Procure no JP

terça-feira, 5 de junho de 2007

JP num grande amistoso na Fonte Nova, em Salvador

Olá, amigos!

Aqui estou eu, novamente em terras nordestinas, desta vez me despedindo em definitivo de minhas férias, acompanhando um fantástico amistoso interestadual. A partida foi disputada entre o EC Bahia e o CS Sergipe, e teve lugar no Estádio Octávio Mangabeira, mais conhecido como Fonte Nova, em Salvador. O estádio é muito bem localizado, e fica próximo ao Pelourinho, bairro histórico e Patrimônio Mundial.


A bela Salvador, vista do alto, e um detalhe do Pelourinho (Terreiro de Jesus). Fotos: Estevan Mazzuia.

Chegando no estádio, descobri que um perdidíssimo jogo estava em seu final: Bahia vs. Galícia, de juniores. Uma pena não ter tomado conhecimento desse jogo a tempo. Ficam as fotos para registrar o fato.


Detalhe da preliminar entre EC Bahia e EC Galícia de juniores. Foto: Estevan Mazzuia.


Visão geral da Fonte Nova no jogo preliminar. Foto: Estevan Mazzuia.

Apesar de estar se preparando para disputar a série C, o Bahia teve muitas dificuldades contra os visitantes, que nem sequer para as semi-finais da Copa Governador do Estado de Sergipe se classificaram.


Bom público para um amistoso, coisa que não acontece mais em terras paulistas. Foto: Estevan Mazzuia.

Nos dez primeiros minutos, o Sergipe teve duas chances claras de abrir o marcador, aos 4 minutos com um chute no ângulo esquerdo do arqueiro baiano, e aos 8, quando o zagueiro tricolor salvou de cabeça, em cima da linha, o gol sergipano.


Raro ataque baiano na partida. Foto: Estevan Mazzuia.

Aos 13 minutos, o Bahia teve seu melhor momento em toda a partida: após uma sequência de escanteios, a bola sobra para os baianos. Em uma bobeira sergipana, o camisa 11 invade a área e cruza para o arremate certeiro de Nonato. O goleiro ainda encosta na bola, que morreu mansa no fundo das redes.


Sergipe atacou com muito perigo. Foto: Estevan Mazzuia.

Aos 26 minutos, o camisa 10 baiano, Rafael Bastos, foi expulso, o que traria enormes complicações aos anfitriões no decorrer da peleja. O Sergipe continuou melhor, o Bahia ensaiou algumas tentativas no final da primeira etapa, mas levou mesmo a vantagem pelo placar mínimo para os vestiários.


Lance do primeiro tempo. Foto: Estevan Mazzuia.

O Sergipe voltou insandecido para o segundo tempo, e logo no primeiro minuto chegou duas vezes com perigo ao gol tricolor. Aos 11 minutos, finalmente saiu o merecido gol de empate: após cruzamento da direita, o atacante Jorginho cabeceou e o zagueiro tirou de dentro do gol. A comemoração vem somente após a confirmação do auxiliar.


Bahia tenta marcar o gol da vitória.... Foto: Estevan Mazzuia.


...e deixa a defesa muito vulnerável aos contra ataques. Foto: Estevan Mazzuia.

Daí pra frente, o que se viu foi um jogo muito morno, deixando claro que a equipe baiana é frágil na defesa e pouco criativa no meio. Com o resultado de Bahia 1-1 Sergipe, a equipe alvirubra se fortalece para encarar o segundo turno do torneio que definirá um representante de Sergipe na próxima Copa do Brasil. Já o Bahia, tem que mostrar muito mais futebol para ao menos repetir a campanha do ano passado na série C.

Até a próxima!

Estevan

Nenhum comentário:

Postar um comentário