Procure no JP

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

JP no Sul-Americano Feminino sub-17: Brasil fecha a primeira fase com a melhor campanha!

Fala povo!

Fechando a primeira fase do campeonato Sul-Americano Feminino sub-17 tivemos mais uma partida no Estádio Conde Rodolfo Crespi no último sábado. O jogo foi válido pelo Grupo A, praticamente num quase-amistoso, pois as definições das vagas para as semifinais e os cruzamentos para as duas partidas do dia 9 de fevereiro aconteceram na primeira partida do dia. As seleções de Brasil e Peru entraram em campo para finalizar os jogos do torneio na Rua Javari.

E para fechar com 100% as fotos dos times posados nessa primeira fase aqui no JP, seguem agora as brasileiras e peruanas:


Seleção Feminina do Peru (sub-17). Foto: Fernando Martinez.


Seleção Feminina do Brasil (sub-17). Foto: Fernando Martinez.

A única perspectiva peruana na partida era tentar não levar uma sonora goleada das brasileiras, já que o 15x0 das meninas tupiniquins contra o Equador ainda ecoava nos cantos da Javari. Para o Brasil, que já era o primeiro colocado do grupo, a chance de colocar suas reservas em campo para que elas pudessem mostrar serviço. Mais uma vez acompanhei a partida lá das sociais, pois não estava no pique de ficar torrando dentro do gramado.


Ataque brasileiro sendo iniciado pelo lado esquerdo. Foto: Fernando Martinez.

Mas dessa vez não tivemos uma grande apresentação das brasileiras. Talvez sem o entrosamento necessário ou com excesso de confiança, o time jogou de uma forma bem morna contra o fraco time do Peru. A equipe também perdeu gols demais em chances claríssimas cara-a-cara com a goleira peruana. Mesmo assim, o primeiro tempo terminou com a vantagem de 3x0 para o Brasil.


Chance absurda perdida pelo time brasileiro. Foto: Fernando Martinez.


Goleira peruana afastando a bola de perto da sua meta. Foto: Fernando Martinez.

O primeiro gol veio aos 9 minutos em belo chute cruzado de Beatriz pela esquerda. O segundo, aos 24 minutos, foi em cobrança de pênalti de Andressa. E o terceiro foi o mais bonito, com a atacante Paula acertando um belo chute de voleio aos 30 minutos. O Peru não passou da linha do meio-campo, deixando a goleira Letícia somente assistindo a partida.


A bola estufando as redes no primeiro gol brasileiro da partida. Foto: Fernando Martinez.


Segundo gol brasileiro, em cobrança de pênalti de Andressa. Foto: Fernando Martinez.

Antes mesmo do intervalo começar a chuva voltou a cair na Javari. E ela veio muito forte, espantando muitos bolivianos que ainda estavam nas dependências do templo grená e alguns figurões que viam o jogo das tribunas. Para o segundo tempo o Brasil continuou dominando, mesmo debaixo de uma chuva absurda.


Já com o dilúvio na Javari, as peruanas tentaram se lançar ao ataque no segundo tempo. Foto: Fernando Martinez.

Aos 8 minutos a boa atacante Jullia marcou o quarto da equipe brasileira, depois de enorme confusão dentro da área peruana. E o quinto veio aos 11 minutos, no segundo gol da atacante Beatriz na partida. A facilidade era absurda, e muitos gols poderiam ter saído. Poderiam, pois a árbitra Maria Carvajal resolveu interromper o jogo aos 20 minutos desse tempo final graças à chuva que não parava de cair. Como a partida já não valia mais nada, prevaleceu o bom senso.


Visão geral do jogo entre Brasil e Peru, momentos antes da partida ser interrompida. Foto: Fernando Martinez.

Final de jogo: Peru 0-5 Brasil. Num jogo sem muita emoção, o Brasil mostra que tem o melhor futebol do torneio e que somente uma zebra ou um salto alto muito grande vai tirar o título da nossa seleção nessa competição. O time agora pega a Venezuela na segunda partida - a primeira é entre Paraguai e Chile - semifinal no Pacaembu nesse 9 de fevereiro. Os vencedores jogam a grande Final na próxima quinta-feira às seis da tarde.

Com o jogo finalizado, restou ficarmos aguardando o dilúvio passar para irmos embora. Na meia hora que fiquei ao lado do David das tribunas ele reclamou da Net, da chuva, da cidade, da vida, do jeito de ser, do futebol... ou seja, de tudo! Com certeza o Oscar de Melhor Animação não irá para nosso amigo cinéfilo nesse ano de 2010.

Reclamações à parte, a chuva finalmente passou depois de uma hora e, depois de mais uma vez jantar na boa pizzaria do lado no estádio, voltei para casa para dois dias de descanso... 11 jogos em 6 dias seguidos foi um recorde!

Até a próxima!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário