Procure no JP

terça-feira, 30 de setembro de 2008

Grêmio Osasco classificado para a terceira fase da Segundona

Olá,

Depois de nove rodadas da segunda fase do Campeonato Paulista da Segunda Divisão, no domingo pela manhã foi realizada a décima e última rodada que iria definir os últimos seis classificados à terceira fase e, logicamente, o JOGOS PERDIDOS não poderia deixar de cobrir pelo menos dois jogos de tamanha importância. Diante disso, segui até a vizinha cidade de Osasco para acompanhar, no Estádio Prefeito José Liberatti, a partida G.E Osasco x Capivariano F.C. válida pelo Grupo 7 da competição e que poderia classificar o time da casa à próxima fase.

Como o Grêmio Osasco estava na terceira colocação na classificação antes do início da última rodada, a conquista da vitória era imprescindível para continuar a sonhar, além de torcer por uma combinação de resultados envolvendo os jogos do Atlético Araçatuba e do Paulínia. Então a ordem era fixar as atenções no jogo de Osasco e ficar atento às notícias que iriam chegar dos outros jogos que estavam sendo realizados ao mesmo tempo.

Bem, antes de começar a falar da partida em si, vamos com as fotos oficiais e exclusivas que estão abaixo:


G.E. Osasco - Osasco/SP. Foto: Orlando Lacanna.


Capivariano F.C. - Capivari/SP. Foto: Orlando Lacanna.


Capitães das equipes e o quarteto de arbitragem formado por Carlos Roberto dos Santos Júnior, seus assistentes Mário Nogueira da Cruz e Cláudio Roberto da Costa, além do quarto árbitro Fabiano Pereira. Foto: Orlando Lacanna.

Bola rolando e de cara os donos da casa saíram para o ataque, conseguindo levar perigo aos visitantes aos 4 minutos, numa cabeçada de Hugo Vieira que passou perto do poste da meta defendida por César, cujo cruzamento nasceu da cobrança de escanteio pela direita. Um minuto após, quase aconteceu um desastre para o Grêmio Osasco, pois o Capivariano esteve bem perto de inaugurar o placar, numa jogada rápida de Ivan pelo meio, que acabou sendo salva em cima da linha fatal pelo pé milagroso de Carlão.


Bola passeando pela área do Capivariano. Foto: Orlando Lacanna.


Atacante osasquense procurando companheiro para executar o passe. Foto: Orlando Lacanna.

Depois do susto, os anfitriões tomaram conta da partida, praticamente alugando meio campo, mas esbarravam na retranca do time de Capivari e também na falta de inspiração dos seus atletas na criação de opções para furar o bloqueio defensivo dos visitantes.


Visão geral do início de nova jogada ofensiva do GEO. Foto: Orlando Lacanna.

O jogo seguia com domínio dos osasquenses, porém sem grandes lances de maior perigo, a não ser em cruzamentos vindos de escanteios como aconteceu aos 26 e aos 32 minutos, quando quase foram aproveitados pelo zagueirão Wesley que em ambas as oportunidades subiu ao ataque tentando surpreender a defesa do Capivariano. O tempo ia passando e nada do Grêmio Osasco se acertar no ataque e, como os visitantes só atuavam na defesa, o placar mudo permaneceu até o final da primeira etapa.

No intervalo fiquei conversando com o Vice-Presidente do Grêmio Osasco, o ex-atleta Montini, que estava super preocupado, pois os resultados dos outros dois jogos eram totalmente favoráveis ao seu time, porém ainda faltava ao GEO fazer a sua parte, ou seja, marcar pelo menos um golzinho. Como ainda restava toda a segunda etapa, a esperança de classificação ainda era grande.

O jogo recomeçou e para a alegria da pequena torcida presente, o Grêmio Osasco chegou ao seu gol, aos 2 minutos, num chute bem colocado do atacante Daniel que mandou a bola no ângulo direito do goleiro César que nada pôde fazer. Em desvantagem no placar, o Capivariano, que não tinha nada a perder, saiu para o ataque e, aos 6 minutos, assustou o pessoal da casa numa jogada pelo meio realizada por Flávio, que obrigou o goleiro Igor do GEO a se virar para praticar a defesa.


Início de jogada ofensiva do Capivariano no segundo tempo. Foto: Orlando Lacanna.

A partir dos dez minutos, o jogo entrou num ritmo que dava a impressão de que o GEO estava contente com a vantagem mínima, uma vez que começou a tocar mais a bola, fazendo o tempo passar, só se arriscando mais ao ataque em um ou outro lance, mas sem aquela pegada para matar o jogo de vez. Somente aos 21 minutos, os donos da casa ameaçaram a meta do Capivariano, através de um cruzamento perigoso que veio da direita, mas que acabou não dando em nada. Como resposta, o Capivariano voltou a assustar aos 30 minutos, numa outra jogada de ataque que obrigou o goleiro Igor a afastar o perigo com um chutão para frente.


Disputa de bola junto à lateral. Foto: Orlando Lacanna.

Nos últimos minutos, o GEO procurou manter a bola longe da sua área, evitando com isso algum outro lance perigoso do ataque dos visitantes que tiveram o seu atleta Ivan expulso aos 40 minutos por ter recebido o segundo cartão amarelo.


Defesa do goleiro César num dos ataques do GEO no segundo tempo. Foto: Orlando Lacanna.

O tempo custava a passar para o pessoal de Osasco, mas finalmente a partida chegou ao seu final com o marcador mostrando Grêmio Osasco 1 - 0 Capivariano que, combinado com os resultados dos jogos realizado nas cidades de Araçatuba e Américo Brasiliense, foi o suficiente para colocar o GEO na liderança do grupo e garantir a classificação à terceira fase, quando comporá o Grupo 11 ao lado de Barretos, Batatais e Guaçuano que brigarão pelas duas vagas destinadas a esse grupo à Série A3 em 2.009. A briga promete ser árdua e não vejo nenhum favorito para a conquista das vagas, pois as quatro equipes têm condições de lutarem pelo acesso. Do próximo sábado em diante o bicho vai pegar.

Com o encerramento da partida, os atletas e dirigentes locais comemoraram a conquista da vaga, porém a decepção ficou por conta do pequeno público presente, uma vez que apenas 88 pessoas pagaram ingresso para prestigiar o seu time em partida tão importante. Após os cumprimentos de despedida, segui até a estação ferroviária, contando com a presteza do integrante da Torcida Nação Osasquense, que nas horas vagas também faz o papel de assessor de imprensa, o figuraça Roqueiro, ao qual deixo meus agradecimentos pela providencial carona. Foi isso.

Abraços,

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário