Procure no JP

segunda-feira, 8 de maio de 2006

Paulista Segunda Divisão: Força 1-1 Campinas

Opa,

Seguindo com os posts do último final-de-semana, no sábado pela manhã tinha decidido ficar em casa, de boa, e acordar bem tarde por causa do frio. Mas depois da proposta do seu Natal, de ir curtir o jogo entre Força e Campinas, no Estádio Carlos Ferracini, pela Segunda Divisão do Campeonato Paulista, acabei me convencendo e caí da cama para seguir até lá.

Junto com a gente, o Emerson e o Jurandyr também foram convocados para a rodada matinal de futebol no sabadão. Devido a alguns probleminhas na estrada, não conseguimos chegar a tempo de tirar as fotos dos times posados. Paciência né?

O pior foi ter chegado aos 3 minutos do primeiro tempo, e achar que o jogo ainda estava 0 a 0, e só descobrir que o Força tinha aberto o placar aos 2 minutos no intervalo. Ossos do ofício...


Ataque do Força no primeiro tempo da partida contra o Campinas. Foto: Fernando Martinez.

O que vimos foi uma primeira etapa equilibradíssima, com chances para os dois lados e sem o domínio territorial muito evidente para nenhum dos dois lados. O Campinas buscava o empate, mas de forma controlada e ordenada. O Força buscou o segundo gol, mas sem forçar tanto assim. No intervalo, vimos que o jogo estava um a zero para os donos da casa.


Detalhe de disputa de bola entre jogadores do Força e do Campinas no segundo tempo da partida. Foto: Fernando Martinez.

O segundo tempo começou melhor ainda, com o gol de empate do Campinas logo de cara, numa jogada que até agora não entendi direito. Depois de uma cobrança de lateral, a bola veio queimando dentro da área, a defesa bobeou e o jogador Danilo marcou o gol campineiro.

Depois do gol, o Campinas criou mais chances para chegar ao segundo gol. O time do Força perdia muitas bolas no meio de campo e deixava o time azul e amarelo dominar a partida.


Mais uma boa disputa de bola no meio-campo. Foto: Fernando Martinez.


Ataque desperdiçado pelo Força no segundo tempo. Foto: Fernando Martinez.

Mesmo assim, o time campineiro não aproveitou esse leve domínio e a partida terminou com a igualdade mesmo. Final de jogo: Força 1-1 Campinas. O Força segue a sua sina de não ganhar em casa: três jogos, um empate e duas derrotas. Já o Campinas mostrou um bom futebol. Ah, e vale registrar que o técnico do Campinas é o ex-lateral-direito Édson Abobrão, grande ídolo dos meus tempos de criança.

Ah, e vale falar também da educação de três figuras que ficaram soltando fogos de artifício por todo o segundo tempo. Em sã consciência, não dá para entender que eles possam achar que aquilo motiva os jogadores. E ainda uma nota 0 para um deles, que acendeu um rojão de forma bisonha e esse rojão veio estourar do meu lado na hora da saída. Por centímetros eu não estaria em maus lençóis.

Depois nos preparamos para a rodada da tarde do futebol do sábado. O que aparecerá no próximo post.

Abraços

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário