Procure no JP

domingo, 31 de janeiro de 2010

JP no Sul-Americano Feminino sub-17: Paraguai começa o torneio com boa vitória

Fala pessoal!

Depois da surpreendente vitória boliviana sobre as peruanas, era a hora do segundo jogo do dia válido pelo Grupo A do Campeonato Sul-Americano Feminino sub-17. As seleções do Equador e do Paraguai entraram no gramado histórico do Estádio Conde Rodolfo Crespi, a Rua Javari, para buscarem uma boa estréia no torneio.

Mesmo debaixo de chuva, voltei para o campo de jogo para as fotos posadas das duas equipes, uma exclusividade do JOGOS PERDIDOS:


Seleção Feminina do Equador (sub-17). Foto: Fernando Martinez.


Seleção Feminina do Paraguai (sub-17). Foto: Fernando Martinez.


Quarteto de arbitragem com as capitães equatoriana e paraguaia fazendo o "toss" antes da partida começar. Foto: Fernando Martinez.

Favoritas para essa partida e para uma das vagas do grupo A nas semifinais, as paraguaias foram responsáveis pela única derrota do Brasil na primeira edição do torneio em 2008. Essa derrota acabou custando o título do Sul-Americano para a seleção canarinho. Mesmo sabendo do favoritismo brasileiro, o time azul e vermelho espera pelo menos dar trabalho novamente. Já as equatorianas buscam um maior aprendizado jogando contra as duas favoritas do grupo.


Chegada forte da Seleção do Paraguai no primeiro tempo. Foto: Fernando Martinez.

Para esse jogo o David resolveu dar as caras na Rua Javari para também ter a chance de ver esse histórico torneio in loco. E como a chuva apertou demais, vi o primeiro tempo desse jogo das cabines de imprensa. E mesmo com o Equador não mostrando muita coisa boa tivemos uma boa partida, com o Paraguai dominando absolutamente todas as ações ofensivas durante os 90 minutos, sem dar o menor espaço para as equatorianas.


Bola cruzada dentro da área equatoriana. Foto: Fernando Martinez.


Disputa de bola pelo lado esquerdo do ataque paraguaio. Foto: Fernando Martinez.

Isso sem contar que a goleira do Equador, Gabriela Ortiz, resolveu dar uma forcinha extra para as adversárias e falhou nos dois gols que o Paraguai fez no primeiro tempo. O primeiro foi aos 19 minutos, em cobrança de falta de longe da jogadora Erika Fretes que foi um replay do primeiro gol boliviano no jogo anterior. A arqueira estava adiantada e viu a bola entrar por cobertura, sem nenhuma chance de defesa.

O segundo gol paraguaio foi com uma falha ainda maior da arqueira adversária, que depois de um lançamento despretensioso dentro da sua área perdeu o tempo da bola, e viu a pelota a encobrir, sobrando livre para a jogadora Maria Toledo só empurrar para o fundo das redes. No intervalo a partida estava em 2x0 para as paraguaias. Nesse intervalo aproveitamos que tudo estava sossegado por lá e fomos ficar nas charmosas tribunas do estádio.


Agora de calções brancos, cabeçada perigosa do Paraguai no segundo tempo. Foto: Fernando Martinez.


Tentativa infrutífera de ataque do Equador. Foto: Fernando Martinez.

O segundo tempo veio debaixo de mais chuva, e logo aos 4 minutos tivemos o gol mais bonito da rodada dupla. A jogadora Fabiola Ayala recebeu passe pela esquerda, driblou uma zagueira e tocou com estilo no canto direito. Uma das coisas mais legais de ver jogos femininos é a comemoração dos gols, sempre parecendo que foram tentos que decidiram uma Copa do Mundo. Como disse o David, a parte motivacional dessas equipes é algo muito legal e digno de registro.


Jogadora equatoriana dominando a bola no meio de campo. Foto: Fernando Martinez.

Durante o resto do jogo o Paraguai abusou do direito de perder boas oportunidades, e o jogo poderia ter tido pelo menos mais três ou quatro gols. Mas no final ficou mesmo em Equador 0-3 Paraguai. Bela vitória paraguaia, que confirmou seu favoritismo no jogo e vai com tudo em busca de uma das duas vagas nas semifinais. Ao Equador, a confirmação que o nível técnico da equipe deixa bastante a desejar.

Bom, e ainda com a chuva desabando na Javari, saímos de lá dispostos a degustar uma bela pizza brotinho ao lado do estádio. Acabamos ficando por lá curtindo a refeição e já armando planos para as próximas rodadas. No sábado então fui acompanhar a segunda rodada do Grupo B da competição também na Rua Javari.

Abraços

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário