Procure no JP

terça-feira, 27 de março de 2007

"JP Tour" pelo Rio Grande do Sul (parte 7 de 10)

Fala pessoal!

Vamos agora com a sétima parte da turnê JP no Rio Grande do Sul em 2007. Depois da fantástica, surreal, genial viagem até a cidade de Rio Grande, a minha escala no domingo à tarde me guardava assistir um jogo de um dos times que mais gosto no estado. Segui de Rio Grande até a cidade de Pelotas, para mais um jogo da Chave 4 do Campeonato Gaúcho da 2ª divisão 2007. O jogo em questão aconteceu no Estádio General Nicolau Fico, casa do genial Grêmio Atlético Farroupilha. O jogo foi contra o não menos genial E.C. Pelotas, no clássico conhecido como "Far-Pel"


Escudinhos de Farroupilha e Pelotas, no clássico "Far-Pel". Fotos: Fernando Martinez.

O time do Farroupilha tem as cores do Rio Grande do Sul como suas cores, e o time foi campeão gaúcho no distante ano de 1935, ainda chamado Grêmio Atlético 9º Regimento de Infantaria. A final daquele ano, contra o Grêmio, teve ares de batalha épica, e as fichas técnicas dos três jogos finais estão pintadas em um muro no estádio. E o time passou a ser chamado Farroupilha em 1941. E em todo o estádio essa conquista é lembrada, e o time será "campeão por 100 anos", como está escrito em dizeres nas arquibancadas. O Pelotas também já foi campeão gaúcho, isso aconteceu no ano de 1930 e também em final contra o Grêmio.


Fachada do Estádio General Nicolau Fico, do GA Farroupilha. Um grande sonho realizado! Foto: Fernando Martinez.


Escudinho do Grêmio 9º Regimento de Infantaria, campeão gaúcho de 1935, e arquibancada atrás do gol dos fundos do estádio lembrando da conquista. Fotos: Fernando Martinez.

Cheguei no estádio e logo procurei entrar no campo para as fotos oficiais dos times. Adorei o lugar, e também pode-se respirar história naquele gramado. Com a entrada dos times em campo, todos procuraram as fotos, e eu as tirei, como pode-se ver abaixo:


GA Farroupilha - Pelotas/RS. Foto: Fernando Martinez.


EC Pelotas - Pelotas/RS. Foto: Fernando Martinez.


Quarteto de arbitragem com os capitães das equipes. Foto: Fernando Martinez.

Mesmo com a campanha diferente das equipes (Pelotas nas primeira colocações e Farroupilha na última), o jogo começou bastante equilibrado, com chances para os dois lados. O Pelotas teve sua primeira boa chance logo no primeiro minuto, e o Farroupilha chegou com perigo por três vezes depois desse lance.


Bola disputada no campo de ataque do Farroupilha no primeiro tempo de partida. Foto: Fernando Martinez.

Mas aos 21 minutos aconteceu um lance crucial para o jogo. O camisa 10 do GEF, Uendel, deu um safanão num jogador do Pelotas na lateral de campo. O árbitro não teve dúvidas, cartão vermelho e um a menos para os donos da casa. Isso prejudicou demais o andamento da partida para o time anfitrião.


Jogador do Pelotas na marcação do atleta Caetano, do Farroupilha. Foto: Fernando Martinez.

O Farroupilha, sentindo a falta de um jogador, passou a ficar mais no seu campo de defesa, e isso fez com que o Pelotas dominasse a partida de forma tímida a partir de então. E no final do primeiro tempo que as emoções voltaram ao jogo. Aos 43 minutos, Cleiton perdeu boa jogada para o Pelotas. Mas aos 44 minutos, a torcida áureo-cerúlea (boa essa hein?) teve motivos para comemorar: depois de cruzamento da direita, o jogdor Jorge cabeceou com estilo, no contra-pé do goleiro do Farroupilha e fez o primeiro para o time do Pelotas. O jogo foi para o intervalo dessa forma.


Falta cobrada na área do Pelotas, na tentativa do gol por parte do Farroupilha. Foto: Fernando Martinez.

No intervalo conversei com o pessoal da Rádio Pelotense, a mais antiga do RS. Pelo repórter Emerson, fiquei sabendo da luta da rádio e passei todas as informações sobre o JP. Um abraço a todo pessoal de lá! Na volta do segundo tempo, o Pelotas então praticamente matou o jogo. Aos 4 minutos, em grande bola enfiada na área, o jogador Flávio Dis recebeu e com muito oportunismo, só tirou do goleiro Emerson e marcou o segundo gol para o time do Pelotas.


Detalhe do segundo gol do time áureo-cerúleo, fazendo a festa da torcida do Lobo. Foto: Fernando Martinez.

A partir daí, o time do Pelotas perdeu uma sucessão de gols incríveis, levando sua torcida à loucura. Em chutes de fora da área, tentativas de encobrir o goleiro, bolas na trave, o time perdia gols feitos, e poderia ter marcado um placar muito mais elástico por lá.


Vista geral do jogo entre Farroupilha e Pelotas, no Nicolau Fico. Foto: Fernando Martinez.

A primeira chance do Farroupilha só veio aos 26 minutos, sem perigo. E mesmo com o time tentando atacar depois desse tempo, o contra-ataque ficava aberto, o que levou o Pelotas a perder mais chances ainda. Mas no final o resultado da partida não sofreu mais alterações.


Cruzamento dentro da área do Farroupilha, em grande chance do Pelotas no segundo tempo. Foto: Fernando Martinez.

Final de jogo: Farroupilha 0-2 Pelotas. Ótima vitória do Lobo, líder de seu grupo com 11 pontos. O Farroupilha continua na última posição, com um ponto ganho só. Essa vitória quebrou um tabu, já que o Lobo não ganhava do Farroupilha fora de casa desde 1996. Já o Farroupilha continua sem ganhar no "Far-Pel" desde o distante 1980...

Depois do jogo fui passear um pouco por Pelotas para conhecer o local e a fama de garotas lindas na cidade. Comprovei em parte, mas a cidade ganhou o selo JP de qualidade. Voltando depois para o QG JP em Porto Alegre, fui dormir com o sentimento de dever cumprido. Mas ainda não acabaram os posts com jogos diretamente do Rio Grande do Sul... nessa semana teremos mais times novos na Lista!!!

Abraços e até lá!

Fernando

Um comentário:

  1. Olá, joguei esse jogo pelo farroupilha,gostaria de saber se tens mais algumas fotos desse jogo

    ResponderExcluir