Procure no JP

terça-feira, 4 de setembro de 2007

Campinas vence o líder Jabaquara

Buenas!

Domingão pela manhã eu segui até Campinas para acompanhar a partida Campinas x Jabaquara, no Estádio Cerecamp, em jogo válido pela segundona paulista. Segundo a Federação Paulista a partida seria jogada com portões fechados, mas não foi isso que aconteceu, pois houve venda de ingressos com um pequeno público presente. E para iniciar vamos com as fotos oficiais da partida:


Campinas F.C. - Campinas / SP. Foto: Emerson Ortunho.


Jabaquara A.C. - Santos / SP. Foto: Emerson Ortunho.


Trio de arbitragem, formado pelo árbitro Élcio Paschoal Borborema, os assistentes Manoel de Andrade Filho e Alessandro Pitol Arantes, com os capitães das equipes. Foto: Emerson Ortunho.

O jogo começou com o Campinas, que tinha grande necessidade pela vitória, indo para cima do Jabaquara. A equipe de Santos apesar de líder, entrou com uma postura muito apequenada se posicionando praticamente só no setor defensivo. O Campinas apesar de criar algumas boas jogadas encontrava muita dificuldade de penetrar na defesa do Jabaquara.


Cobrança de escanteio no primeiro tempo da partida. Foto: Emerson Ortunho.

E como futebol é sempre imprevisível, quem saiu na frente no marcador foi o Jabuca. E aproveitando uma das suas poucas jogadas de ataque, após uma cobrança de falta, o volante Douglas aproveitou o rebote do goleiro e mandou para o fundo das redes.


Lance que originou o primeiro gol do Jabuca. Foto: Emerson Ortunho.

Já no fim da primeira etapa, o Campinas empatou numa penalidade onde o árbitro acabou sendo infeliz. Como eu estava no lado oposto ao lance, eu não consegui ter parâmetro nenhum no estádio, mas assistindo as imagens pela televisão, ficou claro que não houve nada no lance. Na cobrança o Campinas empatou a partida e pouco tempo depois o primeiro tempo foi encerrado com o placar de 1 a 1.


Lance da partida Campinas x Jabaquara. Foto: Emerson Ortunho.

No segundo tempo, o Campinas voltou melhor e foi pra cima do Jabaquara, que novamente se posicionou de uma maneira muito defensiva. Com a pressão a equipe da casa acabou virando a partida através de Dick. Atrás no placar, o Jabuca resoveu sair para o jogo e acabou abrindo espaços para os fortes contra-ataques campineiros. E foi numa jogada individual de contra-ataque que o Campinas ampliou com o camisa 7, Léo, que acertou um tirambaço da intermediária e marcou um golaço.


O Campinas fez forte pressão no início da segunda etapa. Foto: Emerson Ortunho.

Com dois gols de desvantagem, o Jabaquara tentou buscar o empate e o segundo gol acabou saindo após um lance involuntário do árbitro. Na tentativa rápida de reposição de jogo, por parte do time campineiro, a bola acabou batendo no calcanhar do refere e sobrando livre para o zagueiro Alex Silva chutar de fora da área e marcar para o Jabuca. O Leão ainda tentou o empate, mas não era mesmo o dia da equipe, que mais uma vez não apresentou um bom futebol, e apesar da garra de alguns jogadores em campo, o empate acabou não saindo.


Goleiro do Campinas afasta as tentativas de empate do Jabaquara. Foto: Emerson Ortunho.

Final de jogo: Campinas 3 x 2 Jabaquara. Com o resultado o Campinas entrou com força e boas chances na briga pela classificação. Já o Jabaquara se marcar 4 pontos nos dois jogos restantes, se classifica sem depender de ninguém e dependo dos resultados pode até se classificar no domingo com uma vitória frente ao Tupã.

A volta pra casa foi tranqüila, apesar dos caros pedágios do sistema Anhangüera-Bandeirantes.

Abraços!

Emerson

Nenhum comentário:

Postar um comentário