Procure no JP

quarta-feira, 24 de janeiro de 2007

Estréia do JP no Mineiro 2007

Olá amigos!

Apesar de um fim de semana chocho de futebol (Copa SP sem novidades, A3 e série B sem começar), até que consegui algo legal. Infelizmente, tive que ir sozinho, mas nem isso estragou a viagem espetacular que fiz ao sul de Minas Gerais, mais precisamente à cidade de Poços de Caldas.


Pórtico da bela Poços de Caldas e fachada da Prefeitura Municipal. Fotos: Estevan Mazzuia.

Óbvio que a viagem de um JP que se preze tem que envolver algo relacionado ao futebol. Então aproveitei para dar um pulinho no Estádio Dr. Ronaldo Junqueira, o "Ronaldão", para acompanhar a estréia da AA Caldense e do EC Democrata, de Governador Valadares, pela primeira divisão do campeonato mineiro.


"Ronaldão" fervendo antes do jogo. Foto: Estevan Mazzuia.

Infelizmente, a falta de costume, e a previsão errada de que o público seria pequeno, fez com que eu cometesse um grande pecado, pois acabei chegando sem tempo hábil para minha identificação. Com isso ficaremos sem as tradicionais fotos dos times posados, bem como a da arbitragem.

Em cálculos simplistas, contei em torno de 4 mil pessoas no estádio, algo muito difícil de ser alcançado no futebol paulista, em jogos de equipes do interior. Os torcedores, em sua maioria mais interessados nos grandes paulistas do que nos mineiros, mostram grande devoção pela Caldense, e muito orgulho pelo título conquistado em 2002. Por outro lado, é muito exigente e impaciente.


Vista geral da partida e do bom público presente. Foto: Estevan Mazzuia.

O jogo foi muito bem disputado e movimentado. A Caldense começou marcando em seu campo de ataque, mas não conseguia penetrar na defesa alvinegra. Aos 14 minutos, os visitantes assustaram em um contra-ataque, principal jogada da equipe. A primeira chance real da equipe local foi aos 25 minutos, após cobrança de falta.


Escanteio para a Caldense no primeiro tempo. Fotos: Estevan Mazzuia.

Aos 30 minutos, mais duas chances para os alviverdes, mas o centroavante Tico Mineiro não conseguiu alcançar a bola. E eis que o velho ditado se materializa: aproveitando-se de um cruzamento da direita, Leandro Carrijo abre o placar para os visitantes. O gol aumentou o nervosismo verde, e fez o Democrata começar a gostar do jogo. O primeiro tempo terminou ao som de uma sonora vaia dos presentes.


Ataque do Democrata ainda no primeiro tempo da partida. Foto: Estevan Mazzuia.


Pausa no intervalo para conhecer as dependências do estádio e suas placas históricas. Foto: Estevan Mazzuia.

O segundo tempo iniciou-se da forma como havia terminado o primeiro. Quando o empate parecia impossível, o zagueiro Gilvan aparece na intermediária, e chuta fraco, rasteiro. A bola engana o goleiro Tony, encontra o poste direito, corre por sobre toda a linha da meta e vai morrer macia, do outro lado, no fundo das redes. Um gol sofrido, retrato das dificuldades caldenses na partida. O gol de empate incendeia a torcida, e a equipe vai toda ao ataque. Aos 18 minutos, Tico Mineiro arrisca de fora da área, e por pouco o goleiro Tony não sofre um frangaço, conseguindo desviar para escanteio. Aos 23, nova chance de virada, após cobrança de falta.


Escanteio para a Caldense no segundo tempo. Foto: Estevan Mazzuia.

Na segunda metade da etapa derradeira, as equipes pareciam entregues ao placar. Novamente, a Caldense procurava cumprir o dever de casa, enquanto os visitantes apostavam nos contra-ataques. Aos 42 minutos, porém, Luciano Amaral faz bela jogada individual pela esquerda, e cruza para a área. Paulinho se antecipa ao goleiro e marca o gol da vitória.


Gol da virada da Caldense. Foto: Estevan Mazzuia.

Fim de jogo: Caldense 2x1 Democrata-GV, placar que poderia corresponder aos pontos atribuídos às equipes. Saiu caro para os visitantes, que portaram-se bem dentro das 4 linhas, e voltam pra casa de mãos abanando.

Realizado por ter conhecido mais uma linda cidade, mais um estádio genial, além de ter incluído mais uma equipe na lista, e confirmado outra (tinha visto os juniores da Caldense em 2000), aproveitei o fim da tarde para mais um passeio, e acabei conhecendo a bela sede social da Caldense, que possui cerca de 3200 cotistas, ou seja, entre titulares e dependentes, algo em torno de 15 mil sócios!!


Fachada e o conjunto aquático da Associação Atlética Caldense. Fotos: Estevan Mazzuia.

Um grande abraço, e até a próxima!

Estevan

Nenhum comentário:

Postar um comentário