Procure no JP

segunda-feira, 13 de agosto de 2007

Boa vitória do Tigre do ABC pelo sub-20 da 1ªdivisão

Fala pessoal!

Depois da rodada dupla na Javari no sábado de manhã, segui sozinho até a Barra Funda, para o meu terceiro jogo do Naça no dia, fechando as categorias de base do clube. No Estádio Nicolau Alayon, vi um jogo pelo Campeonato Paulista sub-20 da Primeira Divisão, entre Nacional e São Bernardo FC. O pessoal do JP adora esse campeonato, difícil e que nos últimos anos tem mostrado algumas surpresas, vide os dois últimos campeões, XV de Jaú e Mogi-Mirim.

E para variar consegui as fotos posadas, e como de praxe, exclusivas:


Nacional AC (sub-20) - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez.


São Bernardo FCL (sub-20) - São Bernardo do Campo/SP. Foto: Fernando Martinez.


Quarteto de arbitragem do jogo: o árbitro Amur Castanheira Oliveira, os auxiliares Rafael Luiz da Silva e Alexandre Vasconcellos e o quarto árbitro Cleiton Moreira da Silva, junto com os capitães dos times. Foto: Fernando Martinez.

Saindo do gramado, encontrei nas arquibancadas o amigo de longa data Paolo Gregori, com seu filho Lorenzo e um jornalista estadunidense amigo dele perdido por lá, o Roberto. Jornalista da revista "The Economist", foi conhecer o verdadeiro futebol brasileiro... E nós vimos um bom jogo de futebol na recém-pintada Comendador Souza. Os dois times vinham de derrota por 3 a 0 na primeira rodada, então a ordem do dia era reabilitação.


Cruzamento na área e ataque perigoso do Naça no primeiro tempo. Foto: Fernando Martinez.

O São Bernardo começou melhor, buscando mais o gol. Mas em questão de pouco tempo, o Nacional equilibrou o jogo e passou a perder algumas boas chances de abrir o placar. Para variar, e como vemos em todos os jogos na Comendador Souza, o Nacional sentiria falta dessas chances perdidas.


Zaga do São Bernardo afasta perigo em escanteio contra sua meta. Foto: Fernando Martinez.

E seguindo perdendo gols, o Nacional viu o Tigre do ABC melhorar e ter a preciosa chance de abrir o placar aos 33 minutos numa cobrança de pênalti. Mas na cobrança, o goleiro Diogo defendeu brilhantemente a cobrança de Renan e não deixou que o time amarelo comemorasse. Uma belíssima defesa, sem que o goleiro se adiantasse nada. Parabéns...


Renan perde a chance de abrir o placar para o Tigre. O goleiro Diogo foi brilhante na defesa. Foto: Fernando Martinez.

E o jogo seguiu nesse esquema até o final do segundo tempo. No intervalo, conversamos bastante sobre a vida e sobre jornalismo em si. Em pelo sub-20, conversas filosóficas foram vistas nas arquibancadas do Nacional. Genial! Ah, e vimos também que o Nacional colocou grades gigantes atrás dos gols. Ô obra sem noção... depois mostro por aqui como ficou.

Na volta do segundo tempo, fomos acompanhar o ataque do Nacional de novo, e do outro lado do campo, eu acompanhei um dos cinco gols mais lindos que vi num estádio de futebol, isso em quase 1300 jogos. Aos 9 minutos, a bola foi cruzada pela direita do ataque do São Bernardo, ela ainda resvalou num zagueiro e sobrou alta na entrada da área. Ai, com um lampejo de genialidade, o camisa 10 Fabinho deu uma bicicleta perfeita e a bola entrou no canto direito do goleiro. Uma pintura de gol que merecia ser vista por todos, e com o detalhe que meus amigos não viram.


Chance perdida pelo Nacional, já em desvantagem no placar. Foto: Fernando Martinez.

Depois desse gol, levou alguns minutos para o Nacional acordar, mas quando isso aconteceu, eles fizeram uma blitz em cima da defesa do Tigre. O time da Barra Funda abusou do direito de perder gols, mesmo em vantagem numérica. Chegou a ser irritante o número de oportunidades desperdiçadas.


Detalhe do motorista da ambulância se protegendo do grande frio no Nacional e o Lorenzo, filho do Paolo, fazendo as vezes de hooligan, preocupado com a vitória parcial do São Bernardo. Fotos: Fernando Martinez.

E o jogo seguiu nesse esquema até o final, com o Naça perdendo a chance de somar pontos preciosos em casa. Final de partida: Nacional 0-1 São Bernardo FC. Com certeza esses pontos farão falta no final dessa primeira fase, ainda mais contando que o grupo tem times difíceis.


Eu, Roberto e o Paolo com seu filho Lorenzo, nas arquibancadas do Nacional passando frio. Foto: Fernando Martinez.

Depois do jogo fui curtir o frio em casa, já esperando a rodada do domingo...

Até lá

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário