Procure no JP

segunda-feira, 8 de janeiro de 2007

JP na Copinha em São José dos Campos (2º jogo)

Olá,

Depois de um primeiro jogo apenas razoável, a expectativa era de que a partida de fundo também válida pela primeira rodada da primeira fase do Grupo N da Copa São Paulo 2.007 poderia trazer mais emoções ao bom público presente. O jogo em questão foi Vasco da Gama x Vitória do Espírito Santo, cujas equipes e trio de arbitragem estão apresentados nas fotos abaixo:


C.R. Vasco da Gama (sub-19) - Rio de Janeiro / RJ. Foto: Orlando Lacanna.


Vitória F.C. (sub-19) - Vitória / ES. Foto: Orlando Lacanna.


Quarteto de arbitragem formado pelo arbitro Sergio Benedito Julio, pelos assistentes Fabio Rogerio Baesteiro e Márcio Jacob e o quarto árbitro Roney Prado Bustamante. Foto: Orlando Lacanna.

Com o público torcendo entusiasticamente para o time capixaba, a partida começou num ritmo bem acelerado, com os cariocas mostrando habilidade e criando boas chances de gol, as quais acabaram sendo desperdiçadas na hora da conclusão. O time do Espírito Santo também demonstrou boa qualidade técnica e rapidez nas saídas para o campo de ataque com as chances criadas também não sendo aproveitadas.


Jogada de ataque da equipe carioca. Foto: Orlando Lacanna.

O jogo estava bem equilibrado, quando aos 24 minutos, o avante vascaíno Alan Kardec, em posição duvidosa, abriu o placar para o time do Rio. Esse gol provocou, por alguns momentos, um desajuste no time dirigido pelo ex-goleiro da Seleção Brasileira Valdir Peres, porém o Gigante da Colina não soube aproveitar esses momentos e levou para o intervalo a pequena vantagem de 1 a 0, deixando tudo para ser decidido na etapa final.


Bola estufando a rede no gol vascaíno. Foto: Orlando Lacanna.


Ataque do Vasco explorando os cruzamentos na área. Foto: Orlando Lacanna.

Após o descanso regulamentar, as equipes voltaram com muito mais vontade, tornando a partida que já era boa, melhor ainda, podendo mudar o marcador a qualquer momento. Ambas as equipes criavam oportunidades que não eram traduzidas em gol.


Defesa do Vitória tenta se livrar do perigo. Foto: Orlando Lacanna.


Nova tentativa de ataque do Vasco. Foto: Orlando Lacanna.

Quando tudo levava a crer que o time cruz-maltino seria o vencedor da partida, pois jogava com um atleta a mais devido a uma expulsão ocorrida na metade dessa etapa, acabou cedendo o empate aos 47 minutos num belo gol de Glauber, que fez ótima jogada pelo lado esquerdo, levando os torcedores a uma vibração incrível e, os seus colegas de equipe a uma comemoração que mais parecia a conquista de um título.

Final de partida com o resultado Vasco da Gama 1 - 1 Vitória, que mostrou duas equipes bem preparadas e com condições de sonhar com a classificação à próxima fase e de revelar alguns bons valores para o futuro, como por exemplo, o atacante Alan Kardec do Vasco.

Tão logo a partida foi encerrada, voltei imediatamente para São Paulo, numa providencial carona já pensando nos próximos jogos a serem acompanhados.

Abraços,

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário