Procure no JP

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Vitória do Grêmio Osasco sobre o Bernô no paulista sub-20

Opa,

Depois da rodada dupla do sábado de manhã, uma terceira partida no dia se fazia necessária para fecharmos a trilogia "sub-15/sub-17/sub-20". Então nada mais justo do que acompanhar um jogo do genial Campeonato Paulista sub-20 da 2ª divisão no histórico Estádio Baetão, em São Bernardo do Campo. A partida reuniu dois times eliminados do campeonato, o querido EC São Bernardo e o Grêmio Osasco.

Como disse antes, eu e o David fomos para lá de trem, pelos trilhos que já fizeram tanta história no estado de São Paulo. Dentro desse trem, o amigo cinéfilo foi excomungado por uma tiazinha quando falou do seu gosto pessoal pelo Zé do Caixão. A simpática senhora excomungou até a 14ª geração dele. Tudo pois nosso amigo cinéfilo falou que queria ver o novo filme do "Coffin Joe" no cinema. Isso para o olhar incrédulo não só da tiazinha, como também de metade das pessoas no vagão.

Saindo da estação Santo André, ainda fomos de ônibus até São Bernardo. Com bastante tempo livre, ainda fizemos uma boquinha numa lanchonete lá perto. Mesmo com essa ensebação toda, chegamos super cedo no Baetão, com muito tempo para as fotos oficiais e exclusivas da partida:


EC São Bernardo (sub-20) - São Bernardo do Campo/SP. Foto: Fernando Martinez.


GE Osasco (sub-20) - Osasco/SP. Foto: Fernando Martinez.


O árbitro, os auxiliares e os capitães antes da partida. Foto: Fernando Martinez.

O jogo nada valia para definição de vagas para a Segunda Fase do sub-20. Somente reuniu os dois últimos colocados do grupo para definir quem seria o lanterna ao final da penúltima rodada dessa fase. Mas o São Bernardo já tinha feito boas partidas, conforme relatos dos nossos amigos da torcida do Bernô, e esperávamos então um bom jogo do alvinegro. E realmente o time começou muito bem o jogo, dominando a equipe do Grêmio Osasco, mas pecando no último toque.


Lance na lateral de campo no começo de partida. Foto: Fernando Martinez.


Grande chance perdida pelo Grêmio Osasco no primeiro tempo. Foto: Fernando Martinez.

O time da casa passou vinte minutos em cima do adversário, não deixando o Grêmio Osasco criar tantas chances e merecendo o gol. Mas uma saída errada de bola fez com que o Grêmio Osasco, mais ligado no lance, abrisse o marcador. O jogador Wellington acabou dominando a bola e chutando da entrada da área, no canto esquerdo de Vítor. Grêmio Osasco na frente do marcador e o filme que foi visto nos jogos do Bernô pelo sub-20 estava de novo em cartaz.


Mais um lance no campo de defesa do Bernô na primeira etapa. Foto: Fernando Martinez.

Só que logo em seguida, os anfitriões tiveram a chance de empatar a partida, num pênalti marcado pela arbitragem. Mas na cobrança, o camisa 10 André chutou alto demais e a bola bateu na trave do goleiro William Ruiz. Chance de ouro desperdiçada pelo São Bernardo. Pelo restante do primeiro tempo o time até tentou empatar, mas deu azar em todas as conclusões. E ainda por cima viu o Grêmio Osasco também perder alguns (poucos) contra-ataques. Enquanto isso, eu e o David sofríamos mudanças bruscas de temperatura em pequenos espaços de tempo. No primeiro tempo tivemos sol forte, tempo fechado, chuva, novamente sol forte e chuva enquanto o sol ainda aparecia. Assim não tem garganta que agüente...


Logo após o gol do Grêmio Osasco, o São Bernardo perdeu a chance de empatar nesse pênalti que bateu na trave. Foto: Fernando Martinez.

O jogo acabou no seu primeiro tempo com a vantagem mínima dos visitantes. Aproveitando o descanso, vi que o banheiro do Baetão é um dos mais bem cuidados da Grande São Paulo, ganhando ótima nota no "Ranking JP de banheiros de estádios". Nas cadeiras, um sonoro David curtia axé e forró pelo seu novo e potente celular. Agora o menino também faz parte do mundo da tecnologia! Mesmo sendo uma pessoa ainda sem e-mail, rádio no celular agora é com ele!

Bom, e para o segundo tempo vimos uma repetição do que aconteceu no primeiro: o São Bernardo atacando mais e o Grêmio Osasco tentando segurar a vitória mínima. O time da casa se cansou de perder gols, para desespero de parte da diretoria do clube que estava presente nas cadeiras. Vimos o Bernô perder muuuitas chances claras para empate. Isso mostrou que a equipe não é ruim, mas falta acertar esse pequeno detalhe, que é marcar gols.


Falta pela direita em mais uma chance do São Bernardo para empate. Foto: Fernando Martinez.

Para ilustrar o que aconteceu no final do jogo, aquela velha máxima do futebol "quem não faz, toma!" se fez presente. E foi isso o que aconteceu. Num dos poucos contra-ataques que deu certo, o Grêmio Osasco acabou ampliando o marcador. O jogador Carlos Eduardo carregou a bola e chutou forte. A bola ainda tocou nas duas traves antes de morrer no fundo das redes do São Bernardo. O Bernô merecia muito melhor sorte do que o placar final, mas perder tantos gols assim não tem como ficar impune. O Grêmio Osasco, fazendo sua parte, marcou quando teve chance e levou a vitória.


No desespero, o Bernô tentou, mas o goleiro do Grêmio Osasco não deu chance ao ataque alvinegro. Foto: Fernando Martinez.

Final de jogo: EC São Bernardo 0-2 Grêmio Osasco. Com esse resultado, o time osasquense deixa a lanterna do grupo para o Bernô. Essa também foi a despedida do time do ABC em seu campo em 2008. Esperamos muito que o time possa voltar ao profissionalismo em 2009. Sabemos por muitas fontes que isso é algo difícil de acontecer, mas um time que tem a história brilhante que o EC São Bernardo tem, merece estar de volta às páginas esportivas muito em breve.

Bom, na volta de SBC, eu e o David pegamos um ônibus lotado até o metrô, e por muito pouco também não engatei a quarta partida do dia, mas como iria trabalhar de madrugada achei melhor (tentar) descansar um pouco. E mesmo baleado, quebrado e destruído, ainda consegui mais uma rodada dupla genial no domingo...

Até lá

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário