Procure no JP

segunda-feira, 26 de março de 2007

Juventus respira no Paulistão

Saudações!

Meu fim de semana futebolístico começou com uma partida válida pelo Campeonato Paulista da Série A1, entre Juventus e Ituano, ocorrida no Estádio Conde Rodolfo Crespi, na mítica Rua Javari. Lá, eu encontrei o Emerson, o Estevan, o seu Natal, o Jurandyr, e o Mílton e várias outras pessoas, algo impossível de enumerar e nomear, em se tratando de figurinhas da Javari.

O jogo começou com o Juventus partindo para cima do Ituano, fazendo valer o seu mando de campo. Acuado, o visitante pouco podia fazer diante do ataque juventino mas, à medida que o tempo passava e o gol não saía, o time interiorano ia se acertando e adquirindo um padrão de jogo.


Jogadores se estudam na partida entre Juventus e Ituano. Foto: Emerson Ortunho.

Melhorando na partida, a equipe de Itu até arriscou dois contra-ataques, que quase resultaram em vantagem ao final do primeiro tempo, porém a etapa inicial terminou mesmo com o placar inalterado.


Jogador do Ituano domina a bola na lateral e tenta sair para o jogo... Foto: Estevan Mazzuia.


...mas logo é cercado pelos jogadores juventinos. Foto: Emerson Ortunho.

No intervalo, após consumirmos as tradicionais guloseimas juventinas, como os canolles, visitamos o busto do Pelé e assistimos ao sorteio da camisa da Ju-Jovem, patrocinado pelo lendário Sérgio "ôrra, meu" Manjuillo, e pelo nosso amigo JR (ex-Jandir).

O segundo tempo começou com o Moleque mostrando quem era o dono do pedaço, marcando o seu primeiro gol logo no início. Após jogada pela direita, Elder desferiu um chute cruzado sem chances para o arqueiro do Galo.


Jogadores disputam a bola, detalhe para o arco-íris cortando a foto. Foto: Emerson Ortunho.

Assim, o Juventus passou a administrar a partida e, pouco a pouco o Ituano foi perdendo a força, até entregar os pontos de vez. Desse modo, através de uma jogada pela esquerda, a equipe da capital marcou o seu segundo gol através de Rafael Silva. Nesse momento a torcida foi ao delírio e passou a gritar "olé" a cada toque de bola da equipe.


Equipe do Ituano tenta diminuir o marcador da partida. Foto: Estevan Mazzuia.

Final de jogo: Juventus 2-0 Ituano. Alívio temporário à equipe mooquense em sua luta contra o rebaixamento para a série A2, e uma feliz estréia de Márcio Bittencourt no comando do escrete grená. O Ituano continua em posição ainda tranqüila, mas não pode bobear.

Até a próxima!

David

Nenhum comentário:

Postar um comentário