Procure no JP

sábado, 30 de janeiro de 2010

Derrota lusitana no seu primeiro jogo no Canindé em 2010

Fala pessoal!

Depois da vitória flamenguista pela Série A2 estadual, eu e o seu Natal rumamos para vermos nosso primeiro jogo do Campeonato Paulista 2010. E para começar nada melhor do que ver um jogo no Estádio Osvaldo Teixeira Duarte, o querido e longínquo Canindé. No cardápio do dia, Portuguesa e Mogi Mirim jogariam em partida válida pela 4ª rodada da competição.

Por falar em cardápio, chegamos no bairro do Pari sem pegar nenhum trânsito na Marginal Tietê e faltando mais de uma hora para a partida começar. Então, sem nenhuma refeição até então, escolhi uma tradicional esfiharia da região para fazer meu desjejum. Até o seu Natal, que não gosta nada que seja diferente de um bom prato-feito, aprovou a iguaria e além disso adorou o ambiente "descolado" do local. Satisfeitos, e ainda encontrando meu irmão passeando nas alamedas do meu antigo QG, fomos para o estádio rubro-verde.

Sem maiores problemas adquirimos nossos caros ingressos e fomos para as arquibancadas do Canindé ver o primeiro jogo da Portuguesa na sua casa em 2010. O time fez três boas apresentações nas primeiras rodadas e caso vencesse o Sapão poderia ficar na liderança da competição. Para o Mogi, que começou o Paulistão tomando cinco do Palmeiras, uma vitória consolidaria uma importante recuperação no campeonato, já que venceu o Santos na rodada anterior.


Chegada da Portuguesa pelo alto no primeiro tempo de partida. Foto: Fernando Martinez.

Com um público abaixo do que eu esperava, o jogo começou com o Mogi assustando a defesa rubro-verde logo no primeiro minuto, e o goleiro lusitano foi obrigado a fazer um milagre. Depois, a Portuguesa tentou sufocar o time do interior em seu campo de defesa, mas não conseguiu o sucesso esperado. O jogo não estava com um bom nível técnico, e para piorar a situação do time paulistano, aos 38 minutos o veterano Luís Mário fez um golaço quase da intermediária, em bola que achou o ângulo direito do goleiro.


Falta rubro-verde que passou longe do gol do Mogi Mirim. Foto: Fernando Martinez.


Goleiro do Sapão afastando a bola em cruzamento da Lusa. Foto: Fernando Martinez.

O descanso da partida chegou com a vantagem parcial dos interioranos. A torcida aproveitou a saída dos jogadores para mostrar quem será cobrado em 2010. Alguns nomes foram enaltecidos, e outros "homenageados" pelo futebol ruim. Nesse intervalo também tirei uma rápida soneca, pois o sono estava absurdo. O seu Natal entrou na dança e dormiu da mesma forma, mas o seu sono foi mais implacável, e a soneca dele foi até os 20 do segundo tempo.


Um penteado moderníssimo no Canindé e o seu Natal capotado nas arquibancadas do estádio... ô sono! Fotos: Fernando Martinez.

Mesmo assim ele não perdeu nada, já que na volta para o tempo final da partida a Portuguesa tentou impor seu ritmo, mas acredito que poderia estar jogando até agora que não teria feito nenhum gol. O time não foi nem sombra a equipe que venceu o São Paulo no Morumbi, e foi presa fácil para o Mogi Mirim. E isso ainda pois o Sapão não aproveitou as oportunidades que criou, muito mais perigosas do que as da Lusa.


Ataque do Mogi no segundo tempo. Foto: Fernando Martinez.

No final não teve jeito mesmo: Portuguesa 0-1 Mogi Mirim. Péssimo resultado para o time do Canindé, que perdeu uma chance de ouro de ser líder do Paulistão. O resultado deixou o time na quinta colocação, enquanto o Mogi, definitivamente recuperado no torneio, sobe para o sexto lugar. Nesse domingo a Lusa pega o Botafogo em casa, com tudo para conseguir a recuperação e sonhando com a volta para o G4 já nessa rodada. Já o Mogi pega o Bragantino dentro dos seus domínios.

Após esse jogo ganhei uma carona básica até o Metrô Paraíso, e de lá segui para o conforto do meu lar, já pensando nas coberturas do JP num genial torneio sul-americano que começou na capital paulista.

Até a próxima!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário