Procure no JP

terça-feira, 23 de setembro de 2008

Atibaia e Américo ficam no empate pela Segundona

Salve amigos!

Neste último domingo voltei à simpática cidade de Atibaia, para acompanhar a Laranja Mecânica caipira, a equipe do Atibaia, contra o novato Américo, no Estádio Salvador Russani. Como uma aventura Perdida que se preze tem que ter seus momentos pitorescos, fiz questão de registrar uma caravana de tropeiros que encontrei na entrada da cidade, possivelmente retardatários da histórica expedição de Fernão Dias, em busca das esmeraldas nunca encontradas.


Detalhes da simpática caravana de tropeiros e as vazias arquibancadas. Fotos: Estevan Mazzuia.

Já dentro do gramado, a decepção ficou por conta do péssimo público. A calorosa torcida local não saiu de casa pra acompanhar a despedida do time na cidade, já que este ano a eliminação ocorreu de forma ainda mais precoce que em 2007. Em campo, abri o guarda-chuva e fui em busca das tradicionais, e exclusivas, fotos oficiais da partida:


S.C. Atibaia - Atibaia / SP. Foto: Estevan Mazzuia.


Américo E.L. - Américo Brasiliense / SP. Foto: Estevan Mazzuia.


Trio de Arbitragem, formado por Fabiano Pereira, Jumar Nunes Santos e Edson Rodrigues dos Santos, com os capitães das equipes. Foto: Estevan Mazzuia.

Apesar de estar cumprindo tabela, a equipe da casa partiu em busca de uma despedida honrosa da competição, lançando-se ao ataque, conseguindo boas chances com João Paulo e William. O prêmio pela iniciativa chegou aos 16 minutos: após cobrança de escanteio da direita, João Paulo desviou para as redes, para desespero dos visitantes, que precisavam da vitória pra não depender de outros resultados na última rodada.


João Paulo marca para o S.C. Atibaia. Foto: Estevan Mazzuia.

Então, a chuva apertou pra valer, e o Américo resolveu acordar. Mas antes de sofrer o empate, os donos da casa reequilibraram a partida e conseguiram levar a vantagem para os vestiários.


Goleiro Dida observa a bola... ou será a chuva? Foto: Estevan Mazzuia.

Animado, o Atibaia voltou a campo com suas ofuscantes camisas cor laranja, e chegou perto de ampliar, nos primeiros 10 minutos. Aos 11 minutos, porém, Cristiano foi expulso após um carrinho por trás, e a história do jogo mudou. Com vantagem em campo e precisando vencer, o Américo foi pra cima.


O goleiro Dida trabalha bastante no segundo tempo. Foto: Estevan Mazzuia.

O tempo foi passando e os donos da casa conseguiram equilibrar a partida. Mas os visitantes não se conformavam com o resultado. Começou a brilhar, então, a estrela de Pedrão, que acabara de entrar, quando recebeu a bola na área, fez uma bela virada para livrar-se do zagueiro e bateu à esquerda de Dida pra empatar a partida, com categoria.

Com o empate, o Atibaia postou-se na defesa, e o Américo foi para o abafa, primeiro com Daniel, depois com Pedrão, que desviou uma bola dentro da pequena área, e a viu passar a milímetros do ângulo.


Pedrão (15) deu muito fôlego ao ataque do Américo. Foto: Estevan Mazzuia.

No último lance perigoso da partida, já nos acréscimos, Pedrão bateu forte da entrada da área, mas sem sucesso. Fim de jogo, Atibaia 1-1 Américo, resultado que frustrou gregos e troianos. Menos a nós, fãs de um belo jogo perdido, que vibramos com mais esse feliz capítulo da história do futebol brasileiro. Foi isso!

Abraços

Estevan

Nenhum comentário:

Postar um comentário