Procure no JP

segunda-feira, 8 de agosto de 2005

Copa FPF: Portuguesa 3-5 Guarani

Fala povo!

Depois da rodada dupla de sábado, o que restava a nós era descansar e aproveitar o domingo sem fazer nada para esperar a segunda chegar certo? ERRADO! Fiz mais uma rodada dupla no eixo Canindé-Americana e mais um time novo entrou para a Lista.

De manhã, acordando num horário razoável fui ao Canindé pela terceira vez em três dias, para assistir mais um joguinho da Copa FPF entre Portuguesa e Guarani. Nem esperava tanto do jogo e fui mesmo para me aquecer para a viagem da tarde. E não me arrependi nadinha de ter ido lá, pois vi um das partidas mais interessantes do ano.

A Portuguesa, apesar da campanha horrorosa que está fazendo na Copa, começou com tudo e logo no começo marcou um a zero. Pena que foi só fogo de palha, e logo o Guarani tomou conta da partida e virou o jogo para três a um sem maiores dificuldades. E esse foi o placar no fim do primeiro tempo.


Lance do terceiro gol do Guarani, ainda no primeiro tempo. Foto: Fernando Martinez.

Não sei o que os caras da Lusa tomaram no intervalo, pois o time voltou muito melhor e em poucos minutos já empatou a partida. O Bugre não fez nada e mostrava uma apatia fantástica. O povo presente no Canindé até achou que a Portuguesa poderia virar novamente a partida.

Mas só ficou no achou mesmo, pois num contra-ataque e numa bobeira da zaga lusitana, o Guarani fez seu quarto gol e matou a reação rubro-verde. Com o resultado desfavorável, a Portuguesa não achou forças para, ao menos, empatar a partida. E ainda por cima, tomou mais um no final da partida. Resultado final: Portuguesa 3-5 Guarani.


Lance do segundo gol da Portuguesa, logo no início do segundo tempo. Foto: Fernando Martinez.


Lance do terceiro gol da Lusa, que empatou a partida e deu um alento à pequena torcida presente no Canindé. Foto: Fernando Martinez.

Mas valeu a pena, um 5 a 3 não é fácil de se ver não. E além disso foi a partida com o maior número de gols das rodadas do final de semana. Depois disso voltei pra casa e o Mílton passou por aqui para encontrarmos o Emerson e o Estevan, que estavam vindo da partida entre Jabaquara e Palmeirinha (que terá o post em breve) para irmos até a cidade de Americana. Porquê fomos lá? No próximo post eu escrevo.

Até daqui a pouco.

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário