Procure no JP

segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Paulínia surpreende e ganha do Atibaia fora de casa

Fala pessoal!

Depois do jogo do sábado, finalmente depois de muito tempo, tive um domingo livre só para me dedicar ao JP. E em grande estilo, tive a companhia do David e no táxi do seu Natal fomos até a cidade de Atibaia. Tudo para ver um dos vários jogos decisivos da segunda fase do Campeonato Paulista da Segunda Divisão. Chegamos tranqüilos no Estádio Salvador Russani para o jogão entre o Atibaia e o Paulínia FC. Lá dentro encontrei amigos das duas equipes, e também fiz as fotos oficiais do jogo, como seguem abaixo:


SC Atibaia - Atibaia/SP. Foto: Fernando Martinez.


Paulínia FC - Paulínia/SP. Foto: Fernando Martinez.


Trio de arbitragem com o árbitro Robério Pereira Pires e os assistentes Anderson Jose de Moraes Coelho e Marcos José Alves junto aos capitães dos times. Foto: Fernando Martinez.

Bom, essa peleja era aquele famoso "jogo de seis pontos", já que os dois times tinham somavam seis pontos e como as equipes acima na classificação tropeçaram, uma vitória para qualquer lado seria importantíssima. Ainda mais nesse grupo, o mais embolado da segunda fase. Indo para trás do gol do ataque do Paulínia, encontrei o assessor de imprensa do time, Aderli, que contou várias histórias sobre bastidores enquanto o jogo rolava. Tudo isso pois o primeiro tempo foi truncado demais, com os times só jogando no meio de campo e sem chances claras de gol. Olha, marcação demais cansa, e até os poucos torcedores que foram ao estádio deram uma desanimada.


Ataque do Atibaia no primeiro tempo de jogo. Foto: Fernando Martinez.

Também, ter o azar de levar um gol num jogo difícil desse poderia ser fatal, então fica mais fácil se defender e depois, se rolar algum lance de contra-ataque certinho, chegar com perigo. Bom, e nesse esquema, o jogo foi indo de forma bem sem graça para seu intervalo. O placar de 0 a 0 era justíssimo.


Cruzamento do Paulínia com a marcação sempre precisa do Atibaia. Foto: Fernando Martinez.


Goleiro do Atibaia se estica todo para evitar o gol do Paulínia na primeira etapa. Foto: Fernando Martinez.

Para o intervalo continuei com o plantão JP com o Emerson, que estava no conforto do seu lar. Já via que resultados diferentes rolavam nessa primeira rodada do returno da segundona. No meio dos resultados, mais conversa com o Aderli, sempre prestativo com o blog. Aguardando o segundo tempo começar, a esperança era de que os times finalmente se lançassem para o jogo.

Logo nos primeiros movimentos, ficou claro que a proposta seria outra. Mas para azar dos donos da casa, aos 6 minutos o time do Paulínia chegou ao seu gol. Numa jogada rápida que encontrou a defesa desarrumada, o jogador Bruno entrou e chutou na saída do goleiro. Paulínia 1 a 0.


Detalhe do primeiro (e único) gol do jogo. Chute preciso de Bruno. Foto: Fernando Martinez.


O mesmo Bruno levitando de uma forma estranha na comemoração do seu gol e uma coruja que curtiu ver o jogo de dentro do campo. Fotos: Fernando Martinez.

O gol deixou o Atibaia desnorteado momentaneamente, mas a partir dos 15 minutos, e aproveitando que os visitantes deram espaço, o time laranja passou a ficar dentro do campo de defesa adversário. Mas aí ficou evidente certa afobação dos locais. O domínio aumentou aos 20 minutos, com a expulsão de um jogador do Paulínia. Daí até o último minuto de partida, o Atibaia dominou de forma absurda o jogo, mas o último toque era sempre falho. Por três vezes os jogadores apareceram livres, mas chutaram sem direção, para desespero do pessoal por lá. Se os atacantes tivessem levantado a cabeça, teriam visto atletas em melhores condições para tentar o empate.


Em poses plásticas, chute perigoso para o Atibaia buscando o empate. Foto: Fernando Martinez.

Conforme o tempo ia passando, o pessoal se desesperava ainda mais, já que a derrota complicaria bastante a situação do time. O Paulínia aliviava de tudo o que era jeito. No último minuto, quase que o time laranja marca, quando a bola bateu na trave depois de uma cabeçada e ainda correu na frente do gol. Mas não era dia do Falcão.


Essa foi perto demais. A cabeçada tirou tinta da trave do Paulínia. Foto: Fernando Martinez.

Final de jogo: Atibaia 0-1 Paulínia. Agora o time azul fica em terceiro lugar no grupo, ficando atrás do Atlético Araçatuba no saldo de gols. Já o Atibaia fica a três pontos da zona de classificação, em quinto lugar. Nas quatro rodadas restantes, muita coisa ainda deve rolar. Ah, e vale registrar que antes de entrar vimos uma conta meio estranha lá na bilheteria. A entrada inteira custou R$ 7,00, mas para a meia-entrada foi cobrado o valor de R$ 5,00. Hmm, não sou muito bom em matemática, mas acredito que a meia normal teria que ser R$ 3,50, certo? Ou no máximo R$ 4,00. Puxando de uma calculadora científica de última geração, o seu Natal e o David se desdobraram para fazer o cálculo certo.


O seu Natal mostrando a simpática placa mostrando o valor dos ingressos de inteira e meia. Algo errado na conta, certo? Foto: Fernando Martinez.

Na volta para São Paulo muita baboseira dentro do táxi do seu Natal e já estava no grau junto com o David para o segundo jogo do dia, agora do Paulista Feminino.

Até lá

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário