Procure no JP

segunda-feira, 4 de junho de 2007

Derrota lusitana no Canindé

Fala pessoal!

Vamos continuar agora com os jogos que as equipes do JOGOS PERDIDOS estiveram presentes no último final-de-semana. Graças à chuva forte e o frio, no sábado cedinho ninguém se arriscou a levantar da cama para curtir os Paulistas sub-15 e sub-17, mas à tarde duas partidas tiveram presença do pessoal do JP. Eu segui até o Canindé para mais um jogo do Campeonato Brasileiro da Série B. Dessa vez a partida foi entre Portuguesa e Ceará.

Cheguei lá com um frio para cada um e encontrei o Jurandyr perdido nas alamedas do Canindé, e logo fomos nos postar nas numeradas, gentilmente abertas para a torcida, como de costume em dias de chuva. Esperávamos um bom jogo, já que a Portuguesa vinha de derrota fora de casa e nada mais normal do que buscar os três pontos em casa.


Ataque da Portuguesa no bom começo de jogo do time contra o Ceará. Foto: Fernando Martinez.

E o time rubro-verde começou bem o jogo, levando bastante perigo nos seus ataques e dominando a partida, sem deixar espaços para o alvinegro do Ceará. Boas chances foram criadas e o time chegou logo no primeiro gol aos 20 minutos. Em grande jogada pela esquerda, pênalti para a Lusa e na cobrança o goleiro Thiago, com paradinha e tudo, fez com categoria. Lusa 1 a 0.


O goleiro Thiago bate a cobra, Portuguesa 1 a 0. Foto: Fernando Martinez.

Mas depois do gol o time deu uma segurada no placar, e o Ceará tentou chegar. No primeiro ataque de perigo, o time cearense marcou seu gol. O jogador Ciel fez aos 33 minutos e empatou a partida. A Portuguesa então morreu em campo e deu espaços ao time visitante. Tanto que aos 45 minutos o Ceará virou o jogo com o jogador Niel chutando colocado sem chances para o goleiro Thiago. Vira-vira no Canindé!


Chance da Lusa no primeiro tempo. Aqui, quase um gol olímpico. Foto: Fernando Martinez.

No segundo tempo então o time da Portuguesa voltou a mostrar aquele futebol que foi tônica na Série B de 2006: confuso, desorganizado e sem inspiração. O time até tinha maior posse de bola, mas nada que assustasse o goleiro do Ceará. O time cearense quase ampliou nos contra-ataques, mas também só ficou nisso.


Falta do goleiro Thiago que passou longe do gol no final do jogo. Foto: Fernando Martinez.

Naquele desespero final, os jogadores e torcida do rubro-verde reclamaram um pênalti no jogador Joãozinho. Do meu ângulo fiquei com a clara impressão de penal, mas o árbitro deixou o jogo seguir. E no final o jogo ficou mesmo Portuguesa 1-2 Ceará. Péssimo resultado da Lusa, que deixa sua torcida com medo para os próximos jogos. Já o Ceará se recupera em grande estilo da derota no jogo passado.

Depois do jogo voltei para casa com um frio monstro e com o ânimo lá embaixo para fazer qualquer atividade. Cobertas e pipoca foram a bola da vez!

Abraços

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário