Procure no JP

quarta-feira, 27 de junho de 2007

Goleada histórica do Joseense

Olá, amigos!

Neste último domingo viajei à simpática cidade de Jacareí, para acompanhar o Derby do Vale, entre Jacareí A.C. e C.A. Joseense, pela 12ª rodada da primeira fase do Campeonato Paulista da Segunda Divisão. O palco do belo espetáculo que assisti foi o maravilhoso Estádio Stavros Papadopoulos. Agradeço à calorosa recepção que tive, e apresento as fotos oficiais da partida:


Jacareí A.C. - Jacareí / SP. Foto: Estevan Mazzuia.


C.A. Joseense - São José dos Campos / SP. Foto: Estevan Mazzuia.


Quarteto de arbitragem comandado por Leonardo Vinicius Pereira, seus assistentes Mateus Camolesi e Leonardo Ferreira Alves, além do 4º árbitro Leomar Oliveira Neves junto com os capitães das equipes. Foto: Estevan Mazzuia.

O jogo começou muito movimentado e disputado. Enquanto o time da casa, eliminado, colocou seu time sub-20 em campo, visando a disputa do campeonato da categoria, o Joseense teve força máxima, pois ainda mantinha chances matemáticas de classificação.


Disputa de bola no primeiro tempo. Foto: Estevan Mazzuia.

Os visitantes tinham leve domínio quando, aos 18 minutos, Mauro chutou na trave do goleiro Fernando. Na sequencia do lace, Cléber bateu o braço na bola dentro da área, e foi expulso. Na cobrança da penalidade máxima, Lê abriu o placar para o JAC.


Detalhe do primeiro gol da partida. Foto: Estevan Mazzuia.

Gradativamente, apesar da desvantagem no número de atletas, os visitantes retomaram o domínio da partida e viraram o placar ainda na primeira etapa: aos 34 minutos, Thiago cruzou rasteiro da direita para Robinho, já caindo, desviar do goleiro Renato e empatar e; aos 47 minutos, foi a vez de Robinho presentear Éder com um cruzamento da esquerda. Com a cabeça, o centroavante definiu o placar da primeira etapa em 2a1 para os visitantes, para tristeza da pequena torcida presente.


Detalhe do gol de empate marcado por Robinho. Foto: Estevan Mazzuia.

Na volta para o segundo tempo, o Jacaré foi pra cima do Tigre, e Guel quase empatou de cabeça logo aos dois minutos, após cobrança de escanteio. Mas aos 7 minutos, veio o balde de água fria: Robinho cruzou da direita, para Éder ampliar, tocando tranquilo para o fundo das redes. Quatro minutos depois, o JAC perde duas incríveis chances de diminuir, em uma delas o goleiro Fernando, já caído no chão, conseguiu uma defesa à queima-roupa! Logo depois, Gabriel cobrou uma falta da direita; a bola pingou, atravessou a área, e enganou Fernando, sem bater em ninguém. O JAC estava novamente vivo no jogo.


Tentativa de empate do Jacareí no segundo tempo. Foto: Estevan Mazzuia.

Aos 18 minutos, Thiagoi Martins perdeu uma boa chance de ampliar para os visitantes, tocando fraco no contra-pé de Renato, mas a bola passou à esquerda do gol. Aos 20 minutos, o capitão da equipe local foi expulso mas, assim como já havia ocorrido com os visitantes, o número menor de jogadores favoreceu a equipoe, que empatou a partida aos 35 minutos: após cobrança de escanteio, e bate-rebate na área, fernando dá um daqueles chutes de olho fechado, bem forte, a bola sai batendo em todo mundo e na trave, antes de entrar.

O placar era até justo pelo conjunto da partida, mas nos 10 minutos finais brilhou com muita força a estrela da dupla de ataque joseense, Robinho e Éder. Aos 36 minutos, Éder recebeu um cruzamento da direita e cabeceou para desempatar a partida.


Éder faz 4 a 3 para o Joseense. Foto: Estevan Mazzuia.

O gol matou o jacaré. Sem esboçar reação, o time passou a assistir um show da dupla nos 5 minutos finais, com mais 3 gols: Aos 40, Éder cruzou da esquerda, Robinho fez o corta-luz e Djair aproveitou pra fazer 5x3. Aos 43, mais um contra-ataque joseense, a defesa parou e Robinho bateu forte, com tranquilidade, pra fazer 6a3. aos 45, Éder fechou o placar, com seu quarto gol na partida.


Éder faz seu quarto gol no jogo dando números finais e espetaculares à partida. Foto: Estevan Mazzuia.

Fim de jogo: Jacareí 3-7 Joseense. Placar que em nenhuma hipótese reflete o que foi o jogo, mas mantém acesas as parcas esperanças do Tigre se classificar para a fase seguinte. Na volta para São Paulo, aproveitei pra conhecer a simpática cidade de Santa Isabel, mas foi só. O cansaço decorrente da epopéia de sábado impediu-me de alçar vôos maiores nesse domingo!

Até a próxima!!!

Estevan

Nenhum comentário:

Postar um comentário