Procure no JP

quinta-feira, 1 de março de 2007

Sozinho, num jogo nada perdido pela Libertadores

Fala povo!

Ontem, depois do jogo do Nacional fui me preparar psicologicamente para um jogo, que não é nada perdido, mas que merecia a minha atenção. Sem a companhia de nenhum dos amigos do JOGOS PERDIDOS, me dirigi sozinho até o Estádio do Morumbi, que fica do outro lado da cidade (em relação à minha casa, obviamente), para ver uma partida da Copa Libertadores, entre São Paulo e Alianza Lima, do Peru.

Mas qual o intuito de eu ver um jogo do São Paulo, sozinho, sem carona e sem ter como voltar? Simples, a famos "Lista" atacou novamente. Perdi o time do Alianza por duas vezes (em 2002 e 2004) para matar times em jogos da Copa do Brasil (em tempo, em 2002 o jogo que fui ver no dia foi Portuguesa x Palmas, e em 2004 Palmeiras x São Gabriel/RS). Então, nada mais lógico que na terceira vez que o time veio para o Brasil nesse milênio eu estivesse lá e não perdesse tal chance.

Como em todos os jogos do Morumbi, chegar lá é um inferno sem precedentes: ônibus demoram, tudo fica longe e somos alvo de inúmeros cambistas no caminho da Francisco Morato até o estádio. Mas tudo bem, já que a Lista é mais importante do que tudo isso. Chegando lá, entrei de forma tranquila e disposto nas cadeiras amarelas do Morumbi, percebi que o público seria diminuto. Ufa... menos sofrimento à vista, já que nesse jogo não temos aquela chance de entrar no campo...


Chance absurda perdida pelo time do São Paulo no primeiro tempo. Foto: Fernando Martinez.

Chegada a hora de começar a partida, liguei meu radinho de pilha (numa nova versão, em mp3 mesmo) e passei a ouir a narração do jogo. Mas no momento em que o pessoal da rádio achou que é o Vila Nova/GO que ganhou da Ponte Preta pela Copa do Brasil, e que o Santos hoje joga contra o Defensor da Argentina ou o Deportivo do Uruguai, passei a curtir mesmo as músicas guardadas no aparelho.


Falta cobrada pelo Rogério Ceni no primeiro tempo e surpresa... ele errou! Foto: Fernando Martinez.

Posso dizer que vi um bom jogo de futebol, aonde o São Paulo não teve nenhuma dificuldade em coneguir o placar, mostrando toda sua força na competição. Nesse primeiro tempo o time só marcou um gol, legal, mas que foi contestado por todo o time e o banco do Alianza. Mas sem mais chances - e perdendo um gol feito - o jogo foi para o intervalo com a vantagem mínima para o tricolor.

O intervalo foi bom para eu poder acompanhar algumas pérolas no placar eletrônico do Morumbi:


Na primeira foto, descobri que o jogo do América foi num estádio novo, o "Bento Teixeira"... alguém sabe aonde fica? E na segunda, um horário de 22 horas e 96 minutos... será que o metrô passa nessa hora? Fotos: Fernando Martinez.

O segundo tempo então veio e com ele o São Paulo jogou melhor ainda, não dando espaços ao Alianza. Fica claro que o time deve se classificar com sobras para a Segunda Fase, so tendo que tomar cuidado com o Necaxa, e com o jogo de volta do Alianza... de resto, primeiro lugar à vista.


Vista geral do jogo, com o placar parcial ao fundo. Foto: Fernando Martinez.

E o time acabou fazendo mais três gols no segundo tempo, todos bem construídos e o último em especial sendo um golaço do lateral Júnior. A torcida - menos de 20 mil pessoas - ficou empolgada com a apresentação de um dos favoritos da Libertadores 2007.


Vista do meio-de-campo embolado no jogo São Paulo x Alianza Lima. Foto: Fernando Martinez.

Final de jogo: São Paulo 4-0 Alianza Lima. Boa vitória do time do Morumbi em seu campo... bom, e depois do jogo a verdadeira tarefa de 'reality show' foi conseguir chegar em casa. Sem ônibus e sem metrô na madrugada paulista, fui obrigado a recorrer de favores com meu irmão para chegar em casa, isso quase duas da matina. Mas valeu, foi meu 407º time na Lista.

E hoje tem mais time novo, e raro...

Até

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário