Procure no JP

terça-feira, 17 de julho de 2007

Cai o último invicto da Segundona

Olá,

Após presenciar um jogo disputadíssimo pela manhã em Taboão da Serra, o Jurandyr e eu seguimos até a cidade de Embu, e fomos ao Estádio Municipal Hermínio Espósito para acompanharmos um jogão que também valeu pela rodada inaugural da segunda fase do Campeonato Paulista da Segunda Divisão. A pedida agora foi Pão de Açúcar EC x Batatais FC pelo Grupo 8.

Com de hábito, também fomos muito bem recebidos pelo pessoal local que facilitaram ao máximo a realização do nosso trabalho. Com o Jurandyr já instalado confortavelmente na área reservada para a imprensa, fui para o gramado para, mas uma vez tirar as fotos EXCLUSIVAS dos participantes da partida apresentadas abaixo:


Pão de Açúcar EC - São Paulo/SP (mandando seus jogos em Embu). Foto: Orlando Lacanna.


Batatais FC - Batatais/SP. Foto: Orlando Lacanna.


Quarteto de arbitragem comandado por Leandro Bizzio Marinho, seus assistentes: Matheus Camolesi e Itamar Donizete Antonelli, além do quarto árbitro Carlos Eduardo C. da Silva com os capitães das duas equipes. Foto: Orlando Lacanna.

Apesar do pequeno público presente, a partida era cercada de enorme expectativa, pois envolvia duas das melhores equipes da competição, inclusive o Batatais era o único time invicto. Vale destacar a presença da Torcida Unida do Fantasma (TUF) que viajou quase 400km para acompanhar e incentivar o time do Fantasma da Mogiana.

A partida começou de forma equilibrada, com as duas equipes se estudando e se respeitando. O Batatais jogou com muita personalidade, nem parecendo que estava jogando fora da sua casa e, por outro lado, o Pão de Açúcar, com seus jogadores experientes (Itapagipe e Sérgio Lobo) também jogava uma bela partida, tornando o jogo muito bom tecnicamente.


Corte da defesa do Batatais. Foto: Orlando Lacanna.

Com todos esses ingredientes e muita raça das duas equipes, na primeira etapa o jogo foi equilibrado e não havendo predomínio de uma equipe sobre a outra, a igualdade sem gols foi mantida até o final dessa etapa.


Disputa de posse de bola usando os braços. Foto: Orlando Lacanna.


Cruzamento do ataque do Pão de Açúcar. Foto: Orlando Lacanna.

Durante o intervalo, novamente pudemos desfrutar da hospitalidade da Diretoria do Pão de Açúcar que ofereceu um belo lanche aos presentes que estavam cobrindo a partida. Além do lanche, é claro muita conversa sobre futebol.


Agora cruzamento do ataque do Batatais. Foto: Orlando Lacanna.

A partida no segundo tempo recomeçou da mesma forma que rolou durante toda a primeira etapa, ou seja, equilíbrio absoluto até que, aos 26 minutos ocorreu um lance que deixou todos os presentes preocupados, pois o zagueiro Marquinhos do Batatais, ao disputar uma bola pelo alto, caiu todo torto, batendo a cabeça no chão e entortando o pescoço. Foi rapidamente socorrido e levado para o hospital pela ambulância que estava no estádio e, com isso o jogo ficou paralisado por 18 minutos, até que a ambulância retornasse.

Curiosamente após esse incidente, pareceu que todos os atletas colocaram os dedos numa tomada de 220 v, pois voltaram "elétricos" e, as emoções começaram a despencar fazendo com que a partida ficasse melhor do que já estava. Nessa "cascata" de emoções o Pão de Açúcar abriu o marcador aos 52 minutos num golaço do ala esquerdo Rafael Cordeiro que acertou um belo chute no ângulo superior direito do goleiro Naldo. Não deu tempo nem para comemorar, pois um minuto após o Batatais empatou num outro golaço, marcado pelo atacante Ronaldo em jogada realizada pela ponta esquerda.


Detalhe do gol de empate do Batatais marcado por Ronaldo. Foto: Orlando Lacanna.

Quando todos esperavam que o empate seria o resultado final, eis que aos 65 minutos, o volante Itapagipe de cabeça, aproveitando escanteio cobrado pelo lado esquerdo, colocou os donos da casa em vantagem, levando seus companheiros e a pequena torcida local ao delírio.


Cabeceio de Itapagipe que resultou no gol da vitória do Pão de Açúcar. Foto; Orlando Lacanna.

Término de partida com o placar final de Pão de Açúcar 2 - 1 Batatais que colocou fim à invencibilidade dos visitantes no campeonato, mas pelo futebol apresentado pelas duas equipes deixa a esperança aos seus torcedores que poderão chegar à terceira fase e brigar pelo acesso à Série A3. Foi o chamado "jogão" que tanto um time quanto o outro poderia vencer e deu os donos da casa.

Bem, fim espetáculo e o início do retorno a São Paulo com o sentimento de dever cumprido e o gostinho de ter assistido uma partida sensacional e, mais importante do que tudo isso, ter a informação de que o atleta Marquinhos estava fora de perigo e passava bem. Fora isso o lance foi planejar a jornada dominical.

Abraços,

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário