Procure no JP

terça-feira, 4 de setembro de 2007

A despedida do Rio Claro na Série C

Saudações doentias!

Neste sábado, eu e o Estevan nos dirigimos até Santa Bárbara D'Oeste para assistir no Estádio Antônio Guimarães o jogo entre Rio Claro FC versus CRAC (GO), partida válida pelo Campeonato Brasileiro da Série C. O encontro, para efeito de classificação, nada valeu, pois o Rio Claro já estava eliminado e o time goiano classificado para a terceira fase, o que para nós do JP não significa nada. O importante era colocar mais um time na lista, no caso, o CRAC.


Rio Claro FC - Rio Claro/SP. Foto: Estevan Mazzuia.


CRAC - Catalão/GO. Foto: Estevan Mazzuia.


Quarteto de arbitragem completamente feminino da partida: a árbitra Martha Vasconcelos (RJ), as auxiliares Aline Lambert (SP) e Maria Eliza Correia Barbosa (SP) e a quarta árbitra Sílvia Regina de Oliveira (SP). Foto: Estevan Mazzuia.

Os primeiros 10 minutos deram a impressão que o CRAC arrasaria o Rio Claro, pois nesse período o goleiro Luís Henrique, do Galo Azul, fez pelo menos duas grandes defesas.


Vista geral da partida. Foto: Estevan Mazzuia.

Após esse ímpeto inicial do CRAC, o Rio Claro acertou a marcação e equilibrou um pouco a partida, que entrou em um período de normalidade, até que aos 31 minutos Mirandinha tabelou com Dinei e recebeu livre na pequena área. Driblou o goleiro antes de tocar a bola para o fundo das redes, decretando a abertura do placar para os donos da casa.


Mirandinha, prestes a driblar Eduardo e abrir o marcador. Foto: Estevan Mazzuia.

Em seguida, o Rio Claro, como que tomado por uma fúria devastadora, marcou o segundo gol, novamente através de Mirandinha, que recebeu um lançamento e tentou encobrir o goleiro do CRAC, Eduardo, mas não obteve sucesso. Para azar de Eduardo, a bola acabou sobrando para o mesmo Mirandinha, que tocou para o fundo das redes, aumentando a vantagem no placar para os paulistas.


Falta para o CRAC, sem grande perigo ao gol de Luís Henrique. Foto: Estevan Mazzuia.

Assim, o primeiro tempo terminou com o placar de Rio Claro 2-0 CRAC. No intervalo, consumimos muitos líquidos, pois o calor estava muito forte. O segundo tempo começou dando a impressão que o CRAC reagiria, mas seu ataque, sem força e interesse, logo acabou desistindo. O Rio Claro, por sua vez, se acomodou e o placar não se alterou até o final.


Disputa de bola no meio de campo, durante a segunda etapa. Foto: Estevan Mazzuia.


Raro momento de emoção na etapa complementar. Foto: Estevan Mazzuia.

Assim, podemos dizer que vimos uma partida de um tempo só, que acabou, no fim das contas, marcando a despedida do Rio Claro de suas atividades profissionais nesse ano de 2007. Final de jogo: Rio Claro 2-0 CRAC. O time goiano se classifica no grupo junto do outro goiano, o Vila Nova, que eliminou o Guarani na bacia das almas. O CRAC pega outro paulista na terceira fase, o Bragantino.


Na saída do estádio, pude posar ao lado do belo ônibus do Galo Azul. Fotos: Estevan Mazzuia.

Abraços

David

Nenhum comentário:

Postar um comentário