Procure no JP

quinta-feira, 11 de agosto de 2005

Brasileiro Série A: São Caetano 3-2 Atlético/PR

Opa!

Hoje tivemos mais uma rodada do Clube dos Doentes pelo futebol do nosso Brasil varonil!!! De tarde o Emerson fez sua peregrinação pelo Estádio Espanha (e está devidamente documentada abaixo), e à noite, para variar um pouquinho, eu e o Mílton fomos acompanhar o São Caetano de novo pelo Brasileiro, agora contra o Atlético/PR.

Já faz tempo que vamos no Anacleto Campanella, e em poucas vezes vimos jogos realmente bons, com alternância de placar, chances perdidas e muita disposição. Sempre fica naquele jogo feio, truncado e com poucos gols. Mas hoje acredito que vi o melhor jogo até hoje no Anacleto. Mesmo com a chuva, o vento e o frio que estava lá em SCS, o jogo foi de arrepiar MESMO!


Escanteio para o Atlético, ainda no primeiro tempo da partida. Foto: Fernando Martinez.

Por causa da chuva tivemos que comprar o ingresso de R$ 7,00 (meia-entrada) e ficar na arquibancada lateral coberta. Num esquema altamente ineficiente, quando compramos esses ingressos temos que escolher ficar à direita ou à esquerda do campo, pois não podemos sair mais do lugar (coisas que só acontecem no Brasil). Com isso, escolhemos o lado esquerdo mesmo, pois estava mais perto. Ainda bem, porque lá que aconteceu praticamente todo o jogo, com quatro dos cinco gols na partida tendo sido assinalados por lá.

Mas o jogo começou bem sem graça, como sempre. Isso durou até os 21 minutos quando o jogador Triguinho, do São Caetano fez um gol fantástico, numa bola chutada da intermediária. A partir daí o Atlético tomou conta do jogo, e pressionou bastante o time do ABC, enrurralando-o no seu campo.

Tamanha pressão foi recompensada: numa falha total da zaga do Azulão, o jogador Thiago marcou contra o gol de empate do Atlético aos 42 minutos. Logo na saída de jogo, de pois de uma bola roubada, o jogador Fabrício fez um dos gols mais bonitos do Brasileiro até agora: ele deu um voleio no ar e pegou o goleiro Sílvio Luís desprevenido. Final do primeiro tempo: São Caetano 1-2 Atlético/PR.

Com muita bala de goma e conversas familiares para espantar o frio, achávamos que o São Caetano iria amarelar de novo contra o time do Paraná... mas estávamos redondamente enganados.


Mais um ataque do Atlético/PR no 1ºtempo e mais uma bola isolada para o ataque do Azulão. Foto: Fernando Martinez.

O São Caetano voltou com tudo, não dando espaço para o Atlético fazer muitas coisas não. Assim, aos 15 minutos, depois de uma bobedada da zaga paranaense, o Dimba marcou o gol de empate do São Caetano.

Depois disso, o São Caetano ainda perdeu duas chances fantásticas para virar novamente a partida, mas esbarrou na trave. Até que, aos 39 do segundo tempo, o decano Claudecir fez um gol irrepreensível: marcou o gol da virada do time do ABC de bicicleta!! Foi o primeiro gol de bicicleta que vi no estádio e posso dizer que deve ter sido um dos 3 mais bonitos desse Brasileiro. (Detalhe que ele ainda foi expulso por ter tirado a camisa... que asneira!)

Fantástico... genial... o resultado final foi mesmo São Caetano 3-2 Atlético/PR. Duas viradas, bolas na trave, um golaço de voleio sem colocar os pés no chão, outro da intermediária e outro de bicicleta. Preciso falar mais alguma coisa??

Valeu a pena, e amanhã temos mais rodada com o Emerson no sub-20 do Paulistão e sexta-feira teremos mais uma rodadinha da Série B do Brasileiro. Fiquem ligados!

Abraços

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário