Procure no JP

sábado, 30 de janeiro de 2010

Vitória suada do Flamengo em cima do Catanduvense pela Série A2

Opa,

Jogos todos os dias deixam a agenda mais corrida, e problemas técnicos em conexões da internet somados a isso deixaram o blog aqui um pouquinho atrasado na publicação dos posts do meio da semana pra cá. Mas agora está tudo certo (pelo menos por enquanto) e começo enão a falar sobre a rodada dupla que rolou na última quarta-feira pelo JP. Eu fui fazer a minha estréia no Campeonato Paulista da Série A2 em 2010 na cidade de Guarulhos, aonde Flamengo e Catanduvense jogaram pela 5ªrodada da competição. O jogo foi no palco das pelejas rubro-negras, o Estádio Antônio Soares de Oliveira.

Estava saindo de casa quando o seu Natal ligou dizendo também que queria curtir as duas partidas do dia. Logo o encontrei numa estação de metrô na Zona Leste e dali fomos, sem nenhum trânsito, para a cidade da Grande São Paulo. Tudo dentro dos conformes, mas só não contávamos com um problema de última hora. Mesmo estando na porta do estádio faltando 20 minutos para o horário do jogo, ninguém foi autorizado a entrar por falta de policiais para fazer a revista. Algo bizarro, e isso atrasou a minha presença nas dependências do Antônio Soares de Oliveira, e consegui entrar no estádio com as duas equipes já em campo e postadas para o Hino Nacional. Ou seja, nada de foto posada dessa partida. Uma pena.


Flamengo/SP, Catanduvense e o trio de arbitragem da partida acompanhando o Hino Nacional Brasileiro. Foto: Fernando Martinez.

Falando um pouco do jogo, o Flamengo precisava a todo custo da vitória, pois tinha perdido três dos seus quatro jogos até ali, e mais uma derrota deixaria a equipe na zona de rebaixamento da Série A-2 por mais uma rodada. Com seis pontos, a situação do Catanduvense era um pouco melhor, e caso consequisse vencer o rubro-negro, entraria no G-8 do campeonato.

Para acompanhar essa partida e como não estava chovendo ainda, fiquei nas arquibancadas, bem no meio de campo, lugar que já fazia tempo que não ficava. E junto com o seu Natal acompanhei um jogo em que desde seus primeiros momentos tivemos a Catanduvense muito mais perigosa e criando mais chances de gol. O Flamengo não conseguia acertar os passes, e muito menos chegar dentro da área adversária.


Falta de longe para o Flamengo que acabou batendo na barreira. Foto: Fernando Martinez.

O time de Catanduva mostrou bastante qualidade em boas chegadas por todos os setores do campo e criou boas chances de abrir o marcador. Mas o goleiro Paulão fez boas defesas e deixou o Flamengo levar a partida para seu intervalo sem sofrer nenhum gol. Se o ataque flamenguista não correspondia e deixava sua torcida muito irritada, pelo menos a zaga tentava fazer sua parte. Mas nesse tempo inicial o jogo deixou um pouco a desejar.


Chute forte do Catanduvense em lance do primeiro tempo. Foto: Fernando Martinez.

Fomos então nos refrescar na lanchonete do estádio e logo chegou a hora da segunda etapa começar. O jogo melhorou bastante no seu tempo final, e o Catanduvense voltou disposto a marcar seu gol a todo custo. O time jogou quase o tempo todo dentro da área do Flamengo, fazendo a defesa e o goleiro locais trabalharem bastante. Poucas vezes o Fla tentava assustar em chutes de longe sem direção.


Zaga do Flamengo afastando o perigo. Foto: Fernando Martinez.

Somente depois dos 30 minutos o rubro-negro assustou o gol do Catanduvense pela primeira vez, numa bola cabeceada que tirou tinta da trave esquerda. Mas o time do interior continuava com sua blitz dentro da área, obrigando o goleiro Paulão a fazer dois milagres por volta dos 40 minutos do tempo final. Aos 37, para desespero do banco de reservas da equipe visitante, ainda tivemos um gol anulado do time azul.


Jogador do Catanduvense tentando um voleio que acabou não funcionando. Foto: Fernando Martinez.


Chute forte da entrada da área, obrigando o goleiro do Fla a fazer uma ótima defesa. Foto: Fernando Martinez.

Quando achei que veria meu primeiro 0x0 em 2010, tivemos aquelas situações que mostram o porquê do futebol ser um esporte tão fascinante. Numa jogada boba na lateral, e por encostar a mão na bola propositalmente, um dos jogadores do time do Catanduvense foi expulso. O Flamengo então cruzou a bola para dentro da área adversária, e a zaga afastou pela linha de fundo. No escanteio, e no meio daquele empurra-empurra entre os jogadores, o árbitro viu uma falta do arqueiro do time visitante em jogador local. Bola na marca de cal e pênalti para os donos da casa.

A cobrança aconteceu aos 51 minutos, no melhor estilo "bola de um lado, goleiro do outro". Quem bateu o pênalti foi o camisa 6 William, que agradeceu muito a chance de dar essa vitória importante ao seu time.


Pênalti para o Flamengo aos 51 do segundo tempo. E o gol salvador foi marcado pelo jogador William. Foto: Fernando Martinez.

Final de partida: Flamengo 1-0 Catanduvense. O resultado deixou o time de Guarulhos na 12ª posição e o time de Catanduva na 13ª posição na tábua de classificação antes da 6ª rodada da competição. Faltando ainda 14 jogos para cada time, muita coisa pode acontecer. Após esse jogo então seguimos para nossa segunda partida do dia, num local muito bem conhecido por aqui...

Até lá!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário