Procure no JP

segunda-feira, 17 de abril de 2006

Brasileiro Série B: Portuguesa 1-1 São Raimundo

Opa,

Voltando com os meus jogos do final-de-semana, no sábado à tarde acabei escolhendo uma opção não tão perdida assim, mas que não tinha como não ir. Eu e o Mílton fomos ao Canindé, para ver o primeiro jogo da Portuguesa na Série B do Brasileiro de 2006, jogando contra o time do São Raimundo.

Foi o primeiro jogo da Lusa após seu traumático rebaixamento no Paulistão, com um time quase juvenil e numa espécie de rescaldo de todo o incêndio do Paulista. E nisso, a diretoria lusitana, ao invés de fazer algum tipo de promoção para atrair de volta o seu torcedor ao estádio, ou simplesmente colocar um preço de ingresso mais barato, aproveita e coloca uma simples arquibancada a 20 pilas. Nem preciso dizer que isso é uma idiotice extrema, e o muita gente da diretoria da Portuguesa do Canindé deve estar feliz com a situação né?

Para efeito de comparação, a arquibancada do jogo Corinthians x Deportivo Cali, pela LIBERTADORES, que é um Campeonato infinitamente com mais apelo do que a Série B custa 15 REAIS!!! E a arquibancada do jogo São Paulo x Caracas, pela mesma competição, custa 20 reais. Um Lusa e São Raimundo deveria, NO MÁXIMO, custar 10 reais, valor que poderia levar mais pessoas ao Canindé e um valor que condiz com o naipe do espetáculo.

Mas simplesmente isso não acontece, mas a esperança é que quem sabe eles não aprendam com a A2 de 2007? A esperança é a última que morre.


Um dos vários ataques do time da Portuguesa desperdiçados na primeira etapa. Foto: Fernando Martinez.

Bom, falando do jogo, essa foi a 41ª partida da Portuguesa em todos os tempos na Série B em casa. Dessas 41 partidas eu estive presente em 37, e o Mílton em 36. Com certeza estamos numa posição de destaque em acompanhamento desses jogos. Tem muito torcedor luso que não viu tudo isso...

Pena que essa partida contra o São Raimundo tenha sido mais um calvário para todos os presentes no Canindé. O rebaixamento deve ter mesmo causado um baque no time, pois seu ataque estava totalmente fora de sintonia, perdendo inúmeras chances de ataque. E a defesa também, doida para entregar. Nos poucos ataques do time do Amazonas, os calafrios na torcida eram inevitáveis.


Tentativa de ataque lusitano pela lateral do campo. Foto: Fernando Martinez.

No primeiro tempo ainda a Portuguesa começou bem, mandando na partida e perdendo boas chances. Mas no contra-ataque tomou alguns sustos, todos aliviados pelo próprio time do São Raimundo. Mas o maior domínio lusitano foi recompensado com o gol do Diogo aos 31 minutos. Depois de boa jogada pela esquerda e com um sufoco na área, a Lusa saiu na frente.

Mas foi por pouco tempo a alegria dos torcedores. Num contra-ataque rápido, o goleirão da Lusa atropelou o atacante do time azul. Pênalti para o São Raimundo que o jogador Delmo não desperdiçou. E o jogo foi em 1 a 1 para o intervalo.


Escanteio perigoso para o rubro-verde na segunda etapa. Gostei dessa foto... ficou um clima meio "sixties". Foto: Fernando Martinez.

No segundo tempo me recuso a dizer muita coisa, tamanha a falta de categoria dos atacantes lusos. Foi praticamente um "ataque contra defesa" e mesmo assim o time cansou de perder gols incríveis. Ficou aquele gosto que o time poderia jogar por dois dias seguidos e que não marcaria nenhum tento.


Outro escanteio para a Lusa e mais uma boa chance desperdiçada. Foto: Fernando Martinez.

Final de jogo: Portuguesa 1-1 São Raimundo. A certeza de que esse time, do jeito que está e se não melhorar, vai sofrer muuuuuito na Série B desse ano. Esperamos que melhore, de coração. Após o final da partida, a pedida foi seguir de novo até Itaquá, para curtir o resto do sábado e esperar a rodada matutina no domingo.

Até lá.

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário