Procure no JP

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

PAEC e União São João empatam pela Série A2 na Rua Javari

Olá,

No último final de semana, rolou a sexta rodada da primeira fase do Campeonato Paulista da Série A2 e, como essa competição faz parte do cardápio do JOGOS PERDIDOS, no domingo pela manhã, segui até o lendário Estádio Conde Rodolfo Crespi, mas conhecido como Rua Javari, para conferir a partida Pão de Açúcar E.C. x União São João E.C. da cidade de Araras.

Esse jogo tinha tudo para agradar o público presente, pois reunia duas equipes que estavam no G8 da competição, com destaque especial ao time de Araras, que ostentava a primeira colocação. Por outro lado, o PAEC também vinha bem cotado, em razão da sua boa campanha, que o colocava na quinta posição na tabela de classificação.

Como aos domingos pela manhã o trânsito na Capital é bem tranquilo, cheguei rapidinho ao meu destino, indo direto para a lateral do gramado. Lá fiquei aguardando a entrada das equipes e dos árbitros, que posaram de forma exclusiva para as lentes do JP. As fotos estão apresentadas abaixo:


Pão de Açúcar E.C. - São Paulo/SP. Foto: Orlando Lacanna.


União São João E.C. - Araras/SP. Foto: Orlando Lacanna.


Quarteto de arbitragem ao lado dos capitães das equipes. Foto: Orlando Lacanna.

A expectativa de que seria um bom jogo, foi confirmada logo nos primeiros minutos, com as duas equipes se movimentando com muita rapidez e busanco o gol de abertura logo de cara e, quem levou perigo primeiro à meta adversária, foi o PAEC, aos 6 minutos, numa boa penetração de Neto pelo meio que acabou numa conclusão perigosa, assutando o goleirão Emerson que saltou com estilo, mas só viu a bola passar muito perto do poste esquerdo da sua meta.


Conclusão perigosa de Neto que assustou o goleiro Emerson do União. Foto: Orlando Lacanna.

Não demorou muito e, aos 13 minutos, o União chegou com perigo pelo lado esquerdo, num lance que culminou com um arremate cruzado, sendo espetacularmente defendido pelo goleiro Cairo do PAEC. O jogo transcorria num ritmo muito bom, com os dois times se revezando em jogadas ofensivas, as quais, no geral, levavam perigo aos dois goleiros.

Nessa toada, aos 27 minutos, o avante Sérgio Lobo do PAEC carimbou o travessão da meta do União, num tirambaço desferido de fora da área. Um minuto depois, o União respondeu com um ataque perigoso com as participações de Fábio Santos e Batata, que quase marcaram o primeiro gol do jogo, em dois momentos seguidos na mesma jogada, só não o fazendo, graças as intervenções do goleiro Cairo e do zagueiro Valdo.


Mais uma jogada ofensiva do PAEC na primeira etapa. Foto: Orlando Lacanna.


Agora um lance perigo do ataque do União, com a bola passeando próxima ao gol. Foto: Orlando Lacanna.

Nos últimos quinze minutos, os dois times não tiraram o pé do acelerador e, por conta disso, a partida continuava excelente, fazendo com que ninguém percebesse o tempo passar, mas, mesmo assim, o placar não foi inaugurado, ficando para a segunda etapa a expectativa de novas emoções, se possível, acompanhadas de vários gols. O comentário geral era que apesar do 0 a 0, a primeira etapa tinha sido ótima.

Durante o intervalo, devolvi o meu colete de credenciamento ao fiscal da FPF e fui acompanhar a segunda etapa das arquibancadas, ao lado do Milton Haddad e do Sr. Natal que estavam muito satisfeitos com o bom andamento da partida. Colocamos o papo em dia e falamos muito sobre o nível técnico dos campeonatos que estão rolando.

O segundo tempo começou do mesmo jeitão do primeiro, ou seja, com muita velocidade e criação de vários lances de ataque das duas equipes. Nessa etapa, pelo menos na maior parte do tempo, o União São João apresentou um maior predomínio, que poderia ser medido com a maior quantidade de oportunidades criadas pelo time alviverde. A primeira grande oportunidade surgiu aos 13 minutos, nos pés de Junai que acabou mandando um foguete por cima do travessão. Dois minutos após, outra jogada de ataque do time ararense pelo lado esquerdo, cujo cruzamento o goleiro Cairo deu uma vacilada e, na sobra, Naldo acabou desperdiçando a chance com a meta escancarada.


Goleiro Cairo do PAEC desviando cruzamento que sobrou para Naldo perder gol certo. Foto: Orlando Lacanna.

O time de Araras se mostrava mais incisivo no campo de ataque e, na marca dos 24 minutos, quase chegou lá, agora numa ótima chance desperdiçada nos pés de Robinson que chutou por cima do travessão. De tanto insistir, finalmente, aos 32 minutos, o União São João chegou ao seu gol, anotado por Robinson, ao aproveitar rebote do goleiro do PAEC, após excelente jogada individual de Junai.


Jogadores do União comemorando o gol de abertura com a bola voltando do fundo da meta. Foto: Orlando Lacanna.

Em desvantagem no marcador, o time da casa tinha pouco mais de dez minutos para tentar chegar ao empate e, por conta disso, saiu com tudo pra cima da defesa dos visitantes, tendo criado uma ótima chance, aos 37 minutos, numa jogada pela esquerda executada por Denis, acabando num arremate cruzado que levou enorme perigo à meta ararense.


Chance de ouro perdida por Denis do PAEC quase no fim da partida. Foto: Orlando Lacanna.

A partida continuava muito boa, sendo que nos últimos minutos, o PAEC foi mais agressivo no ataque, chegando com perigo mais uma vez, já nos acréscimos, por intermédio de Luiz Fernando, mas não foi dessa vez que o gol de empate foi alcançado. Alguns segundos depois, o mesmo Luiz Fernando realizou outra excelente jogada pela esquerda, cujo cruzamento encontrou o artilheiro Sérgio Lobo, que de carrinho, empatou a partida.


Gol de empate do PAEC no último lance da partida. Foto: Orlando Lacanna.

Logo depois do empate, a partida foi encerrada com o placar indicando Pão de Açucar 1 - 1 União São João, que colocou o time do interior na segunda posição com 14 pontos e deixando uma ótima impressão quanto a ser um dos favoritos, não só para se classificar para a segunda fase, como também para conseguir o acesso. Com relação ao PAEC, a igualdade no placar o deixou na quinta colocação com 11 pontos, deixando também uma ótima impressão quanto a seguir na competição com sucesso.

Fim de jogo e um belo almoço de domingo numa cantina italiana localizada do Mooca, para em seguida, curtir um sofá, acompanhando pela telinha os vários jogos do Paulistão. Foi isso.

Abraços,

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário