Procure no JP

segunda-feira, 1 de outubro de 2007

Ponte Preta se classifica no sub-20

Opa,

Domingo cedo, enquanto a maioria do pessoal do JP curtia o batizado da Isabela, filha do Jurandyr, eu escapei para fazer uma rodada dupla que fazia tempo que não fazia pelo nosso interior. Caí da cama cedinho, e com um frio danado peguei um ônibus com destino a Campinas. Mas diferente das viagens que fiz nos últimos seis anos, dessa vez minha parada era o fantástico Estádio Moisés Lucarelli, aonde não via um jogo desde o longínquo 2001, e com dois times que nem existem mais (a Ponte Preta B e o genial União do Vale de Juquiá).


Fachada do mítico Estádio Moisés Lucarelli. Foto: Fernando Martinez.

O jogo que fui ver valeu pelo Campeonato Paulista sub-20 da 1ª divisão, e reuniu os times da Ponte Preta e do Rio Branco de Americana. Dois times lutando pela classificação e jogando o penúltimo jogo da primeira fase. Como sempre, tirei as fotos exclusivas dos times posados.


AA Ponte Preta (sub-20) - Campinas/SP. Foto: Fernando Martinez.


Rio Branco EC (sub-20) - Americana/SP. Foto: Fernando Martinez.


O trio de arbitragem com o árbitro James Anderson Moraes, os auxiliares Cláudio Roberto da Costa e a bela Graziele Crizol e os capitães das equipes. Foto: Fernando Martinez.

Vale registrar a presença da bela Graziele Crizol como auxiliar número 2 e que fez aniversário no último dia 27. Parabéns a ela, já que ela é uma grande amiga e uma figuraça. E também deixo aqui mais dois abraços: um ao preparador de goleiros do time de Americana Marcelo Ferro, que destacou o grande trabalho dos goleiros do time de Americana, inclusive com vários goleiros formados no clube e que hoje em dia fazem parte do plantel de grandes clubes do Brasil e outro ao Sérgio Guedes, mais conhecido como Sérgio "Cabeleira" e que é ex-goleiro do Santos e atual treinador do sub-20 da Macaca... ele lembra ainda das coberturas do JP quando ele era treinador do falecido Jacutinga, de Minas Gerais.

Bom, falando do jogo, o Rio Branco precisava da vitória para buscar sua classificação na última rodada, semana que vem. A Ponte buscava a vitória, que daria a classificação antecipada à equipe. E o jogo começou bastante truncado, com um leve domínio do time de Americana, que chegava mais vezes ao ataque.


Ataque perigoso do time de Americana no começo do jogo. Foto: Fernando Martinez.


Mais um ataque do Rio Branco, chegando com mais vontade. Foto: Fernando Martinez.

Mas a Ponte passou a equilibrar o jogo durante o decorrer da primeira etapa. A partida foi seguindo no mais absoluto equilíbrio até o final do primeiro tempo, com as duas equipes alternando boas chances de abrir o marcador. E a Ponte abriu o placar quase no final da primeira etapa. Aos 43 minutos, o atacante Jaílton fez uma bela jogada individual e entrou na área do time de Americana. Com estilo, chutou no canto direito do goleiro e levou a partida com a vantagem ponte-pretana para o intervalo.


Início do lance em que Jaílton marcaria o gol da Ponte Preta. Foto: Fernando Martinez.


Fração de segundo antes de tocar nas redes, finalização certeira sem chances para o goleiro André Luís. Foto: Fernando Martinez.

No intervalo fui passear nas arquibancadas da Ponte, matando a saudade do estádio. Na última vez que estive lá estava chovendo e nas duas primeiras era de noite. Então conheci mesmo pela primeira vez todo o local. Mais do que histórico, o lugar é obrigatório para quem curte futebol.

Bom, devidamente instalado nas cabines de rádio no segundo tempo, já que o sol estava quente demais, vi um jogo ainda mais disputado. Os dois times voltaram melhor e o jogo teve várias emoções. O Rio Branco perdeu alguns preciosos ataques que fariam falta no final.


Chance da Ponte Preta em boa intervenção do goleiro do Rio Branco. Foto: Fernando Martinez.

A Ponte colocou uma bola na trave em perfeita cobrança de falta, mas o onze de Americana também perdeu três chances ótimas, quando seus atacantes saíam livre na cara do goleiro, mas no final não sabiam o que fazer com a bola. Nesse toma lá dá cá, o jogo continuava corrido. A Ponte então melhorou mais seu ataque com a entrada do jogador Amauri, e com ele em campo, o time perdeu chances absurdas.


Chance de ouro perdida por Amauri, em contra-ataque rápido da Ponte. Foto: Fernando Martinez.

Mas no final não teve jeito para o time de Americana: Ponte Preta 1-0 Rio Branco. Agora o time de Campinas se classifica para a segunda fase do sub-20, enquanto o Rio Branco vai preparar o time para a Copa São Paulo de Juniores 2008.

Depois da partida, e com o tempo corrido, segui de ônibus para a Rodoviária para pegar mais um busão com destino a terra das mais famosas pamonhas do Brasil: Piracicaba!

Até lá

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário