Procure no JP

terça-feira, 30 de maio de 2006

Paulista Segunda Divisão: Sumaré 2-4 Força

Olá,

Depois de ter assistido no sábado a um bom jogo da segundona, repeti a dose no domingo cedo e fui conferir a mais uma partida do Campeonato Paulista da Segunda Divisão, sendo que dessa vez, estive na cidade de Sumaré, no Centro Esportivo Vereador José Pereira e acompanhei ao bom jogo Sumaré 2 - 4 Força, válido pela sétima rodada da primeira fase da competição. Como de hábito, começo apresentando as equipes e o trio de arbitragem nas fotos abaixo:


Sumaré AC - Sumaré/SP. Foto: Orlando Lacanna.


Força EC - São Paulo/SP (mas que manda seus jogos em Caieiras). Foto: Orlando Lacanna.


Trio de arbitragem com o árbitro Robinson Góes e os auxiliares Alberto Masseira e Luiz Antônio Corrêa, junto com os capitães do Sumaré e do Força. Foto: Orlando Lacanna.

Antes do início da partida, procurei obter alguma informação sobre o Sumaré Atlético Clube e consegui apurar que esse clube seria ajudado financeiramente, inclusive com o pagamento da taxa de filiação junto à FPF, pelo empresário Sr. Gilberto Pitarelli, fundador da Sociedade Esportiva Votuporanga que ainda mantém 20% de participação na equipe, agora com sede em Hortolândia. A partir de 2.007, o nome oficial da SEV passaria a ser Social Esportiva Hortolândia, e haveria a saída definitiva do Sr. Gilberto, que assumiria de fato e de direito o comando do Sumaré.


Defesa do goleiro do Sumaré. Foto: Orlando Lacanna.

O jogo começou bem animado, com as duas equipes imprimindo um ritmo muito veloz às jogadas, tornando a partida bem interessante, apesar da pouca técnica. O Força demonstrava ter alguma consciência tática e procurava colocar mais a bola no chão, porém aos 39 minutos, sofreu o primeiro gol marcado por Cosme aproveitando cruzamento rasteiro vindo da direita. Apesar do Força ter jogado melhor nessa etapa, foi o Sumaré que terminou a primeira etapa com a vantagem de um gol.


Falta para o Força, no jogo contra o Sumaré. Foto: Orlando Lacanna.

O time do Força voltou para o segundo tempo muito mais decido e rapidamente virou o placar, com gols de João Paulo e Tiaguinho aos 5 e 13 minutos respectivamente. Quando era esperado que o time visitante fosse assumir o controle total da partida, eis que o Sumaré consegue a igualdade aos 25 minutos com um gol marcado por intermédio de Danilo.

Apesar do gol, o time local não conseguiu sustentar por muito tempo a igualdade no marcador, pois aos 30 minutos, o zagueiro Cláudio voltou a colocar o Força em vantagem, aproveitando rebote do goleiro local. A partir daí, o time da Força Sindical tomou conta do jogo e liquidou a fatura com a marcação do seu quarto gol através de Robson aos 44 minutos, sacramentando uma vitória que foi justa pelo futebol apresentado.


Mais uma defesa do goleirão do time da casa, contra o bom ataque do time laranja. Foto: Orlando Lacanna.

Fim de jogo que concluiu o primeiro turno da primeira fase e que acabou mostrando que o Força poderá pensar em classificação à próxima fase, porém terá que lutar muito para obtê-la, pois o seu grupo é bem equilibrado com as presenças de Campinas, Capivariano e Lençoense, equipes que também estão na briga. Quanto ao Sumaré, continuará sua luta, mas a classificação é um sonho distante.

Valeu muito ter ido a Sumaré, pois além de ter assistido a um jogo agradável, pude conhecer mais um time novo que disputa a segundona.

Abraços,

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário