Procure no JP

quinta-feira, 11 de janeiro de 2007

Grande vitória pernambucana na Copinha

Olá, amigos!!

Dando sequência a nossa cobertura da Copinha, estive ontem na cidade de Taubaté, com os amigos Orlando, David, Emerson e Seu Natal. A partida colocou frente a frente as equipes do EC Taubaté e CA do Porto de Pernambuco, duelo que dificilmente aconteceria, não fosse esse torneio. O duelo rolou pelo Grupo U, no Estádio Joaquinzão.


Distintivo do EC Taubaté na entrada do estádio Joaquinzão. Foto: Estevan Mazzuia.

Com o Porto na lista tenho, agora, 315 equipes, seguindo rumo ao sonho atingido essa semana pelo Fernando, de entrar para o rol dos Top 400. Além disso, foi meu 5º jogo o ano, e desde já compartilho com os leitores meu maior objetivo em 2007, superar os 81 jogos vistos em 2000, aproveitado meu retorno nas atividades do grupo com força total. Objetivo este que não deverá ser muito difícil de alcançar, visto os quase 200 jogos por ano que Jurandyr e Fernando acompanharam em 2006. Vamos às fotos oficiais:


EC Taubaté (sub-19) - Taubaté/SP. Foto: Orlando Lacanna.


CA do Porto (sub-19) - Caruaru/PE. Foto: Orlando Lacanna.


Quarteto de arbitragem da partida em Taubaté. Foto: Orlando Lacanna.

Como na primeira rodada os pernambucanos haviam empatado com o Palmeiras, e os donos da casa tinham goleado o Campinense, já era de se esperar um grande jogo, mas um certo favoritismo pairava sobre os donos da casa, uma vez que a Academia tem tradição de tropeços na Copinha, e a torcida presente era grande no estádio.


Ataque do Porto, com detalhe para o bom público presente. Foto: Orlando Lacanna.

Mas os pernambucanos, que em pouco mais de 20 anos de existência já amealharam mais conquistas no profissional que seu arqui-rival, Central, trataram logo de mostrar que não viajaram mais de 2500 km (de avião, para sorte dos atletas) a passeio, e não se intimidaram com a torcida.


Vista geral da partida entre Taubaté e Porto de Caruaru. Foto: Estevan Mazzuia.

Aos 11 minutos da primeira etapa, Rômulo abria a contagem para os visitantes, e dois minutos depois, através de um pênalti convertido por Joelson, os visitantes faziam 2x0. O Burro da Central bem que se esforçou, mas não conseguiu ao menos diminuir o prejuízo, e as equipes foram para o intervalo com a justa vitória parcial dos visitantes.


Ataque do Taubaté; detalhe para o uniforme do goleiro pernambucano, de cor semelhante ao dos jogadores de linha. Foto: Orlando Lacanna.

Muitos torcedores contavam com a reação azul no segundo tempo. Mas à medida em que o tempo passava, a equipe ia ficando cada vez mais nervosa, dando espaço ao rápido e envolvente toque de bola pernambucano.

Aos 10 minutos do segundo tempo, novamente através de Rômulo, a pá de cal é jogada sobre a esforçada equipe do Taubaté, que ainda teria um jogador expulso, dificultando ainda mais sua reação, e tornando muito distante o sonho da classificação. Conhecida pela forte cobrança, a torcida não deixou por menos o vexame dentro de casa, e passou os últimos 5 minutos da partida ao som de irônicos gritos de "Olé", ao ritmo dos passes pernambucanos.


No final do jogo o Porto teve chances claras de conquistar o quarto gol. Foto: Estevan Mazzuia.

Placar final, Taubaté 0x3 Porto, resultado justo, embora um tanto elástico para o esforço azul. Por motivos profissionais, não pude acompanhar a segunda partida da rodada, enquanto que meus colegas Orlando e Emerson partiram rumo à Americana para acompanhar jogos de outro grupo da Copinha. No fim de semana tem mais!!

Abraços

Estevan

Nenhum comentário:

Postar um comentário