa básica que eu não via acontecer há anos. Após o gol, o Barcelona recuou um pouco e o jogo deu uma parada, seguindo com o placar de 1 a 0 até o intervalo.


Goleiro do Barcelona afasta o perigo de sua área, detalhe que ele disse ser fã do Jogos Perdidos e que já conhece o site faz tempo. Legal! Foto: Emerson Ortunho.

No segundo tempo o Jabaquara voltou novamente com muita vontade, e passou a dominar amplamente a partida. Estava claro que a equipe empataria e foi isso que aconteceu, com o gol saindo em uma cobrança de penalidade máxima, muito bem marcada pelo árbitro.


Jabaquara empata a partida em cobrança de pênalti. Foto: Emerson Ortunho.

Depois de sofrer o empate, o técnico Netinho, do Barcelona, fez uma substituição que definiu o jogo. O jogador que entrou arrumou o meio de campo da equipe e o Jabaquara entrou na roda. A equipe do Barcelona começou a pressionar e a perder chances atrás de chances.


Disputa de bola na partida Barcelona Capela x Jabaquara. Foto: Emerson Ortunho.

Mas não demorou muito para que essas chances virassem gols. Novamente em falhas do goleiro jabaquarense, o Barça fez o segundo e o terceiro e se tivesse mais tempo de jogo, chegaria tranqüilamente ao quarto gol, já que a equipe santista estava morta em campo.

Final de jogo: Barcelona 3 x 1 Jabaquara, num resultado justíssimo, pois ganhou a equipe que foi melhor taticamente, pois dessa vez pelo menos a equipe de Santos apresentou um pouco mais de vontade. Mas só vontade é muito pouco para chegar em algum lugar. Já o Barcelona, se pegar no breu, pode até pensar em classificação, pois a equipe não é ruim não.

Abraços!

Emerson

Nenhum comentário:

Postar um comentário