Procure no JP

segunda-feira, 30 de abril de 2007

Clássico da baixada santista pela Segundona

Olá,

Sábado cedinho eu segui sozinho para a cidade mais antiga do país, São Vicente, para assistir o grande clássico da baixada santista: São Vicente x Jabaquara, no Estádio Mansueto Pierotti. Esse horário sempre foi um tanto atípico para jogos profissionais, mas esse ano um número maior clubes aderiu aos jogos no sábado pela manhã. Bom para o JOGOS PERDIDOS, pois aumentam as chances fazermos de rodada dupla. Enfim, devidamente autorizado pela direção do São Vicente, fiz as fotos oficiias da partida.


São Vicente A.C. - São Vicente / SP. Foto: Emerson Ortunho.


Jabaquara A.C. - Santos / SP. Foto: Emerson Ortunho.


Trio de arbitragem e capitães das equipes. Foto: Emerson Ortunho.

Depois da genial interpretação do hino nacional, acompanhado por fantásticas marinbas, deu-se início a partida. Como era de se esperar, quem começou procurando o ataque foi a equipe da casa, até então com 100% de aproveitamento na competição. E não demorou muito para o placar ser inaugurado, após uma bola enfiada, o bom atacante Cobrinha invadiu a área e foi derrubado pelo goleiro do Jabuca. Na cobrança da penalidade, o próprio Cobrinha marcou.


São Vicente converte penalidade logo no início da partida. Foto: Emerson Ortunho.

Nessa hora parecia que o São Vicente dispararia na partida, mas não foi o que aconteceu. Em poucos minutos a equipe visitante se recuperou e numa boa jogada do seu ataque, o Leão da Caneleira empatou através do atacante Edgar.


Jabaquara tenta o gol no primeiro tempo da partida. Foto: Emerson Ortunho.

O primeiro tempo seguiu muito disputado, com um grande eqüilíbrio entre as equipes e o único lance que gerou polêmica foi um pênalti não marcado a favor do Jabaquara. Perto do lance, o árbitro não viu uma penalidade máxima em cima do atacante Edgar. O pênalti foi tão claro que a própria torcida do São Vicente ficou surpresa com a não marcação. Com isso, a primeira etapa acabou terminando mesmo em 1 a 1, roforçando o eqüílibrio entre as equipes.


Equipe do São Vicente aposta nas laterais para tentar o ataque. Foto: Emerson Ortunho.

Na segunda etapa, foi o Jabuca quem começou melhor e com um toque de bola envolvente do seu meio-de-campo, começou a criar situações de perigo. Criando várias chances seguidas, a virada acabou saindo após um cruzamento da direita, quando o atacante Edgar, de cabeça, fez o seu segundo gol no jogo.


Jabaquara tenta o ataque no segundo tempo. Foto: Emerson Ortunho.

Com o placar adverso, a boa equipe da casa voltou a procurar o jogo e passou a levar muito perigo a meta rubro-amarela. O Jabaquara se defendia como podia tentanto quebrar a invencibilidade do São Vicente, mas como um castigo, o empate acabou saindo aos 46 minutos do segundo tempo com Rafael. Depois do gol, o árbitro deu o tempo restante dos acréscimos e encerrou a partida.

Final de jogo: São Vicente 2 x 2 Jabaquara. A equipe da casa teve que suar para não perder a invencibilidade na competição, mas mostrou com isso que tem um time que joga corretamente e certamente estará na luta pela classificação. O Jabaquara por sua vez, vem melhorando jogo a jogo, tanto que enfrentou de igual para igual a equipe da casa e fez se manter o tabu de nunca ter perdido para o São Vicente em jogos profissionais.

Abraços!

Emerson

Nenhum comentário:

Postar um comentário