Procure no JP

segunda-feira, 17 de abril de 2006

Paulista Série A2: Mirassol 1-1 Bandeirante

Olá,

Continuando o fim-de-semana futebolístico, no último domingo de manhã, fui à cidade de Mirassol no Estádio José Maria de Campos Maia e acompanhei ao jogo Mirassol 1 - 1 Bandeirante válido pela décima sexta rodada da primeira fase do Campeonato Paulista Série A2. Jogo importantíssimo, tanto para efeito de classificação à segunda fase, como para efeito de rebaixamento à Série A3. O time de Birigui necessitava vencer para continuar sonhando com a classificação e o time da casa lutando para não ser rebaixado.

O jogo começou nervoso, e muito truncado em razão das muitas faltas cometidas pelas duas equipes. Dava para perceber que o Bandeirante queria impor um ritmo mais cadenciado, enquanto o Mirassol jogava mais na base da vontade. Aos 8 minutos, o árbitro marcou pênalti para o time da casa. O meia Rafael cobrou e o goleiro Régis defendeu. Decepção geral, porém o árbitro mandou repetir a cobrança e, o mesmo Rafael ajeitou a pelota e pimba, chutou para fora. Nova decepção e agora acompanhada por revolta da torcida.



O meia Rafael consegue perder dois pênaltis em sequência. Decepção em Mirassol. Fotos: Orlando Lacanna.

Depois de perder pênalti por duas vezes, era de se esperar que o Leão da Alta Araraquarense fosse se abater, e o Leão da Noroeste crescer em campo, mas não foi o que aconteceu, pois o time visitante continuou no mesmo ritmo lento e não criou lances de perigo. O Mirassol, apesar das suas limitações, chegou ao seu gol aos 43 minutos através do zagueiro Hilton, aproveitando rebote do goleiro após cobrança de falta, levando para o intervalo o resultado de 1 a 0 para a equipe auriverde com toda justiça.


Falta para o Mirassol na entrada da área...


... que acaba no primeiro (e único) gol da equipe da casa: Mirassol 1 a 0. Foto: Orlando Lacanna.

Na etapa final, o ritmo do jogo ficou mais acelerado, tornando-o mais emocionante, com jogadas de ataque das duas equipes. Tanto uma equipe quanto a outra poderia marcar e, aconteceu o gol de empate do time visitante, aos 21 minutos através de Arinelson que se infiltrou pela meia esquerda e mandou uma bomba indefensável no canto superior direito do goleiro Carlos César.


Detalhe do gol de empate do BEC. Foto: Orlando Lacanna.

Após o empate, as equipes continuaram criando várias chances de gols, as quais não foram aproveitadas.O resultado de 1 a 1 acabou prevalecendo e não foi bom para nenhum dos dois times. Ao final do jogo, ficou a expectativa de que as definições ficarão para as duas últimas rodadas da competição. Não vi nenhuma atuação individual que merecesse destaque.


Bola disputada no meio de campo na partida entre Mirassol e Bandeirante. Foto: Orlando Lacanna.

Depois de mais essa maratona, o negócio foi retornar imediatamente para São Paulo e curtir o restinho do Domingo de Páscoa.

Abraços,

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário