Procure no JP

terça-feira, 25 de setembro de 2007

Bragantino ainda respira na Série C

Fala pessoal!

Depois de cozinhar nas arquibancadas do Canindé no domingo cedo, fui junto com o David no carro do Jurandyr até a cidade de Bragança Paulista, para mais um jogo do Campeonato Brasileiro da Série C. No Estádio Marcelo Stéfani fomos acompanhar um jogo mais do que decisivo entre o CA Bragantino e o grande America FC do Rio de Janeiro. Sempre arranjamos um jeitinho de ver um jogo do Diabo, time que todos nós do JP gostamos bastante.

Chegando lá encontramos o Orlando vindo de Atibaia e já dentro do campo para as fotos oficiais. JP sempre fazendo um serviço para o futebol brasileiro...


CA Bragantino - Bragança Paulista/SP. Foto: Orlando Lacanna.


America FC - Rio de Janeiro/RJ. Foto: Orlando Lacanna.


O árbitro Édson Esperidião (ES), os auxiliares Jair Albano Felix (MG) e Marlei Leite da Silva (MG) e o quarto árbitro Antônio Rogério Batista do Prado (SP). Foto: Orlando Lacanna.

O jogo era decisivo pois o Braga não poderia sequer pensar em empate, caso contrário o time seria praticamente eliminado já na primeira rodada do returno. O America buscava a vitória que deixaria o time em boa situação ainda faltando duas rodadas para o final dessa terceira fase. E o jogo começou com o Bragantino jogando melhor e abrindo o placar logo aos 9 minutos, com o atacante David escorando cruzamento na pequena área. O pequeno público fez a festa!


O camisa 9 do Braga toca de cabeça no lance do primeiro gol dos mandantes. Foto: Fernando Martinez.


Em outro ângulo, vemos o goleiro americano desesperado tentando chegar na bola. Mas era tarde... Foto: Orlando Lacanna.

Mesmo com o gol, o Bragantino continuou melhor, mas seus ataques não foram concluídos. A lateral esquerda do Diabo era uma avenida, e o camisa 2 Renan deitava e rolava por ali. Pena para a torcida do Braga que essas chances não foram aproveitadas.


Zaga do Bragantino para com falta ataque do America. Foto: Orlando Lacanna.

E o jogo foi para o intervalo com a vantagem mínima dos mandantes. No intervalo fomos conversar com o pessoal do America, e conferir que o Jurandyr e o David estavam marcando presença lá. O Jurandyr, americano de nascença, fez questão de ficar no meio do pessoal. O Orlando então veio para as numeradas e fez companhia comigo no segundo tempo.

Segundo tempo que começou com mais um gol do Bragantino aos 8 minutos. Aliás, um golaço de Valdir Papel, de fora da área e que entrou no ângulo do goleiro americano. Dois a zero no placar e jogando melhor era fatura fechada certo? É, até pode ser, mas o Braga deu brechas demais e o America, time experiente, não deixou quieto. Aos 27 minutos, em cobrança de falta perfeita, Léo Maringá fez o primeiro do time vermelho.


Cobrança de falta para o America, Léo Maringá bate... Foto: Fernando Martinez.


... e coloca no ângulo direito de Gléguer. Golaço do America. Foto: Orlando Lacanna.

E o jogo então seguiu naquele nervosismo, com todos no estádio ansiosos para o final do jogo e a eventual vitória do Braga. Mas aos 44 minutos a torcida sofreu um duro golpe. Depois de confusão na área do Braga, o atacante Eraldo marcou o segundo gol do America. O gol de empate que eliminaria os paulistas. Festa na torcida americana e silêncio sepulcral no resto do estádio. Mas de forma inesperada, o time alvinegro chegou ao gol da vitória aos 46 minutos. Depois de falta pela esquerda, o zagueiro Cris apareceu no meio da zaga e cabeceou para fazer o seu.


Detalhe do terceiro gol do Bragantino, garantindo a dramática vitória para os donos da casa. Foto: Orlando Lacanna.

Final de jogo: Bragantino 3-2 America/RJ. O resultado, que deixa vivo o time na Série C, foi importante para que o time ainda busque a tão sonhada vaga no Octogonal Final. O America também mantem suas chances, já que a Ulbra perdeu para o CRAC. O time goiano, já classificado, fica assistindo de camarote a briga entre os outros três times.

Depois do jogo voltamos pela cabulosa Fernão Dias e com seu trânsito dos infernos demoramos um pouco para chegar em São Paulo. Mas nada que uma boa conversa no carro não deixe as coisas mais legais...

Até a próxima

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário