Procure no JP

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Grande vitória do Juventus em cima do Batatais pela Série A3

Opa,

Sabadão de carnaval é sinômimo de farra, certo? Errado! Aqui no JOGOS PERDIDOS significa mais uma rodada dupla válida pelos campeonatos de acesso do estado. E o primeiro jogo do sábado de folia foi uma partida válida pelo Campeonato Paulista da Série A3 muito aguardada por muitos: Juventus x Batatais jogando oficialmente pela primeira vez em todos os tempos. O local não tinha como ser outro senão o Estádio Conde Rodolfo Crespi, a Rua Javari.

Graças a um probleminha na porta do estádio, não consegui entrar a tempo de fazer as fotos da partida, mas com fé teremos tudo resolvido já no próximo jogo (que será meu 200º jogo do Juventus na história). Mas falando desse jogo, a peleja prometia bastante, já que um dos líderes da competição, o genial Fantasma da Mogiana, estava em campo. Mas o Moleque Travesso estava embalado pela vitória suada contra o XV de Piracicaba e queria confirmar a boa fase.

Além do que vos escreve, o David também deu as caras por lá, assim como o Quarteto Fantástico da Javari (Alfredo, Jurandyr, Luís e o "Blaze Bailey" da Móoca Sérgio Manjuillo). O amigo dos velhos tempos de escola, Maurício "Nassau" também estava vendo essa partida com um olho do gramado e outro no seu potente celular com TV, tudo para não perder nenhum lance da peleja. E todos puderam acompanhar um grande primeiro tempo do time da casa.

O Juventus começou a partida de uma forma bem diferente do que foi contra o XV, encurralando o Batatais no seu campo de defesa e criando grandes chances. O maior delas foi quando o goleiro Anderson Henao fez milagre em cabeçada de Egon aos 24 minutos. O Batatais chegou apenas em duas oportunidades, mas sem assustar a torcida presente.


Jogada na lateral do campo com a torcida do Batatais se fazendo presente na Javari. Foto: Fernando Martinez.


Lance no ataque da equipe visitante. Foto: Fernando Martinez.

Mas o jogo seguia com o 0x0 estampado no marcador, até que aos 47 minutos o Juventus teve uma falta perigosa no canto da área. E para a festa da torcida, o jogador Fernandinho bateu perfeitamente colocando a bola no ângulo direito do goleiro do Batatais, levando o jogo para o intervalo com 1x0 no marcador. Era tudo que o Moleque Travesso precisava para fazer um jogo mais tranquilo no segundo tempo. Para variar um pouco, o intervalo foi recheado daquelas conversas surreais que só acontecem na Javari mesmo...


Cobrança de falta que originou o primeiro gol juventino na partida. Foto: Fernando Martinez.

E o Juventus voltou para o segundo tempo ainda melhor em campo, sem que o Batatais mostrasse o futebol que deixou o time empatado na primeira colocação do torneio antes dessa rodada. Aos 15 minutos os grenás marcaram o segundo depois de grande jogada de Fernandinho pela esquerda. Ele entrou na área e tocou para Fabinho, que só teve o trabalho de empurrar para as redes. Sem dar tempo ao Fantasma, aos 19 aconteceu o terceiro, em golaço do volante Nem.


Segundo gol grená na partida, aos 15 minutos do segundo tempo. Foto: Fernando Martinez.

Resolvemos então acompanhar o ataque grená atrás do gol "da direita" do estádio. Logo quando chegamos, percebemos um burburinho que era motivado pela presença da namorada (ou esposa) do goleiro do Batatais, Anderson. A bonita moça resolveu acompanhar o trabalho do seu amado por ali mesmo, sem se importar com a presença maciça da torcida juventina. Mas algum figura descobriu o nome dela - Karina - e logo todos por lá já começaram a entoar cânticos "homenageando" a menina.


O goleiro do Batatais Anderson, e a sua namorada Karina, em foto tirada durante algum dos cantos de "homenagem" da torcida juventina. Fotos: Fernando Martinez.

Foram momentos que lembraram bastante os meus tempos áureos de Javari, nos idos de 1996/1997 até 2001/2002. E mesmo com o pessoal infernizando, a heróica Karina não arredou o pé, agüentando firme todas as brincadeiras e a pressão da torcida. E para piorar ainda mais a sua situação, o Juventus não tinha piedade do seu companheiro, e chegava sempre com perigo. Nem mesmo com o Batatais fazendo seu gol de honra aos 29 minutos, através do jogador Flávio, os grenás diminuiram o ritmo.


Ataque perigoso do Juventus pela esquerda. Foto: Fernando Martinez.

O Moleque Travesso então chegou ao quarto gol aos 33 minutos com o bom jogador Fernandinho chutando forte em ataque pela direita. Aos 41 mais um gol grená através do jogador Michel, em mais uma boa jogada individual da equipe paulistana. Fazia tempo que não víamos um jogo tão bom da equipe juventina... ah, e a brava Karina ficou lá até o apito final da arbitragem, mesmo com o goleiro Anderson tomando cinco gols.


Detalhe do chute do quarto gol grená, marcado por Fernandinho. Foto: Fernando Martinez.

Final de partida: Juventus 5-1 Batatais. Belíssima e maiúscula vitória grená na Javari, que deixa a gente com esperança que a equipe possa mesmo brigar pelo acesso à Série A2 em 2001. Já o Fantasma da Mogiana não msotrou o bom futebol que deixou o time na primeira colocação, mas torcemos também para que a equipe faça uma boa participação na A3 desse ano, já que é uma das favoritas do JP.

Mas ainda faltava a segunda partida do dia... um jogo que nem cogitaríamos a hipótese de acontecer no profissionalismo tempos atrás...

Até lá!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário