Procure no JP

segunda-feira, 20 de agosto de 2007

Vitória do Paulínia pelo sub-20

Olá, amigos!

Conforme prometido, segue o relato da segunda partida por mim acompanhada no último final de semana. Saindo de Amparo, dirigi-me à Itapira, novamente em companhia da colega e assessora eventual, Paula Carolina, que muito tem me auxiliado nas anotações. A partida em questão, entre a SE Itapirense e o Paulínia FC, valeu pelo Campeonato Paulista sub-20 da Segunda Divisão.


SE Itapirense (sub-20) - Itapira/SP. Foto: Estevan Mazzuia.


Paulínia FC (sub-20) - Paulínia/SP. Foto: Estevan Mazzuia.


Trio de arbitragem do jogo formado pelo árbitro Celso Aparecido Gonçalves, os assistentes Adriano de Assis Miranda e Thales José Pinheiro, junto com os capitães das equipes. Foto: Estevan Mazzuia.

O primeiro tempo foi muito bom, e os visitantes mostraram não se intimidar diante dos anfitriões. Logo aos 3 minutos, chegaram muito perto de abrir o placar, através do cabeludo Diego.


Tiro de meta para a Itapirense. Foto: Estevan Mazzuia.

Aos 29 minutos, Luiz Rogério fez falta em Dênis, dentro da área. O próprio Dênis cobrou e marcou 1a0 para o time visitante.


Detalhe do primeiro gol do Paulínia FC. Foto: Estevan Mazzuia.

Durante toda a primeira etapa, o Paulínia teve mais volume de jogo, com maior posse de bola e criatividade, tendo merecido, portanto, o resultado parcial. A SEI até criava algumas chances, mas sem levar muito perigo ao gol de Rodrigo.


Dênis cobrando falta para o Paulínia. Foto: Estevan Mazzuia.

A tônica do segundo tempo não foi muito diferente. Para desespero da torcida, aos 24 minutos Diego recebeu cruzamento da esquerda e ficou cara a cara com o arqueiro Marcelo. Com tranquilidade, Diego deslocou o goleiro e ampliou o placar.


Lance do segundo tempo. Foto: Estevan Mazzuia.

Aos 36 minutos, a bola sobrou para Dênis na grande área: sem titubear, o jogador sacode as redes, mas o árbitro já havia parado o jogo, e o gol foi anulado. Aos 43 minutos, um alento para a torcida: Charles recebeu na entrada da área, e tocou com categoria à esquerda de Rodrigo. A torcida se animou com a possibilidade o empate, mas o Paulínia soube resistir nos minutos finais.


Ataque do Paulínia. Foto: Estevan Mazzuia.

Final de jogo, Itapirense 1-2 Paulínia, com destaque para a atuação do goleiro Marcelo, que impediu pelo menos outros dois gols do Paulínia na segunda etapa, graças ao péssimo posicionamento em linha da defesa da Itapirense. Foi isso. No domingo, ainda acompanhei uma bela partida na companhia de meus colegas, mas isso é assunto para outro post!

Até a semana que vem!

Abraços

Estevan

Nenhum comentário:

Postar um comentário