Procure no JP

quarta-feira, 17 de janeiro de 2007

Vitória do Galo no Nicolau Alayon

Opa,

Vamos agora com os posts da fantástica rodada tripla (inédita até então) em que o JOGOS PERDIDOS esteve presente no primeiro dia da Segunda Fase da Copa São Paulo 2007. Com rodada matutina-vespertina-noturna, o dia começou na Rua Comendador Souza, aonde jogaram Atlético Mineiro e Goiás.

Jogo cedo numa terça-feira é algo raro, e por lá, além do que vos escreve, também o JR (ex-Jandir) e o Seu Natal estiveram presentes. Também contamos com a presença do Rafael Lusitano perdido pelas bandas da Barra Funda. Graças à prestatividade dos fiscais de plantão, mais uma vez conseguimos as fotos EXCLUSIVAS dos times posados e do trio de arbitragem:


C Atlético Mineiro (sub-19) - Belo Horizonte/MG. Foto: Fernando Martinez.


Goiás EC (sub-19) - Goiânia/GO. Foto: Fernando Martinez.


Trio de arbitragem da partida com os capitães do Galo e do time esmeraldino. Foto: Fernando Martinez.

Mesmo com um público não tão excepcional assim, o jogo foi muito bom, e com dois tempos distintos. Na primeira etapa, o Goiás foi levemente melhor, já que teve as melhores chances, todas desperdiçadas pelos seus atacantes. O Atlético levou certo perigo ao gol goiano, mas no geral o time foi dominado pelo Goiás.


Falta para o Galo na lateral e bola cruzada na área do time goiano. Foto: Fernando Martinez.

O Goiás criou pelo menos duas chances absurdas para abrir o marcador. Em ambas, a bola sobrou livre para algum jogador do time verde, cara-a-cara com o goleiro mineiro, mas nessas duas vezes a bola foi para a arquibancada. Detalhe do público bastante animado. Na sua maioria composto por garotos da escolinha do Nacional, torciam em peso para o Goiás.


Mais uma chance perdida do Galo no primeiro tempo de jogo. Foto: Fernando Martinez.

Quando o jogo já seguia para o intervalo sem a abertura de contagem, o Goiás foi recompensado e abriu o marcador. Aos 45 minutos, depois de cruzamento na área pela direita, o atacante Gabriel tocou na saída do goleiro e colocou os goianos em vantagem. Intervalo de jogo, e Goiás 1 a 0.

Mas no segundo tempo o jogo mudou, e em apenas nove minutos de partida, o Galo virou o marcador. O time fez uma blitz-monstro e não deu o menor espaço para o Goiás ao menos respirar.


Chance para o Goiás no segundo tempo, quando não viu a cor da bola. Foto: Fernando Martinez.

O time empatou a partida aos 4 minutos, quando o jogador Henrique correu livre até a área e chutou na saída do goleiro. Aos 9 minutos, num claro pênalti no jogador Iuri, o camisa 7 Jefferson bateu e virou o placar para o time mineiro. O Goiás sentiu muito o baque.


De pênalti, o Galo virava o marcador, aos 9 minutos do segundo tempo, com o jogador Jefferson. Foto: Fernando Martinez.

Depois do gol, o time mineiro tomou conta da partida, e colocou o Goiás na roda. O time goiano até tentou chegar no gol atleticano, mas com o time redondo em campo, o Galo não dava espaços. E ainda por cima tinha o contra-ataque a seu favor.


Jogador do Galo tenta se livrar dos marcadores do time do Goiás. Foto: Fernando Martinez.

Aos 39 minutos, o Atlético deu o golpe de misericórdia. Num contra-ataque ligeiro, em que os jogadores pediram impedimento (que para mim não existiu), o jogador Aguiar surgiu sozinho e só deslocou o goleiro goiano. O Galo fechava a fatura!


Lance do terceiro gol atleticano, consolidando o placar no Nacional. Foto: Fernando Martinez.

Final de jogo: Atlético/MG 3-1 Goiás. Bela vitória do Galo, que mostra que o time é um dos favoritos ao título, isso se jogar como na segunda etapa. Ao Goiás resta a certeza que fizeram um bom campeonato.

Saindo do Nacional, eu e o Seu Natal corremos até a cidade de Guarulhos via Marginal Tietê para o segundo jogo do dia. Daqui a pouco por aqui...

Abraços

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário