Procure no JP

terça-feira, 30 de agosto de 2005

Paulista 2ªdivisão: Jabaquara 3-1 Campinas

Oba!

A semana começou cedo! Ontem fui acompanhar o jogo Jabaquara x Campinas, no Estádio Espanha, em Santos. Esse jogo era para ter acontecido no domingo, mas o Jabuca pediu o adiamento, porque iria participar de um torneio no exterior. Por fim, o torneio foi adiado para o final de setembro e como não havia mais tempo hábil para a federação voltar o jogo para a data inicial, acabou ficando para a terça mesmo. Eu achei ótimo!

O jogo começou bem morno e como o Campinas precisava do resultado, foi tomando as iniciativas da partida. Tanto que conseguiu abrir o placar ainda no primeiro tempo.


Ataque do Campinas no primeiro tempo. Foto: Emerson Ortunho.

Na segunda etapa, o Jabaquara voltou com outro ânimo e foi pra cima, conseguindo empatar em uma belíssima cobrança de falta de Marcelinho. Continuando a pressão, foi a vez do artilheiro André dar show. Ele virou a partida com um gol de calcanhar e depois ampliou com uma meia-bicicleta. Esse garoto tem futuro...


Lance de ataque do Jabaquara no segundo tempo. Foto: Emerson Ortunho.

O Jabaquara entrou na partida sem chances de classificação, já o Campinas precisava de pelo menos um empate para continuar na briga. Como o placar da partida acabou ficando mesmo: Jabaquara 3 x 1 Campinas, a equipe campineira também ficou fora da próxima fase e ainda caiu para a última colocação do grupo. Lá em Santos existia um clima de vingança no ar, já que no ano passado, o Jabaquara foi eliminado pelo Campinas e não foi para a fase decisiva do campeonato, nesse ano então, conseguiu dar o troco. Confesso que eu gostei bastante! (he he!)

Abraços!

Emerson

segunda-feira, 29 de agosto de 2005

Domingos Extremos (parte 2)

Fala pessoal!


Detalhes das camisas dos times e seus respectivos escudos. Acredito que seja a primeira vez que o escudo do Jacutinga AC esteja na internet brasileira. Fotos: Emerson Ortunho.

Agora então vamos com o segundo post da gloriosa série Domingos Extremos. É, mais uma vez estivemos na cidade de Extrema, em Minas Gerais, acompanhando a Segundona do Campeonato Mineiro. Dessa vez o jogo foi entre a equipe do Extrema FC e o time do Jacutinga AC.

A 'equipe' que esteve presente na primeira parte do Domingos Extremos (Fernando, Mílton e David) teve a participação mais do que especial do Emerson e seu possante a gás. Graças à ele, gastamos a exorbitante quantia de R$ 3 por cabeça (!). É... 3 pilas para assistir um jogo em MG e voltar. Não podia ter sido melhor...


David, Emerson e Mílton mostram seus deliciosos lanchinhos para aguentar o tranco da viagem (notem a luz divina abençoando o grupo). Mílton, Fernando e David se deliciam na praça principal de Extrema. Fotos: Fernando Martinez e Emerson Ortunho.

A viagem foi tranquilíssima, e como sempre, conversamos sobre cultura polonesa, sociedades pós-modernistas da Tanzânia e tudo sobre a vida submarina de Steve Zissou. Como saímos cedo, chegamos em Extrema a tempo de visitar a cidade, e percorrer um pouquinho seus declives acentuados. Bela cidade, mais agradável impossível, e aproveitamos bastante na praça principal.

Chegando no estádio Sebastião Comanducci, já fomos recebidos super-bem pelas comissões técnicas das duas equipes. Detalhe para o pessoal da cidade de Jacutinga, que foram (mais uma vez) extremamente simpáticos e educados... um abraço especial a todos eles!. E ainda vamos lá alguma vez esse ano, quem sabe na Taça Minas?


Detalhes da entrada social do Extrema FC. Fotos: Fernando Martinez.

Devidamente autorizados pela arbitragem, tiramos as fotos exclusivas e geniais dos times posados:


Extrema FC - Extrema/MG. Foto: Fernando Martinez.


Jacutinga AC - Jacutinga/MG. Foto: Fernando Martinez.


Trio de arbitragem com os capitães das equipes e o árbitro reserva. Foto: Fernando Martinez.

Dentro do campo, e cobrindo os dois ataques, vimos o jogo começar com o domínio da equipe do Jacutinga. O time perdeu algumas chances importantes até marcar o primeiro gol aos 17', após uma confusão na área, depois de uma cobrança de escanteio. Depois do gol, a equipe do Extrema acordou e foi aos poucos melhorando no seu ataque e criando mais chances. Nada mais natural então que ela chegasse ao empate, e isso aconteceu aos 34', depois também de uma cobrança de escanteio em que o goleiro do JAC saiu mal e permitiu o gol da equipe da casa. O primeiro tempo terminou mesmo com a partida empatada em 1 a 1.


Detalhe do primeiro gol do Jacutinga na partida. Foto: Emerson Ortunho.


Cobrança de escanteio e empate do Extrema. Foto: Fernando Martinez.

O segundo tempo começou debaixo de um sol bem chato e com as duas equipes sentindo demais o calor. Não foram criadas muitas chances durante toda essa etapa. Os poucos lances de perigo eram defendidos de forma espetacular por cada goleiro. Muita conversa rolou entre os membros do Clube na segunda etapa. Ficamos sentados atrás do gol com as árvores, num banquinho de praça e falando da vida. É uma das coisas mais legais para se fazer por lá...


Um dos lances mais emocionantes no segundo tempo (até os 46'), quando um cachorro quis participar da partida. O técnico do Jacutinga, o ex-goleiro do Santos, Sérgio 'Cabeleira' Guedes. Fotos: Fernando Martinez.

Quando já nos preparávamos para ir embora, e tínhamos a quase-certeza de que o jogo ficaria 1 a 1 mesmo, o improvável aconteceu: Aos 47 minutos, depois de uma cobrança de escanteio para o Extrema, a bola sobrou para o zagueiro Pereira (que já tinha feito o primeiro gol). Ele não teve dúvidas... mandou uma bicicleta extremamente perfeita e virou a partida para o time da casa. Posso garantir que foi um dos gols mais bonitos que já vi em estádio e uma das bicicletas mais fantásticas que já tive notícia...

O problema é que o time do Extrema já achou que tinha ganho a partida, e veio na sua maioria no banco de reservas comemorar o golaço. Azar deles que o time do Jacutinga não achava isso, e rapidamente deu a saída de bola. Com quatro jogadores contra dois da zaga, o fantástico aconteceu: aos 48', o Jacutinga empatou, numa bola enfiada em profundidade. Genial... quem saiu do estádio nos acréscimos perdeu os lances...


Lance disputado no meio-campo. Foto: Fernando Martinez.

Final de jogo: Extrema 2-2 Jacutinga. O time de Extrema ainda é o líder do grupo, mas perdeu dois pontos mais do que preciosos para garantir a classificação. Depois da partida ainda ficamos dando uma volta dentro do campo para conhecer mais detalhes do local. E comprovamos que é a rede mais próxima da arquibancada de algum estádio. As fotos estão aí para comprovar:


Fernando e David comprovam: é um dos únicos lugares do mundo que conseguimos tocar na rede pelo próprio alambrado! Fotos: Milton Haddad e Fernando Martinez.

A viagem de volta foi mais tranquila ainda, com mais conversa sobre o nada. Eu e o Mílton seguimos para nossas respectivas casas e patroas, o Emerson foi trabalhar e o David ainda teve coragem de seguir para o Pacaembu, ver o vexame corintiano, mas isso já é outra história. Semana que vem tem mais uma parte (se a verba permitir) do Domingos Extremos. Nesse meio-tempo, mais Série B do Brasileiro, segundona Paulista e do Mineiro e sub-20 da segunda divisão.

Até mais

Fernando

Paulista 2ªdivisão: Jacareí 3-4 São Bernardo FC

Olá,

Dando seqüência ao acompanhamento da Segunda Divisão, no último domingo voltei à cidade de Jacareí, no Estádio Stavros Papadopoulos e acompanhei ao jogo Jacareí 3-4 São Bernardo FC, válido pela segunda rodada do returno da segunda fase. Como sempre a recepção ao JP foi excelente, tanto pelo pessoal do JAC como pelas pessoas ligadas ao São Bernardo.

Começamos apresentando as fotos oficiais:


Jacareí A.C. - Jacareí / SP. Agora com o "casal" mascote. Foto: Orlando Lacanna.


São Bernardo F.C.L. - São Bernardo do Campo / SP. Foto: Orlando Lacanna.


Árbitro e capitães. Foto: Orlando Lacanna.

Na etapa inicial, logo aos 4 minutos, o atacante Reginaldo abriu o marcador para o São Bernardo, aproveitando de cabeça um cruzamento vindo da direita. No lance o goleiro Daniel ficou parado e quando se ligou a bola já estava no fundo da rede. Aos 17 minutos, o Tigre do ABC chegou ao segundo gol, em outro lance infeliz do goleiro. Ele rebateu um arremate aparentemente fácil de defender nos pés do atacante Deda, que só teve o trabalho de empurrar a bola para dentro do gol.

O Tricolor do Vale sentiu o baque por ter sofrido dois gols em menos de vinte minutos e se perdeu em campo, não conseguindo armar jogadas ofensivas e falhando muito na marcação. Tanto é verdade, que aos 28 minutos, Ednei conduziu a bola em velocidade desde o meio-campo até a grande área, sem sofrer marcação e marcou o terceiro gol para o time visitante. Apesar da habilidade de Ednei, ficou clara a falha do sistema de marcação.


Lance de taque do Jacareí. Foto: Orlando Lacanna.

Na etapa final, o São Bernardo começou só administrando o placar de 3 a 0, até que aos 25 minutos, o árbitro marcou pênalti a favor do JAC, o qual foi convertido por Zé Carlos. Dois minutos após, o time do ABC voltou a marcar, agora por intermédio de Adriano. Ele penetrou pelo centro da área e tocou com categoria no canto esquerdo baixo do goleiro Daniel.

Faltando pouco mais de 15 minutos, com 4 a 1 no placar, o jogo parecia resolvido a favor do São Bernardo, só que o Jacareí foi para o tudo ou nada e conseguiu marcar mais duas vezes. Os gols saíram através de Zé Carlos, aos 32 e 42 minutos, sendo o último em cobrança de mais um pênalti. Os últimos minutos foram dramáticos com os dois times muito cansados em razão do forte calor.


Lance da partida, com visão parcial do pequeno público presente. Foto: Orlando Lacanna.

O São Bernardo deu um passo importante para obter a classificação, pois vai depender exclusivamente de si jogando em casa no próximo domingo contra o Osvaldo Cruz, já classificado. Quanto ao Jacareí e o Capivariano que são do mesmo grupo, jogarão entre si também no próximo domingo em Capivari e dependerão de um tropeço do São Bernardo, além é claro da vitória.

Destaque para Zé Carlos que marcou os 3 gols do Jacareí e para Pereira, Deda e Ednei do São Bernardo. Destaque também para mais uma boa arbitragem, dessa vez comandada pelo experiente Paulo José Danelon. Como destaque negativo, a pequena presença de público em um jogo de tamanha importância.

No próximo final de semana teremos a última rodada da segunda fase da Segunda Divisão, ocasião em que ocorrerá a definição dos quatro últimos classificados para a terceira fase (Grêmio Catanduvense, Osvaldo Cruz, Santacruzense e São Carlos já estão classificados matematicamente) e com certeza o JP estará presente.

Abraços,

Orlando

Paulista 2ªdividão: Palestra 1-1 Santacruzense

Fala povo!

No último sábado, como o Emerson já disse, nos aventuramos por mais uma rodada da Segunda Divisão Paulista. Apesar de várias opções (União Suzano x Barcelona, São Bernardo x Jabaquara, Juventus x ECO, São Caetano x Goiás), acabamos indo ao Estádio Primeiro de Maio, acompanhar a despedida do Palestra em casa, contra a já classificada Santacruzense. Junto comigo, mais uma vez o Mílton e o David foram lá.

Já na chegada fomos reconhecidos pelo garoto Leonardo, que trabalha na rádio do ABC e tem apenas 12 anos (!). Mesmo com essa idade ele já acompanha o futebol em geral e em especial o JOGOS PERDIDOS. Um abração a ele, e só podemos o incentivar a seguir nesse rumo...

Também fomos reconhecidos pelo árbitro Flamarion David Volpe. O mesmo já tinha estado num joguinho perdido conosco e foi mais um a nos cumprimentar pelo trabalho realizado. Um obrigado e abraços a ele! Dessa forma, autorizados pela arbitragem, tiramos as fotos dos times posados:


Palestra SB - São Bernardo do Campo/SP. Foto: Fernando Martinez.


AE Santacruzense - Santa Cruz do Rio Pardo/SP. Foto: Fernando Martinez.


Trio de arbitragem liderado por Flamarion David Volpe, juntamente com os capitães das equipes. Foto: Fernando Martinez.

Escolhemos no primeiro tempo, por razões óbvias, ficar atrás do gol de ataque da Santacruzense. E não erramos, pois logo aos 2 minutos, eles marcaram o seu primeiro gol: depois de uma cobrança de escanteio, a bola só foi escorada para o camisa 5 da AES, Élcio, marcar o primeiro tento da partida. Pena que depois disso, o time do interior buscou garantir o resultado e no restante da primeira etapa não tivemos mais nenhum lance assim tão perigoso.


Cobrança de escanteio que originou o primeiro (e único) gol da Santacruzense. Foto: Fernando Martinez.

No intervalo aproveitamos e registramos um momento feliz com o Leonardo, acompanhado dos dois monstros sagrados do Clube: Mílton e David:


Leonardo, Mílton e David fazem pose. Foto: Fernando Martinez.

A segunda etapa começou um pouco diferente, com o Palestra dominando as ações logo de começo. Tanto que aos 2 minutos empatou a partida. Depois disso o time continuou no ataque, obrigando o goleirão da Santacruzense a fazer algumas defesas importantes. Aos poucos o AES foi se soltando, mas sem criar chances efetivas para a marcação do segundo gol.


Escanteio para a Santacruzense ainda na primeira etapa. Foto: Fernando Martinez.


Zaga do Palestra marcando firme. Foto: Fernando Martinez. [110411]

No final, com dois jogadores a menos, só restou ao time de Santa Cruz do Rio Pardo se defender para garantir oficialmente sua classificação. Final de jogo: Palestra (eliminado) 1-1 Santacruzense (classificado). Sinceramente esperava mais do time do interior, mas acredito que eles vieram com o único intuito da classificação e devem jogar melhor na terceira fase.


Placar no Primeiro de Maio: Acho que não sabiam o nome do outro time. Foto: Fernando Martinez

Depois disso ainda fomos no Baetão, para ver o que fizeram por lá. Ficou legal, mas é estranhíssimo ver o gramado (?) em tons acinzentados.

Daqui a pouco tem a segunda parte dos Domingos Extremos. Stay tune!

Até

Fernando

domingo, 28 de agosto de 2005

Paulista sub-20 2ªdivisão: EC São Bernardo 1-4 Jabaquara

Buenas!

Ontem fui a um joguinho bem peculiar, São Bernardo x Jabaquara, pelo Campeonato Paulista Sub-20 da Segunda Divisão. Já explico o peculiar: é que esse jogo foi disputado no Estádio Presidente Humberto de Alencar Castelo Branco, popularmente conhecido como Baetão.

Esse estádio não abrigava um jogo de futebol oficial há muito tempo, tudo porque há alguns anos, o gramado natural foi trocado por um gramado sintético. Assim, era extremamente curioso assistir a esse jogo, ainda mais porque acredito que essa foi a primeira partida disputada em gramado sintético, valendo por um campeonato oficial no Brasil. Então esse jogo deverá entrar para história, já que a FIFA autorizou o uso do gramado sintético e futuramente deverá se tornar comum. Se alguém tiver informações precisas sobre o ineditismo desse jogo, por favor deixe no comentário.

Vamos as fotos oficiais da partida:


E.C. São Bernardo (sub-20) - São Bernardo do Campo / SP. Foto: Emerson Ortunho.


Jabaquara A.C. (sub-20) - Santos / SP. Com sua camisa listrada - resgatando as tradições - bastante usada pela equipe nas décadas de 40 e 50. Foto: Emerson Ortunho.


Trio de arbitragem e capitães. Foto: Emerson Ortunho.


A faustuosa arquibancada inclinada do Baetão com o Thiago Garrafada, solitário e fiel, acompanhando seu time do coração. Foto: Emerson Ortunho.

O jogo começou com as duas equipes se estudando bastante e ambas se arriscando pouco no ataque. Até que o São Bernardo abriu o placar após uma bola rolada em uma cobrança de falta:


Num chute forte de fora da área o Bernô abre o placar. Foto: Emerson Ortunho.

O gol do time da casa acordou o Leão da Caneleira, que foi para cima e um minuto depois empatou a partida:


Marcão sobe para empatar a partida. Foto: Emerson Ortunho.

Logo depois, o Jabuca virou o jogo e daí em diante só deu a equipe santista, fazendo 3 a 1 ainda no primeiro tempo. Depois do intervalo, o jogo continuou igual, com somente o Jabaquara atacando, sem muito ímpeto, já que tinha um placar tranqüilo nas mãos. Mesmo assim, deu oportunidade ao goleiro do São Bernardo se consagrar, que praticando belíssimas defesas, saiu de campo parabenizado inclusive pela comissão técnica do Jabaquara. Mesmo jogando bem, o arqueiro não conseguiu segurar uma penalidade a favor do rubro-amarelo:


Jabaquara chega ao quarto gol em penalidade máxima. Foto: Emerson Ortunho.


Disputa de bola no meio campo. Foto: Emerson Ortunho.

Foi um jogo bem interessante e marcado por toda essa situação do gramado sintético. Quanto a isso, confesso que eu estava meio reticente, mas eu entrei, pisei e achei confortável. Conversei com alguns jogadores depois do jogo e ninguém reclamou do "gramado". A única coisa que deu pra perceber é que a bola pula um pouquinho mais, nada absurdo. Continuo a favor da grama natural, mas está aprovado! Finalizando o placar do jogo: São Bernardo 1 x 4 Jabaquara e o Bernô segue sem vencer há pelo menos três anos.


Detalhe do gramado sintético, entre a "grama" existem umas bolinhas de borracha que foram espalhadas para deixar o piso mais macio, é isso que dá o tom meio cinza no "gramado". Placar desativado do estádio. Fotos: Emerson Ortunho.

Nem preciso reafirmar que valeu a pena ter ido lá, ver o velho Bernô em campo, contra o Jabuca jogando de listrado, num estádio histórico que é o Baetão e ainda com gramado sintético. Muito bom! Depois do jogo, o Fernando o David e o Milton que assistiram ao jogo Palestra x Santacruzense no mesmo horário, foram até lá para ver como estava o Baetão. Junto com o Thiago, ainda batemos um bom papo antes de irmos embora.

Muito legal, espero assistir mais jogos por lá!

Abraços!

Emerson

Brasileiro Série B: Santo André 1-0 Caxias

Fala povo!

Domingão à tarde e ninguém vendo jogo? É, as tabelas mal-feitas do nosso futebol nos deixam sem nada para ver em certas datas. Mas tudo bem, ficar em casa às vezes faz bem.

Aproveitando e adiantando os posts dos fantásticos jogos em que estivemos, posto aqui algo sobre o joguinho que fomos (eu e o Mílton) na última sexta-feira à noite: Santo André e Caxias, valendo pela Série B do Brasileiro. Possivelmente a última chance de vermos o time do RS na Série B.


Lance do primeiro tempo da partida. Foto: Fernando Martinez. [041104]

O jogo nem merece muito comentário não. Foi uma partida bem, mas bem sem-graça, com o Santo André abusando demais do direito de perder gols e com o Caxias sem ofensividade nenhuma. Parecia que o time já estava com a cabeça na Terceirona.


Escanteio para o Caxias no segundo tempo da partida. Foto: Fernando Martinez.

O primeiro tempo acabou num horroroso 0 a 0. Na segunda etapa, logo de cara o atacante Sandro Gaúcho fez 1 a 0 para o time do ABC. Quando todos achavam que o jogo poderia melhorar, o Santo André continuou com o mesmo esquema morto do primeiro tempo e perdeu cada vez mais gols e não fez mais nada de útil.

Final de jogo: Santo André 1-0 Caxias. Santo André classificado e o Caxias rebaixado. Sabe-se lá quando que vamos ver esse time de novo!

Amanhã teremos os posts de mais um final de semana genial, e a segunda parte da série Domingos Extremos.

Abraços

Fernando

quinta-feira, 25 de agosto de 2005

Paulista sub-20 1ªdivisão: Santos 3-1 São Vicente

Olá!!

Continuando a série de rodadas vespertinas, hoje fui a Santos para acompanhar a partida Santos x São Vicente, realizada no Estádio Espanha, pertencente ao Jabaquara Atlético Clube. O jogo foi válido pelo Campeonato Paulista Sub-20 da Primeira Divisão. Vou ver se o Fernando consegue checar isso, mas acredito que essa é a primeira vez que as duas equipes litorâneas se enfrentaram em um campeonato oficial. Vamos as equipes:


Santos F.C. (sub-20) - Santos / SP. Foto: Emerson Ortunho.


São Vicente A.C. (sub-20) - São Vicente / SP. Foto: Emerson Ortunho.

A equipe do São Vicente, apesar de ser a visitante, começou melhor o jogo, criou mais oportunidades e mandou uma bola na trave. Mais pro final do primeiro tempo, o Santos melhorou e foi bastante eficaz, tirando o primeiro zero do placar.


Equipe do São Vicente em jogada de ataque. Foto: Emerson Ortunho.

Na segunda etapa só o Santos jogou, criando várias jogadas de ataque, porém sem assustar a meta do goleiro vicentino Kaleo. Quando o jogo já se encaminhava para os quarenta do segundo tempo e eu já estava satisfeito com o 1 a 0, começaram a sair gols. O Santos fez mais dois gols rapidinhos e o São Vicente ainda teve tempo de deixar o seu, 30 segundos antes do apito final. Quem foi embora com dez minutos de antecedência vai se assustar com o placar. Final: Santos 3 x 1 São Vicente.


Santos procura o ataque. Foto: Emerson Ortunho.

Mais um joguinho genial nas tardes da semana, fantástico! Espero que continue assim!

Abraços!

Emerson

quarta-feira, 24 de agosto de 2005

Paulista sub-20 1ªdivisão: Mogi Mirim 5-2 União Barbarense

Olá turma!

Mais um meio de semana com joguinhos vespertinos, que para mim são perfeitos, pois consigo conciliar com meu horário de trabalho. Além desse detalhe importantíssimo, outro fator positivo é que esses jogos são ultra perdidos, só aparecem praticamente os familiares dos jogadores.

Hoje fui para Mogi Mirim, no Estádio Papa João II, assistir a partida Mogi Mirim x União Barbarense, pelo Campeonato Paulista Sub-20 da Primeira Divisão. Para quem estranhou o nome do estádio, esse é o novo nome do Estádio Wilson de Barros. Isso aconteceu após a filha do patrono do clube ter sido libertada de um sequestro sã e salva. Como tudo aconteceu na época da morte do Papa, o Wilson de Barros fez a mudança em agradecimento.


Estádio Papa João Paulo II - Mogi Mirim / SP. Foto: Emerson Ortunho.

Como hoje estava tudo tranqüilo, tive o privilégio de estacionar dentro do estádio mesmo. Andando lá dentro pude constatar que o estádio está extremamente bem conservado. Parabéns ao Mogi Mirim! Vamos agora para as fotos das equipes:


Mogi Mirim E.C. (sub-20) - Mogi Mirim / SP. Foto: Emerson Ortunho.


União A. Barbarense F.C. (sub-20) - Santa Bárbara D'Oeste / SP. Foto: Emerson Ortunho.

O jogo foi ótimo, muito movimentado e bastante disputado. O Mogi Mirim começou desde o início mostrando superioridade e foi melhor durante todo o primeiro tempo, construindo o placar parcial de 2 a 0.


Atacante do Mogi dribla o adversário. Foto: Emerson Ortunho.


Lance que originou o segundo gol do Mogi Mirim. Foto: Emerson Ortunho.

Na segunda etapa, o União Agrícola Barbarense resolveu sair pro jogo e tornou a partida muito interessante. Os gols começaram a sair e ninguém desistia de uma jogada sequer, valeu a pena ter estado por lá. No final o belo placar: Mogi Mirim 5 x 2 União Barbarense.

Foi isso, amanhã vou tentar assistir mais um joguinho, se tudo der certo passo por aqui pra registrar.

Abraços!

Emerson