Procure no JP

terça-feira, 27 de março de 2007

Empate entre SEV e São Carlos com gosto bastante amargo para o time local

Saudações!

Domingo pela manhã, a grande opção tem sido o Campeonato Paulista da Série A3 e, dessa vez, eu e o Estevan nos dirigimos a Hortolândia para assistir ao jogo do SEV contra o São Carlos. Devidamente autorizado o Estevan adentrou o gramado e fez as fotos oficiais da partida:


Social Esportiva Vitória (SEV) - Hortolândia / SP. Foto: Estevan Mazzuia.


São Carlos F.L. - São Carlos / SP. Foto: Estevan Mazzuia.


O árbitro Roberval José de Oliveira, os assistentes Felippe Cirillo Penteado e Válter Ferreira Mariano e a quarta árbitra Édilar Maria Ferreira. Foto: Estevan Mazzuia.

A partida começou muito truncada mas, aos poucos, os visitantes foram se soltando e nos primeiros trinta minutos criaram duas chances para marcar. O SEV sentiu a situação ruim e, fazendo valer o mando, colocou as coisas em seu devido lugar aos 32 minutos. Após bate-rebate na área, a bola sobrou para o capitão Roni, que só teve o trabalho de empurrar a bola para as redes. A vantagem mínima do Lobo Caipira foi levada para o intervalo.


Disputa de bola no primeiro tempo de jogo. Foto: Estevan Mazzuia.


Detalhe do primeiro gol do SEV. Foto: Estevan Mazzuia.

Aproveitamos os 15 minutos de trégua de um sol pra cada um, sob um céu sem uma única nesga de nuvem, e fomos repor nossos líquidos no aconchegante Bar do Cunhado, que fica fora do estádio, diga-se de passagem, mas ainda é a única opção por lá. O agradável estádio "Tico" Breda carece de estrutura também na ausência de sanitários. Encontramos apenas 2, do tipo químico.


O simpático "Bar do Cunhado" e eu, ainda quando estava acomodado nas cabines de imprensa. Fotos: Estevan Mazzuia.

O segundo tempo começou com o SEV partindo com tudo para definir o jogo, ao mesmo tempo em que o São Carlos ia ao ataque para melhorar a sua sorte, mas esbarrava sempre na falta de qualidade de seus atacantes.


Escanteio para o São Carlos no segundo tempo. Foto: Estevan Mazzuia.

O SEV, por sua vez, perdeu duas ou três chances de matar a partida, mas não teve competência para tanto. E quem não faz...


Ataque do SEV no segundo tempo da partida. Foto: Estevan Mazzuia.

Nos acréscimos, veio o golpe de misericórdia com o time da casa: o empate sãocarlense, através de um chute certeiro, que acabou dando números finais à partida: SEV 1x1 São Carlos. Ruim para ambas as equipes, que precisavam vencer a todo custo. O SEV permanece pertinho da zona de rebaixamento, e o São crlos se afasta das vagas do G8. Mas diante das circunstâncias, menos pior para o São Carlos, que somou um pontinho quando a derrota já era mais do que certa.

O rodada do domingo continuou através da Rodovia do Açúcar, serras paulistas e vicinais fantásticas, mas isso é assunto do meu próximo post. Aguardem!

Abraços!

David

Nenhum comentário:

Postar um comentário