Procure no JP

segunda-feira, 19 de novembro de 2007

Classificação heróica do Pão de Açúcar no sub-17

Opa,

Depois da classificação são-paulina no sub-15, agora era a vez do Campeonato Paulista sub-17 dar as caras no CT do São Paulo. E vi então um "quase" clássico atual das categorias de base: São Paulo x Pão de Açúcar, válido pela volta das semifinais da competição. E mais uma vez o JP leva até vocês as fotos oficiais da partida com exclusividade:


São Paulo FC (sub-17) - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez.


Pão de Açúcar EC (sub-17) - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez.


Posando de forma exclusiva para o JP o árbitro Raphael Claus, os auxiliares Giulliano Neri Colisse e Daniel Yeda, junto com os capitães dos times. Foto: Fernando Martinez.

Bom, esse jogo seria bem mais complicado para o São Paulo, já que o time da rede de supermercados ganhou o primeiro por 1 a 0 e jogava pela vantagem do empate. Mas logo no primeiro minuto o São Paulo parecia que deixaria a partida mais tranquila, ao fazer 1 a 0 aproveitando uma bobeira da zaga do Pão de Açúcar. Festa enorme nas arquibancadas lotadas (é, tinha muita gente vendo o jogo) e muita provocação entre o pessoal das duas torcidas (é, tinha muita gente torcendo pelo PAEC também).


Lance do começo de jogo entre São Paulo e Pão de Açúcar. Foto: Fernando Martinez.

Depois do gol, e precisando empatar para se garantir na final, o Pão de Açúcar até tentou esboçar alguma reação, mas o gol de empate não chegava. O jogo ficou bastante equilibrado, com muita rivalidade no gramado. E sem ter chances claras de gol para nenhum time, o jogo parecia que seguiria sem mais gols para o intervalo. Mas aí apareceu a estrela do jogador Dênis, camisa 10 do time amarelo. Ele já tinha feito o gol no primeiro jogo, no qual também tinha perdido um penal. E dessa vez, aos 38 minutos, ele teria nova chance de se redimir.

E na cobrança, certeira, ele empatou a partida e levou o jogo para o intervalo empatado. Garantia que o segundo tempo pegaria fogo. No intervalo o seu Natal foi tietar jogadores do time principal do SPFC que apareceram por lá. Mesmo santista convicto, ele fez a festa...


Empate do Pão de Açúcar no finalzinho do primeiro tempo. Foto: Fernando Martinez.

Bom, na volta do segundo tempo a partida começou exatamente como começaram os primeiros 40 minutos, com um gol do São Paulo logo no primeiro minuto. Se aproveitando de nova bobeira da zaga do time do Pão de Açúcar, o camisa 11 tricolor entrou na área e chutou no canto esquerdo do goleiro adversário. Para nova festa da torcida da casa, São Paulo 2 a 1.


Lance do segundo gol são-paulino, logo no primeiro minuto da segunda etapa. Foto: Fernando Martinez.


O Pão de Açúcar tentava o ataque, mas a defesa do São Paulo fazia boa partida. Foto: Fernando Martinez.

De novo precisando do empate para ir para a final, o Pão de Açúcar tentou algo, mas esbarrava na indolência de alguns jogadores. Bolas fáceis eram perdidas e os ataques pecavam no último toque. Com isso o tempo ia passando, e o São Paulo ia se garantindo na grande final. E nos contra-ataques os anfitriões levavam perigo.

E o jogo foi seguindo assim até seu final, com o São Paulo administrando e o Pão de Açúcar não tendo sorte nos seus ataques. Mas quando as luzes estavam se apagando e a torcida da casa já fazia festa, um atacante do time amarelo apareceu sozinho dentro da área, driblou o goleiro e chutou... mas no meio do caminho um zagueiro fez uma defesa digna de Rogério Ceni, mas com o detalhe que ele não poderia ter colocado a mão na bola.


Bom ataque do time amarelo no final do jogo... em segundos o zagueiro do São Paulo cometeria pênalti. Foto: Fernando Martinez.

Então aos 38 minutos o São Paulo teve um jogador expulso e pênalti contra. Na cobrança, extremamente importante para a história do Pão de Açúcar, o mesmo Dênis bateu com categoria, e mesmo com o goleiro ainda tocando na bola, marcou o segundo gol seu e o segundo do seu time, o gol que levaria o time à Final. E no desespero até o final do jogo, o São Paulo ainda deu brechas e os visitantes perderam a chance de virar o placar. Mas no final, deu os amarelos!


Quase no apagar das luzes, Dênis bateu com precisão e classificou o Pão de Açúcar para a Final. Foto: Fernando Martinez.

Final de jogo: São Paulo 2-2 Pão de Açúcar. Classificação heróica do time do mercado, com pitadas de emoção exacerbada. Agora o time disputa a final do sub-17 contra um forte Corinthians, que eliminou com dificuldade o time do Santos. Belo trabalho do PAEC, que chega às duas finais, infantil e juvenil, e mostra que o time está no caminho certo. Quem sabe o JP não pinta nessas finais? É só aguardar!

Até mais

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário