Procure no JP

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Empate entre Flamengo/SP e Guarani pela Série A-2

Fala povo!

Depois da goleada grená no sábado de carnaval pela manhã, uma sessão vespertina de futebol estava agendada na programação do JP. E era um confronto que seria loucura imaginar que poderia acontecer se estivéssemos no ano 2000 por exemplo. O Estádio Antônio Soares de Oliveira, em Guarulhos, foi palco dessa peleja, reunindo os times do Flamengo de Guarulhos e do Guarani de Campinas, em disputa do Campeonato Paulista da Série A2.

Saindo da Javari tinha tempo mais do que suficiente para a peleja da tarde, e resolvi ir para o bairro do Pari fazer uma boquinha numa ótima esfiharia da região e depois visitar meus avós, que ainda moram ao lado do meu antigo QG. Muita conversa familiar depois fui para a Marginal do Tietê pegar o ônibus com destino a Guarulhos. Cheguei super cedo por lá, com tempo mais do que suficiente para montar todo o esquema fotográfico da partida. E mesmo sendo jogo do Bugre campineiro, as fotos são exclusivas do JP.


AA Flamengo - Guarulhos/SP. Foto: Fernando Martinez.


Guarani FC - Campinas/SP. Foto: Fernando Martinez.


O árbitro Cássio Luiz Zancopé, os auxiliares Ivan Luiz Assumpção e Mauro André de Freitas, a quarta árbitra Regildênia de Holanda Moura e os capitães de Flamengo e Guarani posando para as lentes do JP. Foto: Fernando Martinez.

Graças à péssima campanha na elite paulista em 2009, o Guarani tem que enfrentar os tortuosos caminhos da Série A2, curiosamente no mesmo ano em que voltará à elite do Campeonato Brasileiro, só jogando contra os grandes clubes do país. Imaginar que o time vai jogar no Maracanã e Mineirão no segundo semestre, enquanto hoje precisa jogar em Guarulhos é algo altamante bizarro. Graças a isso, nada mais justo do que a nossa presença por lá. Ah, o David também estava comigo na peleja.


Atacante do Flamengo tentando roubar a bola da zaga bugrina. Foto: Fernando Martinez.

Mas o Bugre ainda não se achou no camponato, e vem rateando em jogos importantes dentro e fora de casa. Na rodada anterior tomou uma bucha de 4x2 para o São Bernardo FC e precisava demais da reabilitação. Ao Flamengo também a coisa não está nada boa, já que a equipe vem enfrentando a ameaça do rebaixamento desde o começo do torneio. Uma vitória era essencial para os dois clubes.


Saída para o ataque do onze guarulhense. Foto: Fernando Martinez.

Com um belo público presente no Antônio Soares de Oliveira, a partida começou com o Bugre tentando impor um melhor ritmo, mas sem conseguir encurralar o Flamengo para o campo de defesa. Mesmo com uma bola na trave sofrida aos 12 minutos, o time da casa passou então a dominar o jogo e aos 15 veio o primeiro gol da peleja. Foi um golaço armado em toques rápidos de todo o ataque rubro-negro. Depois de toque de Luis Carlos, Rodrigo Lopes apareceu sozinho dentro da área bugrina e fez a festa da torcida local.


Comemoração do Flamengo pelo primeiro gol do jogo. Foto: Fernando Martinez.


Zaga do Guarani tirando a bola de dentro da sua área. Foto: Fernando Martinez.

O gol assustou o Bugre, que não conseguia armar mais nada no campo ofensivo e ainda tomava um sufoco na sua defesa. Se o Flamengo tivesse mais calma, poderia pelo menos ter feito o segundo e deixado a situação do Guarani bem difícil. Mas quem não faz, toma... e depois de perder boas chances, o Flamengo deu bobeira na defesa e sofreu o empate aos 47 da primeira etapa. A bola foi cruzada na área, e o zagueiro Neto subiu mais alto, aproveitando falha do goleiro e da defesa, para deixar tudo igual.


Ataque do Fla no segundo tempo de partida. Foto: Fernando Martinez.


Escanteio para os donos da casa. Foto: Fernando Martinez.

No intervalo fomos tomar aqueles 4 litros de água e refrigerante já comuns em nossas jornadas pelo verão. Para o segundo tempo acredito que os dois times sentiram demais o calor e a partida caiu bastante de ritmo. No frigir dos ovos, o Guarani acabou criando até mais chances, mas o dia não era mesmo para vencedor em Guarulhos.


Goleiro do Guarani olhando a bola passar longe do seu gol. Foto: Fernando Martinez.

Final de jogo: Flamengo 1-1 Guarani. resultado ruim para as duas equipes, que continuam em posições pouco satisfatórias dentro da primeira fase da Série A2. Acredito que o Guarani possa subir sim, mas precisa melhorar bastante caso queira disputar o acesso contra União São João, PAEC e Linense, alguns dos melhores times até aqui. Para o Flamengo, esse campeonato terá sido satisfatório caso a equipe não seja rebaixada. Torcemos para que o onze guarulhense consiga se recuperar o quanto antes.

Saímos logo do estádio e demos uma sorte tremenda de pegar o ônibus sem esperar 20 segundos no ponto. Algum tempo depois estávamos no Metrô Tietê já prontos para o descanso-monstro que o Carnaval nos proporciona. Desfiles, bailes, samba? Sem chance... o Carnaval foi recheado de muito cinema, All-Star Game na NBA e muita Olimpíada de Inverno... quer mais?

Até a próxima!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário