Procure no JP

terça-feira, 5 de junho de 2007

Ótima vitória do Guarulhos pela Segundona

Fala pessoal!

Na manhã desse domingo estive presente em mais um joguinho do genial Campeonato Paulista da Segunda Divisão. Mesmo com o frio e o sono, segui até a cidade de Guarulhos com uma providencial carona do seu Natal para vermos o jogo entre Guarulhos e Força. Jogo que prometia bastante graças à clara recuperação do time do Guarulhos no campeonato, e que mediria forças contra o vice-líder do grupo, mesmo com o time laranja não vencendo as últimas três partidas. Chegamos lá e como sempre fomos bem recebidos pelo pessoal. E mais uma vez seguem as tradicionalíssimas fotos dos times posados:


AD Guarulhos - Guarulhos/SP. Foto: Fernando Martinez.


Força EC - São Paulo/SP (mas mandando seus jogos em Caieiras). Foto: Fernando Martinez.


O árbitro Eleandro Pedro da Silva, os auxiliares Marcos Alves e Giulliano Colisse, e os capitães Mauá (do Força) e Adriano (do Guarulhos) posam para as lentes do JOGOS PERDIDOS. Foto: Fernando Martinez.

E postados nas cabines de imprensa do Estádio Antônio Soares de Oliveira, vimos um jogo bastante movimentado e que durante todo o primeiro tempo teve o domínio territorial do time paulistano. O Força jogava em cima da defesa do time guarulhense e criava boas chances para abrir o placar. A primeira grande chance aconteceu aos 16 minutos, quando o jogador Diego recebeu na área, cortou o zagueiro e chutou para ótima defesa do goleiro Leandro.


O camisa 10 Diego chuta para grande defesa do arqueiro Leandro, aos 16 minutos do primeiro tempo. Foto: Fernando Martinez.

Mas na primeira chance do time azul, a equipe acabou abrindo o placar. Aos 22 minutos, o jogador Claudecir sofreu pênalti. Na cobrança o jogador Lucas Nascimento deu a famosa paradinha e marcou o primeiro gol para os donos da casa. É... quem não faz toma...


Com paradinha e tudo, o jogador Lucas Nascimento abre o placar para o Guarulhos. Foto: Fernando Martinez.

Depois de ter sofrido o gol, o Força se lançou de vez ao ataque e obrigou o goleiro Leandro a praticar ótimas defesas. Os atacantes do Força perderam quatro chances mais do que claras para empatar e quem sabe até virar o jogo em Guarulhos. As duas primeiras chances aos 36 minutos e as outras duas em lances à queima-roupa aos 44 minutos. Com esses milagres, o jogo foi para o intervalo com a vantagem mínima para o onze guarulhense.


Mais uma tentativa do Força empatar o jogo no primeiro tempo. Foto: seu Natal.

No intervalo fomos conferir as maravilhosas coxinhas e lanches do bar do Estádio. O seu Natal mandou brasa numa coxinha oleosa e eu consumi dois queijos-quentes muito bem preparados. De novo, o bar de lá ganha o Selo JP de qualidade. Tudo bem que o seu Natal está com o gosto da coxinha até agora, mas faz parte...

Bom, e na volta do segundo tempo o Força continuou sua tentativa desesperada em empatar o jogo. Mas o intervalo foi providencial para que o Guarulhos se ajeitasse em campo e acertasse sua defesa.


Ataque do Força no segundo tempo de partida, com o jogador João Paulo. Foto: Fernando Martinez.

O time laranja tinha mais posse de bola mas não chegava de forma tão incisiva no gol do Leandro. E só cozinhando o galo, o Guarulhos foi deixando o Força achar que empataria para começar a levar perigo nos contra-ataques. Num deles, aos 24 minutos, a bola foi tocada para a direita e encontrou o camisa 10 Maicon livre. Ele entrou na área e chutou cruzado para marcar o segundo gol dos donos da casa.


Escanteio para o Força, buscando pelo menos seu gol de honra. Foto: Fernando Martinez.

Sentindo o gol, o Força até criou algumas chances, mas realmente não era dia do time sindical. E o Guarulhos ainda quase marcou o terceiro nos fatídicos contra-ataques. Final de jogo: Guarulhos 2-0 Força. Se o time guarulhense não tivesse perdido seis pontos no TJD, o time estaria com a faca e o queijo na mão para a classificação. Com 9 pontos, luta para tentar o milagre. Já o Força lamenta seu quarto jogo sem vitória, e tenta a recuperação semana que vem jogando em casa.


Detalhe do técnico Toninho Moraes, do Guarulhos, com sua boina e semblante parecidos com o lendário Colin Chapman, criador da Lotus. E ao lado eu entrevistando para o "Programa Jogos Perdidos" o autor do primeiro gol do ADG, Lucas Nascimento. Fotos: Fernando Martinez e seu Natal.

Depois do jogo fui para casa lamentando mais uma tarde de domingo sem jogos de futebol. Bem que os clubes poderiam rever esses horários hein?

Ate mais!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário