Procure no JP

terça-feira, 24 de julho de 2007

Série C em Bragança Paulista

Olá!

Após problemas profissionais que me impediram de comparecer em alguns jogos do final de semana passado, no domingo a tarde consegui ir até ao Estádio Marcelo Stéfani, em Bragança Paulista acompanhar a partida entre CA Bragantino e EC Águia Negra, válida pela Série C do Campeonato Brasileiro. Como cheguei muito em cima da hora não foi possível tentar entrar em campo para as fotos dos times posados.

O Bragantino tinha apenas quatro pontos na competição e estava um ponto atrás do próprio Águia Negra, de Rio Brilhante/MS, por isso a vitória era extremamente necessária para a equipe da casa buscar uma vaga na próxima fase. Essa situação logo se refletiu em campo, com o Bragantino tendo mais posse de bola enquanto a equipe visitante se limitada a defender o empate.


Disputa de bola no meio-de-campo, a tônica de um jogo com poucas emoções. Foto: Victor Minhoto.

Apesar do ataque dos mandantes se apresentar bem ineficiente, em uma jogada isolada, aos 27 minutos da 1ª etapa, a bola veio cruzada da direita e o camisa 7 Somália tocou de letra, mas a bola bateu na trave e correu paralelamente a linha de meta adversária. Por sorte o camisa 11 Evandro estava na jogada e apenas teve o trabalho de tocar para o fundo das redes abrindo o marcador em favor do Bragantino.


Bola alçada na área do Águia Negra que não resulta em resultado concreto para o Bragantino. Foto: Victor Minhoto.

Apartir deste momento a equipe paulista conseguiu piorar ainda mais sua atuação e permitiu que o time sul-matogrossense se aventurasse mais ao ataque, mas seu sistema ofensivo era ainda menos eficiente que o do Bragantino. Tanto que a única jogada de real perigo ocorreu aos 38 minutos ainda do 1º tempo após um penalti. Na cobrança, por sinal muito mal executada, o goleiro Bruno, com a permissão do árbitro, se adiantou de forma descarada e defendeu a cobrança.


Após muito se adiantar o goleiro Bruno do Bragantino defende cobrança de penalti. Foto: Victor Minhoto.

O segundo tempo voltou da mesma forma que o primeiro, ou seja, poucas chances de gol e fraca qualidade técnica das duas equipes. O único jogador que se esforçava um pouco mais era o camisa 18 do Bragantino, Davi, que havia entrado no intervalo. Tanto que aos 38 minutos da etapa final, em um contra-ataque, Somália chutou cruzado, a bola passou pelo goleiro rubro-negro e o próprio Davi entrou de carrinho para tocar a bola para o gol e aumentar a vantagem para os paulistas.


Em cobrança de falta mais uma boa defesa de Bruno. Foto: Victor Minhoto.

Com isso a equipe do Águia Negra se conformou com a derrota e o jogo seguiu sem maiores emções para o placar final de Bragantino 2x0 Águia Negra. Agora o Bragantino ocupa a 1ª posição do grupo com 7 pontos, seguido de CENE e Águia Negra com 5 e Sertãozinho com 4, mas apesar da colocação o Leão precisa melhorar muito seu futebol para conseguir o tão sonhado retorno a Série B. No fim, o jogo valeu mesmo pois eu não tinha visto a equipe do interior do Mato Grosso do Sul, ou seja, mais um time para minha lista.

Até a próxima,

Victor

Nenhum comentário:

Postar um comentário